Bike usada VS Bike Nova

cconst

Well-Known Member
#47
Agora outros que andem no inverno mas que não saem quando chove, evitam chuva ou estrada molhada, se calhar a vantagem do disco na travagem já se esbate.
O disco não serve apenas para molhado. Descidas grandes, com um gradiente acentuado, são para mim o local onde os discos se destacam. O conforto na travagem (nos braços e mãos é da noite para o dia).

adicionar também que a manutenção do travão de pinça também será consideravelmente mais fácil / acessiv€l
Qual manutenção?
- trocar pastilhas? Para mim mais simples em disco.
- Sangrar? Aqui pode ser mais complexo, confesso. Mas muitos vão com a bicicleta à manutenção. Os meus, com 7800km foram sangrados pela primeira vez e não precisou de pastilhas... Apenas o foi porque... foi a primeira vez ao mecâncio para uma manutenção mais profunda que eu não quis fazer. Assim, a complexidade é passada a outro.
Já nos travões tradicionais (caliper) temos que ajustar o contacto do calço no aro, compensar o desgaste das pastilhas, troca de cabos de travão (podem acumular sujidade dentro das bichas - ou guias), em caso de jante ligeiramente empenada... os travões nunca ficarão bem afinados...

Do meu ponto de vista: podendo (entenda-se: há orçamento, existe bicicleta disponível com...) ir para discos [hidraulicos] - SEMPRE. Se o orçamento não chega, um grupo decente e travões tradicionais é muito bom.

Eu sou daqueles que preferi 105 com discos a ultegra com caliper.
 
#48
@Pedrodmsousa já se assustou com esta onda de comentários :D ahaha

Pedro poupa uns tostões...até esse orçamento, 105 é mais que suficiente e travões de pinças também (mas se der para disco ficas bem servido tb). Escolhe a bike que mais gostas que em ultimo caso é isso que mais importa, sentir que estás em cima de uma "belezura do asfalto"!

Assustado não fiquei eheh Ando só a ver a onda de comentários!! Cada um tem a sua perspectiva :) Eu só queria saber de facto se comprar usada seria um gambling muito arriscado e se compensava comprar novo!! Disco ou calço para mim é indiferente neste momento! Quero é algo que satisfaça os olhos (que também comem eheh) e as necessidades. Quero desfrutar mais da bicicleta do que a que tinha.

Entretanto fizeram uma proposta desta beleza por 1200€ (ainda não negociei o valor). Full 105, rodas BlackJack T35. O que devo tomar em atenção quando a for ver? :)
 
#49
Estive exatamente na mesma situação em Setembro/Outubro. Orçamento máximo dos máximos 1800€ (incluindo bike e renovação de equipamento, sapatos, etc), mas com o objetivo de poupar porque a vida custa a ganhar e trás muitas outras despesas. Estipulei exatamente o mesmo orçamento que tu, 1500€ por Bike nova (sendo a Giant TCR a preferido) e a Swift Attak G2 a que se enquadra no orçamente (e a fabrica/sede é a 5km).
E fiz a mim mesmo uma série de perguntas:
-As minhas pernas valem uma bike de 1500€ ou +? Não
-Vou ter tempo para treinar/melhorar o meu andamento? Nem por isso
-Vou andar a chuva? Vou fazer descidas muito longas? Vou ter rodas de carbono? Não, Não e Não
-Vou querer dedicar muito tempo/euros com a manutenção da bike? Nem por isso
-Shimano Ultegra? Não, as minhas pernas nem valem o 105 (que acho ser o mínimo para quem quer carregar nos cranks)
-Pensar num negócio/(des)valorização futuro? Não penso vender nos próximos 10 anos.
-Carbono ou alumínio? As pernas valem alumínio, a carteira preferia o alumínio mas até pode pagar o carbono MAS a paixão e realização pessoal vale o carbono.

Todos aqui no forúm tem a sua opinião, mas umas questões que me pareçe que ninguém levantou é:
-Comprariam uma bike de carbono com + de 5 anos (independentemente de ser pinças ou disco)? Eu não.
-Qual valerá mais daqui a 5 ou 10 anos ("Swift" carbono disco ou "Giant" pinças)? Secalhar será mais vendável o autocolante "Giant" ou "Specialized" ou "Pinarello" que o autocolante "Swift" independentemente do disco ou pinças.

