Dores/Desconforto no pescoço

Carolina

Well-Known Member
#22
Também tentaria fazer bikefit. Ou ele te coloca numa posição confortável ou, em último caso, é capaz de te indicar o reach e o stack para trocares de quadro/bicicleta.

Deverás precisar duma geometria diferente da que tens atualmente. Nem todas as bikes de endurance são iguais. Depois também é algo a ter cuidado.
 

jcca

Well-Known Member
#24
Boa noite.
Quem já teve ou tem, como resolver?
Causas mais indicadas, avanço comprido ou frente baixa?
Cumprimentos
Boas, pode ser um sem número de coisas,
Por mais que uns digam que o quadro é grande demais, isso depende do tipo de flexibilidade que tens e da condução que queres fazer (originalmente nos tipos de fit tens o Eddy fit, o competitivo e o francês quem quiser que procure as diferenças).
Pelas medidas que colocas tens o selim à altura da formula (X0,883) no teórico está certo na prática depende de mta coisa (eu 80cm de pernas e nas de cranks de 172,5 pedalo a 73cm no de 170 a 73,5cm).
Pelas medidas do guiador ao selim experimenta (para iniciar os testes) o avanço de 80mm e o drop de 7,5 ou mesmo 7.
Mas agora vem se calhar a grande diferença experimenta outro capacete pois o que tens deve te colocar o pescoço em hiper-extensão para veres a estrada, (pode ser por fazer alguma pressão atrás com o apoio do aperto ou pode ficar mt fundo na testa o que te faz levantar demais a cabeça para ver), daí as dores, pois é localizada não te adormece os membros superiores.
Boa sorte com todos os "opinanços" e boas pedaladas.
 
#26
Boas, pode ser um sem número de coisas,
Por mais que uns digam que o quadro é grande demais, isso depende do tipo de flexibilidade que tens e da condução que queres fazer (originalmente nos tipos de fit tens o Eddy fit, o competitivo e o francês quem quiser que procure as diferenças).
Pelas medidas que colocas tens o selim à altura da formula (X0,883) no teórico está certo na prática depende de mta coisa (eu 80cm de pernas e nas de cranks de 172,5 pedalo a 73cm no de 170 a 73,5cm).
Pelas medidas do guiador ao selim experimenta (para iniciar os testes) o avanço de 80mm e o drop de 7,5 ou mesmo 7.
Mas agora vem se calhar a grande diferença experimenta outro capacete pois o que tens deve te colocar o pescoço em hiper-extensão para veres a estrada, (pode ser por fazer alguma pressão atrás com o apoio do aperto ou pode ficar mt fundo na testa o que te faz levantar demais a cabeça para ver), daí as dores, pois é localizada não te adormece os membros superiores.
Boa sorte com todos os "opinanços" e boas pedaladas.
Já andei com 73 e 73.5cm de altura de selim, por vezes fico dormente nas zonas baixas, então a 72.5cm ando bem. Creio que, o causador mais importante que estará em jogo será mesmo a distância selim ao guiador, mas de qualquer forma, amanhã levo outro capacete, levo o Specialized Propero que só uso em btt, na estrada tenho usado um Rudy Project Sterling, a ver como corre!
 
#27
Visto teres demonstrado que o calculo da altura do selim, pode-se aplicar a formula x0,883, existe alguma formula para se chegar à distancia selim / guiador?
Falasse muito em guiador a cobrir o eixo da roda, mas nem sempre é rigoroso!
 

NULL

Well-Known Member
#28
Visto teres demonstrado que o calculo da altura do selim, pode-se aplicar a formula x0,883, existe alguma formula para se chegar à distancia selim / guiador?
Falasse muito em guiador a cobrir o eixo da roda, mas nem sempre é rigoroso!
A distância do selim ao guiador não é medida, isto é, a orientação horizontal do selim é ajustada de acordo com o eixo do pedal e o joelho. Portanto, o selim é independente e deverá ser a partir do seu ajuste que segue o restante fit.
O guiador, avanço, etc. são ajustados através dos ângulos, não das medidas ao selim.

Por fim... o meu conselho é fazeres um bikefit bem feito.
 
#29
A distância do selim ao guiador não é medida, isto é, a orientação horizontal do selim é ajustada de acordo com o eixo do pedal e o joelho. Portanto, o selim é independente e deverá ser a partir do seu ajuste que segue o restante fit.
O guiador, avanço, etc. são ajustados através dos ângulos, não das medidas ao selim.

Por fim... o meu conselho é fazeres um bikefit bem feito.
Sim, creio que o desfecho será mesmo esse, fazer um Fit.
 

jpacheco

Well-Known Member
#30
É pah se andas nos hoods e tens dores no pescoço isso não está nada famoso. Se isso acontecesse quando andasses nos drops durante muito tempo era outra questão. Não tens ligeiros desconfortos nos ombros também?

