[Diário de Treino] Subir mais um degrau

pratoni

Well-Known Member
Se foi bom voltar para cima dela, já as sensações foram um tanto ou quanto esquisitas, já no capítulo da preparação foi um pouco o que eu imaginava, não desceu para meio mas um quarto da forma foi-se

Passo a descrever um pouco o que se passou
Pedalar em pé, a pedaleira parece quadrada
Quando estou a 170 parece quando estava a 250
É um misto de receio que me acompanha em cima da bicicleta, estava sempre a espera de quando aparecia uma dor
Tinha 25 km para fazer no Strava e preferi não os acabar
Para subir para ela, foi mais ou menos simples, já para desmontar, foi o cabo dos trabalhos, só à terceira saí
Voltei a sentir desconforto no selim, não haja dúvida que o calo é a melhor marca de selins
Fiquei com vontade de voltar a estrada e com a certeza de que não consigo fazer o que fazia, nem lá perto, como tal vou tentar aguentar mais um mês sem sair e fazer alguma coisa em casa


Quanto a dores, não as houve, esta foi a parte melhor

Vou tentar apanhar o comboio de novo, nem que seja o que pára em todas as estações e apeadeiros
Força nisso!!
 
Força de vontade não te falta e com persistência acho que vais conseguir recuperar muito do que fazias.
Gostava de ler as tuas viagens de centenas de kms e acredito que as vou ler dentro de algum tempo. Inicialmente podes não as fazer numa noite como no ano passado mas serão aventuras interessantes sem dúvida
 
Força de vontade não te falta e com persistência acho que vais conseguir recuperar muito do que fazias.
Gostava de ler as tuas viagens de centenas de kms e acredito que as vou ler dentro de algum tempo. Inicialmente podes não as fazer numa noite como no ano passado mas serão aventuras interessantes sem dúvida
Eu também espero voltar a essas lides, era o que mais gostava de fazer ultimamente, este ano era o ano da N2 finalmente, já esta decidido fazer de dois a três dias, havia mais alguns projectos na calha

Já se anda a falar em ir de comboio até Fátima e voltar da bicicleta para ver como a maquina se comporta

Agora é esperar e ver o que isto tudo vai dar


Ainda bem que alguns vão lendo por aqui sobre as voltinhas
 

cafigueira

Well-Known Member
Se foi bom voltar para cima dela, já as sensações foram um tanto ou quanto esquisitas, já no capítulo da preparação foi um pouco o que eu imaginava, não desceu para meio mas um quarto da forma foi-se

Passo a descrever um pouco o que se passou
Pedalar em pé, a pedaleira parece quadrada
Quando estou a 170 parece quando estava a 250
É um misto de receio que me acompanha em cima da bicicleta, estava sempre a espera de quando aparecia uma dor
Tinha 25 km para fazer no Strava e preferi não os acabar
Para subir para ela, foi mais ou menos simples, já para desmontar, foi o cabo dos trabalhos, só à terceira saí
Voltei a sentir desconforto no selim, não haja dúvida que o calo é a melhor marca de selins
Fiquei com vontade de voltar a estrada e com a certeza de que não consigo fazer o que fazia, nem lá perto, como tal vou tentar aguentar mais um mês sem sair e fazer alguma coisa em casa


Quanto a dores, não as houve, esta foi a parte melhor

Vou tentar apanhar o comboio de novo, nem que seja o que pára em todas as estações e apeadeiros
Sim isso a forma vai sempre embora quando se pára.. Ainda para mais nos membros que usamos para pedalar.. Eu quando parti a clavícula quando fui a primeira vez ao rolo, o pulso está super alto e a potência super baixa.. Perdi quase 200w em Dois meses que estive de recuperação..
O que interessa agora é ir andando de vagar e sem problemas.. A forma voltará.. Um abraço
 

ricasmetx

Well-Known Member
Vamos lá, há que manter o animo, e é tal e qual como dizes no teu tópico, subir mais um degrau, o importante é subi-los, se é o 1º ou o ultimo da escadaria isso já é secundário!
 