Portanto fiz a pesquisa do mercado tendo a Attack G2 em mente, mas procurando oportunidades Giant TCR. Por acaso encontrei oportunidade de TCR 2018 com disco no tam. M por 1650 (nova e Ultegra).
Acabei por comprar uma TCR Advanced 2 com 1 ano mas quadro com 9 meses (o quadro branco por motivos de garantia) por pouco mais de 1100€ com pedais incluídos. Já comprei grades de bidon, cleats, sapatos e ciclocomputador portanto já investi quase 1250 e ainda me falta uns calções e depois um upgrade que me parece muito importante, rodas novas (que ficará para 2021 e será <400€ mas depois os pneus).
Na comparação de bike, eu preferia a TCR, mas não havia TCR novas no meu tamanho (tirando a de disco) e esperar muito não era opção. Diria que a Attack G2 vem com melhores rodas mas ainda assim pedem upgrade. Optei por poupar €€€ para futuro upgrade de rodas e ter a bike que desejava (apesar de não ser a estrear) numa cor que adoro. Swift Attack G2 era a minha 2ª escolha mas se soube-se do desconto do Grandfondo Porto-Gaia secalhar era a escolhida.

O mercado de usados está muito alto (diversas razões como falta de produto novo, etc) mas penso que se tiveres paciência, souberes negociar (aproveita o Inverno) e esperares pela oportunidade certa é sempre de considerar.
Tenho exatamente o mesmo pensamento que tu e enquadro-me nas tuas questões e respostas eheh Acho que 1500€ já estou a gastar mais que o que devia. Mas, dane-se!! Sei também que por menos não trago nada que me encha os olhos e vá tirar proveito provavelmente.
Também ando a ver as Giants TCR mas estão a pedir RIOS DE DINHEIRO por bikes com 5,6 e 7 anos!!! É caso para dizer, querem bike e dinheiro. Eu preferia nova, no entanto o mercado de usados é aliciante. A SwiftCarbon vem com propostas bastantes interessantes. Disco ou Pinças a meu ver não fará diferença às velocidades que eu ando e às voltas que eu dou. Mas claro que gostava de experimentar, dai dar mais 300€ por um sistema de pinças, nhéeeeee!!!! :'(

Também já vi o desconto da Swifts na inscrição dos Grandfondos, é de estudar!!
 
#50
Assustado não fiquei eheh Ando só a ver a onda de comentários!! Cada um tem a sua perspectiva :) Eu só queria saber de facto se comprar usada seria um gambling muito arriscado e se compensava comprar novo!! Disco ou calço para mim é indiferente neste momento! Quero é algo que satisfaça os olhos (que também comem eheh) e as necessidades. Quero desfrutar mais da bicicleta do que a que tinha.

Entretanto fizeram uma proposta desta beleza por 1200€ (ainda não negociei o valor). Full 105, rodas BlackJack T35. O que devo tomar em atenção quando a for ver? :)
BIKE
 
#51
Não consigo ver apenas as coisas assim, 105 vs ultegra ou Travões normais vs Discos.
Acho que no computo geral, 1500€ com travões de calços e Ultegra poderia ficar uma bicicleta bem mais interessante de usar.
Estive a reler aquilo que o user queria e:
-tendo em conta que não quer esticar mais dos que os 1500€,
- para andar principalmente ao fds,
- que até o 105 serviria para ele
- e que 300€ para ter uma com 105 e discos ainda é uma diferença considerável, não tendo interesse em investir essa diferença para ter discos,
não faz muito sentido estar a aconselhar ou insistir para comprar com discos até porque acho que em bicicletas desta gama e para certo tipo de uso, os discos não tem que ser um "must-have", podendo tirar muito mais partido e prazer de uma bike bem montada com travão normal.
E já nem o argumento da desvalorização servirá porque partindo do principio que irá manter a bicicleta por 1/2 ou mais anos, quando a vender o mercado estará saturado de bicicletas com discos e a desvalorização será quase proporcional a uma bicicleta de travão normal.
Se na altura de vender o mercado dos discos tivesse em expansão era outra história...mas já não está e daqui a 1, 2 anos muito menos.
Por isso disse, que neste caso, preferia ter bike com travão normal e ultegra do que bike com travão de disco e 105. Para o user, parece que bike com travão normal e 105 parece chegar. Porreiro, ficam 300€ no bolso para outras coisas.
Ora ai está, vou comprar a bike para começar a compensar um bocado o atletismo dado que estou ainda a recuperar de lesão.
Se uma bike de alumínio servia??? Servia perfeitamente mas queria investir numa de carbono para começar a desfrutar mais de longas tiradas que faço aos fim‑de‑semana de 90/100Km e ter uma bike de carbono!! Não preciso nem quero de um canhão, simplesmente uma bike com as entry-leves que satisfazem de certeza as minhas necessidades! Até porque se rolar com 105 acho uma maravilha dado que a minha Btwin utilizava o lixo da Microshift e rolava na mesma xD Se formos a puxar sempre o plafond pra cima aos bocados estamos numa bike de 2500€ e não é esse o objetivo ahahah Não desfruto tanto do ciclismo para investir TANTO numa bike!
Obrigado pela opinião :)
 
#52
Exigente com o quê por exemplo? Com o peso? Ou com a segurança?