Dicas de pessoal já aqui referiu, não descartes o capacete e os oculos que possam estar a obrigar a inclinar demais a cabeça para cima do que o necessário.

Caso possas suportar o investimento não percas tempo no forum e procura um desses serviços de bike fit. Na teoria é isso baixar o rabo, aproximar o guiador irá permitir-se andar com pescoço mais direito. Tenta configurar a bike dentro dos limites.

Ps: mais importante é que tens que dar algum tempo de descanso ao pescoço se não as alterações que fizeres podes pensar que não estão a surtir efeito e o problema é o pescoço que não recuperou.
 
#31
Bem, hoje após 84km de volta com avanço de 90mm, melhorou .... mas continuei sentido o desconforto embora de forma menos dolorosa! Pois, além de ter o selim bem configurado com o pedaleiro e ter avanço de 90mm, ainda há desonforto! Só chego a uma conclusão, quadro 54 está efectivamente grande, sem duvida. Pois usar um avanço com menos de 90mm com rodas em perfil de carbono, acabo por perder o controlo da bicicleta.
 
#32
É pah se andas nos hoods e tens dores no pescoço isso não está nada famoso. Se isso acontecesse quando andasses nos drops durante muito tempo era outra questão. Não tens ligeiros desconfortos nos ombros também?

Dicas de pessoal já aqui referiu, não descartes o capacete e os oculos que possam estar a obrigar a inclinar demais a cabeça para cima do que o necessário.

Caso possas suportar o investimento não percas tempo no forum e procura um desses serviços de bike fit. Na teoria é isso baixar o rabo, aproximar o guiador irá permitir-se andar com pescoço mais direito. Tenta configurar a bike dentro dos limites.

Ps: mais importante é que tens que dar algum tempo de descanso ao pescoço se não as alterações que fizeres podes pensar que não estão a surtir efeito e o problema é o pescoço que não recuperou.
Sim sim, nos ombros tambem! Mas hoje, como coloquei um avanço mais pequeno de 90mm, foi só mesmo o pescoço.
 
#34
Não consegues subir mais o avanço? Até podes virá-lo ao contrário, não é o ideal, mas até teres uma solução mais definitiva, sempre deve ajudar a diminuir as dores.
Aliás, até o subi 5mm.
Mas creio que não passa por subir o avanço, porque daqui a pouco começo a fazer pressão nas mãos, o que presumo é mesmo o comprimento, porque com as mãos nos hoods, não consigo dobrar os braços, a flexão é minima.
 

Carolina

Well-Known Member
#36
Aliás, até o subi 5mm.
Mas creio que não passa por subir o avanço, porque daqui a pouco começo a fazer pressão nas mãos, o que presumo é mesmo o comprimento, porque com as mãos nos hoods, não consigo dobrar os braços, a flexão é minima.
Colocar o avanço mais alto vai aproximá-lo de ti.
Só há pressão nas mãos se a posição dos cleats/selim não for a correta.
 

Carolina

Well-Known Member
#38
Eu sei, só estava a responder ao teu comentário:
não passa por subir o avanço, porque daqui a pouco começo a fazer pressão nas mãos
Só há pressão nas mãos se a posição do selim/cleats em relação ao BB for errada.

Se subires o avanço ele vai ficar mais próximo de ti e também ficas com o tronco mais direito, portanto vais ter menos dores no pescoço e ombros. Não é uma solução definitiva, mas até encontrares a raiz do problema sempre te ajuda.
 
#40
Boas pessoal.
Já experimentei numa volta de 90km o novo quadro 52, sem duvida estou mais bem enquadrado com as dimensões deste quadro.
Não senti praticamente dores nenhumas a nível de pescoço, face ao que sentia no quadro 54.
Visto ter um selim Specialized Romin (selim curvo), levava o mesmo com um ligeiro desnível o qual me fazia escorregar e ir para a frente, não me carregou nas mãos, mas à chegada senti um "ligeirinho" desconforto no pescoço, mas algo muito leve, o que temo que seja do selim desnivelado, embora pouco, mas não totalmente de nível. Agora, quanto à distancia guiador / selim, é que tento descobrir a distancia ideal, com as mãos nos capuzes vejo pelo menos metade do cubo da roda à frente do guiador, desconfio estar encolhido. Fiz a tal medição de linha de prumo do joelho ao eixo do pedal e acabei por recuar 5mm o selim. Qual o melhor método para encontrar a "ideal" distancia entre selim e guiador, sem recorrer ao bike fit? Quanto ao drop de desnível selim / guiador, tenho cerca de 10cm, para os 82cm entre pernas, 175cm de altura e +/- 65cm entre sovaco e meio da mão.