Vamos ver se consigo fazer até uma hora de treino/passeio no TT por dia

Como não houve fisioterapia acho que ajuda a retomar alguma da forma física anterior e alguma da mobilidade perdida na perna, em relação á fisioterapia, neste momento nem sei muito bem o que esperar se me chamarem, se antes preferia fazer no HGH, agora que já não estou de baixa fico na duvida se vale a pena as deslocações diárias, esperar para ver

Obrigado a todos, isto não vai de vento em popa, mas para lá caminha
 
Boas, não esperem ver grandes treinos , nem grandes números

Ando de novo em teste no zwift para ver se será o mais interessante para este tempo de sem objectivos, ontem lá subiu mais 5 watts, já estou nos 169watts, mesmo tentando não meter muito esforço no exercício

Para já os 45 minutos é o meu limite, falta calo no rabo (#amelhormarcadeselins), falta interesse, falta objectivos, nunca fui bom a coçar a micose
Para já o que me faz ir para cima da bicicleta é mesmo o ganhar algum ritmo, controlar o peso e ganhar alguma perna, ontem alguém comentou que as cochas estão fininhas, não, não foi nenhuma gaja nem nenhum gajo amaricado, xiii já não se pode dizer isto, pronto gajo que se abana mais que o normal, parece uma tenda ao vendo


Agora é tentar o terceiro dia seguido

Strava
Aqui
TrainninPeaks
Aqui
 
Boas
Já á muito tempo que não via os 5 dias da semana preenchidos, não é com a qualidade de outros tempo, mas é com algum esforço, físico e psicológico para não exceder o esforço recomendado e mesmo assim é um pouco mais, enfim prossegue-mos


Agora é pensar e não andar de bicicleta no fim de semana,pensamento ao contrario dos outros

Strava
Aqui
TrainningPeaks
Aqui
 

Hugorgvteixeira

Well-Known Member
Boas
Já á muito tempo que não via os 5 dias da semana preenchidos, não é com a qualidade de outros tempo, mas é com algum esforço, físico e psicológico para não exceder o esforço recomendado e mesmo assim é um pouco mais, enfim prossegue-mos


Agora é pensar e não andar de bicicleta no fim de semana,pensamento ao contrario dos outros

Strava
Aqui
TrainningPeaks
Aqui
É continuar moderadamente amigo, tomará muitos que aqui andam que não tem mazela nenhuma fazer a semana que tu fizeste em convalescença ainda..... Um forte abraço!
 
É continuar moderadamente amigo, tomará muitos que aqui andam que não tem mazela nenhuma fazer a semana que tu fizeste em convalescença ainda..... Um forte abraço!
É o vicio e a vontade de recuperar, já para não falar do principal que me levou a andar de bicicleta, regular o peso

Ao sábado de manhã trabalha-se e depois começa o descanso, até ir trabalhar na segunda feira- só se sai do sofá para dormir ou ir comer e mais algumas pequenas coisas


Sinto a falta da volta de domingo e algum do convívio, a ver se resisto até a Agosto
 

cconst

Well-Known Member
Andas a dar-lhe @GuilhermeOliveira !

Como é que andam essas sensações/dores/desconfortos?

(Não me leves a mal, até porque pelo que tenho lido por aqui tens muito mais experiência que eu nestas andanças... mas numa fase de recuperação é preciso estar especialmente atento ao que o nosso corpo nos diz. Nós é que com a "tesão do mijo" muitas vezes ignoramos).
 
Andas a dar-lhe @GuilhermeOliveira !

Como é que andam essas sensações/dores/desconfortos?

(Não me leves a mal, até porque pelo que tenho lido por aqui tens muito mais experiência que eu nestas andanças... mas numa fase de recuperação é preciso estar especialmente atento ao que o nosso corpo nos diz. Nós é que com a "tesão do mijo" muitas vezes ignoramos).
As sensações são boas ou melhor do que no primeiro, depois do acidente
As pedaladas são mais fluídas
Já não sinto tanto o selim

Quanto a dores, continuo a não sentir mais do que sentia antes do treino, ou seja, não estou a sentir que estou a agravar o problema por causa dos treino, também tento não me esticar em intensidade e duração

Tento fazer os treinos entre os 150w e os 160w e já sinto que poderia passar para os 170w/180w, mas vou-me manter no mesmo objectivo, não custa e tento não ser prejudicial para a minha recuperação

Já praticamente faço a vida que fazia antes, trabalho como antes, treino menos mas treino, só deixei de sair por causa da situação em que estamos e deixei de ir a cafés


Quanto ao ultimo paragrafo, isso da experiência não sei nem afirmo, mas não há cá tesão do mijo, houve uma altura em que não tive a certeza de que poderia voltar ao normal, era mesmo que mais me vinha a cabeça e nem tem nada a ver com o poder deixar de me divertir em cima da bicicleta, tem mesmo a ver com o meu peso, é o que me vai mantendo o peso minimamente regulado sem ter de andar constantemente a refrear o apetite ou entrar em dietas, como tal, só tenho de ter juízo e tentar não estragar o que está feito
Neste momento já só coxeio ligeiramente, mas tem a ver com varias coisa, inclusive de estar parado quase 4 meses e quando digo parado é quase 4 meses deitado sem fazer nada para melhorar, nem fisioterapia fiz e continuo sem fazer