Depende.
Se for daqueles que ande regularmente no inverno independentemente das condições que apanhe e que não se importa de sair à chuva e que faça muitos kms com estrada molhada, os discos serão uma mais valia.
Agora outros que andem no inverno mas que não saem quando chove, evitam chuva ou estrada molhada, se calhar a vantagem do disco na travagem já se esbate.

Mas com 1500€, voltaria a aconselhar travão normal, seja num caso ou noutro.
Sou um amador mas um atleta federado de atletismo! Guess What, treino todos os dias ao ar livre independente do clima eheh Sair para ir andar à chuva, mesmo à semana, não me assusta. Queria de facto saber se rodas de carbono mesmo com pastilhas de travão próprias e chuva não se dão lá muito bem xD
 
#53
@Pedrodmsousa tenho uma SwiftAttack G2 desde Março de 2019 e até agora não me posso queixar de nada.

Acho que o maior problema que poderás ter nesta altura, é existir stock para o tamanho/cor que prentedes (e isto tanto na Swift como em qualquer loja).

Em relação ao disco vs pinça.. Deixo essa discussão para o café :D Obviamente que o futuro é o disco, e numa possível venda futura a de disco será mais fácil vender...
A bicicleta em si é lindíssima e vem "BEM" equipada face ao valor que pedem!!! Quanto a garantias e assim e se é fiável não sei, mas enche bem o olho. Quanto pesa a bike btw?
Pois o problema também é esse, não haver stock para entrega breve!! Daí ponderar as usadas!
 
#55
Isso parece-me ser o 105 antigo de 10v. Uma pergunta, porque é que tem de ser de carbono, por causa do peso, conforto ou simplesmente porque sim?
Deves ver o desgate da cassete/pedaleiro pelo menos.
Não, é a versão 5800 com 2x11! Por causa da absorção de vibrações, conforto também sim e pelo peso! Também pela estética admito e por obter melhor rendimento! As minhas médias a rolar estão sempre entre os 30-35Km/H. Só rolo em plano
 

jcca

Well-Known Member
#56
Sou um amador mas um atleta federado de atletismo! Guess What, treino todos os dias ao ar livre independente do clima eheh Sair para ir andar à chuva, mesmo à semana, não me assusta. Queria de facto saber se rodas de carbono mesmo com pastilhas de travão próprias e chuva não se dão lá muito bem xD
Boas, tenho feito um esforço por não vir cá, mas como há uns que só veem uma coisa e outros outra, aqui fica a minha opinião.

Para quem estraga rodas de carbono a descer basicamente abusou onde não devia e dp era tarde..... nós quando vamos fazer qq coisa devemos saber para onde vamos...... e se calhar não deixar ganhar velocidade antes de ser tarde.

Se as rodas de carbono não se dão bem à chuva? Tens de apertar um pouco mais os travões para sentires que estás a reduzir velocidade e tens de ter uma condução mais defensiva, antecipar as diferentes variáveis, as primeiras travagens são sempre mais complicadas devido à sujidade acumulada, o que era travão passou a ser um abrandador.

Aquilo que se sente de maior diferença e problema das pinças para o disco é que no disco é mt mais difícil tu bloqueares inadvertidamente as rodas e nos de pinça rapidamente bloqueias a roda de trás e perdes o controlo.

Tal como alguns que aqui já postaram eu tb tenho várias bicicletas e por várias razões, a próxima que eu tiver 98, 9% de probabilidade que será de disco, não que me faça falta a travagem (e não sou um gajo que desça com muito travão) mas porque da gama que eu quero não consigo outra coisa, pq se conseguisse o mesmo quadro, as mesmas rodas de certeza que não pagaria mais para ter mais peso (já me chega o tamanho da barriga, do pandeiro e das coxas), porque se forem ver as coisas equivalentes em termos de material é um kg mais pesado e 300€ mais caro, ou 1000€ mais caro e 500g mais pesado.

Se o que vais comprar é o que te enche o olho e te deixa feliz esquece o resto eu tenho uma Pinarello Dogma 60.1 é de todas as bicicletas que tive a pior a andar (não conto a Pinarello Prince que ainda era pior porque esta veio como garantia da outra) e a mais cara mas tenho porque quero, gosto de ver e de me ver, independentemente do que o Manel que anda cmg possa dizer não lhe perguntei opinião e é porque gosto de andar não porque vou ganhar uma prova ou ser o melhor da rua, se alguém tiver pressa que vá andando e pedindo as bifanas e as bejecas (quando eu chegar perco menos tempo à espera de ser servido).

Se queres a Swift e te enche os olhos e a alma força se queres uma coisa boa, experimenta várias e escolhe o que achares melhor para ti e dp de comprares vai sempre aparecer alguém que te diz que fizeste mau negócio e que ........

Diverte-te e pedala.
 

jpacheco

Well-Known Member
#57
Negoceia essa orbea para uns 900 euros... 5800 é o grupo que tenho e é impecável, podes é ter trocar a transmissao. Vai depender do desgaste. O ideal é levares um gajo contigo. Detesto negocios em 2 mão se nao souber de quem vêm. Se for de um amigo impecavel, de um estranho, não confio. Prefiro pagar mais e ter material novo e com garantia.
 
#58
Negoceia essa orbea para uns 900 euros... 5800 é o grupo que tenho e é impecável, podes é ter trocar a transmissao. Vai depender do desgaste. O ideal é levares um gajo contigo. Detesto negocios em 2 mão se nao souber de quem vêm. Se for de um amigo impecavel, de um estranho, não confio. Prefiro pagar mais e ter material novo e com garantia.
Sim, vai um amigo meu que percebe bem mais da poda que eu para verificarmos as condições. Não é que não perceba, mas dois pares de olhos a ver são melhores que apenas um. Já agora alguém sabe o valor das rodas? Supostamente diz ele que comprou diretamente a gajos da equipa do W52-FCPorto que usaram na volta a Portugal.
 

NULL

Moderador
Staff member
#59
Para quem estraga rodas de carbono a descer basicamente abusou onde não devia e dp era tarde..... nós quando vamos fazer qq coisa devemos saber para onde vamos...... e se calhar não deixar ganhar velocidade antes de ser tarde.
Xiiii pummmm.... isso é que foi um tiro ao lado! Podem-me acusar de descer sempre a travar, de ser lento a descer, super cauteloso, sim, é verdade, mas de arriscar demasiado, de deixar embalar ou de deixar para a última não. Isso não acontece. Não serve de consolo mas onde eu fdi a minha já lá faleceram 4 de amigos meus, todas de carbono.
 

jcca

Well-Known Member
#60
Sim, vai um amigo meu que percebe bem mais da poda que eu para verificarmos as condições. Não é que não perceba, mas dois pares de olhos a ver são melhores que apenas um. Já agora alguém sabe o valor das rodas? Supostamente diz ele que comprou diretamente a gajos da equipa do W52-FCPorto que usaram na volta a Portugal.
Alguma coisa está errada essa orbea que tu mostras é um quadro OME de 2018 (3ª gama da altura) a W52 (penso eu que) só usou nos últimos 4 anos KTM e Swift.
As orbeas que foram à volta nos últimos anos foram OMR.
Sem as rodas vale isto em dólares entre particulares é o azul o que uma loja te daria por ela na retoma a laranja, verde preço de venda recomendado.
Não faço a mínima ideia do valor das rodas, mas vai ver qt custam novas e coloca-lhes o valor de 50% do original (ao dono custa ouvir mas é a realidade do valor de mercado que algo usado).

Xiiii pummmm.... isso é que foi um tiro ao lado! Podem-me acusar de descer sempre a travar, de ser lento a descer, super cauteloso, sim, é verdade, mas de arriscar demasiado, de deixar embalar ou de deixar para a última não. Isso não acontece. Não serve de consolo mas onde eu fdi a minha já lá faleceram 4 de amigos meus, todas de carbono.
Percebeste mal nada de tiros nem na água nem no porta aviões, mas se calhar se deixasses para a última elas não aqueciam tanto.

@Pedrodmsousa fica pela Swift que te enche o olho pelas razões que tu lá sabes, a 1ª vez que falaste na orbea e o valor dela ainda pensei num OMR de 2019 (pois alguns de treino das equipas apareceram a esse preço com ultegra).