Os meus passeios - só ou acompanhado :)

Saurio,que grande tombo ....:(:(
Espero que seja só o susto e que melhores rapidamente...
Cuidado com essas idas a S. Jacinto, principalmente ao Domingo e em dia de 1/2 maratona de Ovar, muita gente e normalmente acelerada...
As melhoras mais uma vez, e lá diz o velho ditado que temos de ter mais cuidado com os outros do que com nós proprios....
 
É verdade pedrolobo, todo o cuidado é pouco. Hoje nao passamos em Ovar. Fomos directos à ponte da varela pela Murtosa. Nos iamos bem, os 5. Nao sei como o meu colega cometeu um erro desses... Coisas que acontecem. Agora sinto o corpo dorido, principalmente na zona do pescoço e costas. Espero que passe em breve. Um abraço
 
Rápidas melhoras,

passei há pouco por situação idêntica, é muito desagradável mas, sendo só chapa e pintura, em algum tempo tudo regressa ao normal.

Força.
 
Companheiro as melhoras rápidas.

Que notícias mais dificil de digerir. Logo tu que tiveste um período afastado e agora estavas a voltar às lides :(

Coragem e muita força.
 
Obrigado pelo vosso incentivo. Estes percalços são os ossos do oficio. Assim até damos mais valor ao sofrimento dos "pro". Uma coisa que ainda estou a tentar perceber é como a bicicleta não teve qualquer qualquer dano excepto no manipulo das mudanças, que apenas tem um pequenissimo arranhao junto à parte de cima, na lateral de plástico preto. Nem sequer os pedais têm marcas, nem selim, nem os apertos das rodas. Quando vi a cena antes do embate, só pensei que a bicicleta ía ficar toda riscada e empenada. O que caiu à minha frente tem o guiador, roda dianteira e quadro empenados.
 
A recuperaçao

Hoje estive a falar com um dos meus companheiros da volta, sobre os pormenores da queda, o unico que viu tudo, porque ía um pouco atrás dos outros.
Afinal eu não cheguei a desmaiar. Pelos vistos sentei-me logo a seguir à queda e deitaram-me um pouco de agua na cara para limpar o sangue. Curiosamente isso não me é estranho, embora me pareça um pouco vago. A ambulâcia demorou cerca de 10 minutos a chegar. Eu julguei que tivesse sido mais demorado. Um elemento que caiu ainda estava um pouco em estado de choque, por se sentir responsável pelo acidente. Mas agora já passou, todos estamos a recuperar bem. Hoje ainda não tomei qualquer medicamento, e não sinto dores, excepto no pescoço, ombros e costas, se me mexer, mas não é de admirar.

As feridas na cara estão assim:


Um abraço
 
Last edited:

Morg

Well-Known Member
Apesar de me custar ver as fotos, acho que todos devíamos ver para ter noção do perigo que corremos e que muitas vezes ignoramos.

A cicatrização está com bom aspecto.
Força!
 
Obrigado pela atenção Morg. A minha ideia é mesmo essa: chamar a atenção para os riscos.
Eu tirei uma lição deste acidente: ter muita atenção quando se anda em grupo e avaliar muito bem a experiência de quem vai à nossa frente.

Um abraço
 
Infelizmente saurio33 nem mesmo a experiência é tudo.

Na estrada existem muitas variáveis que não controlamos. Claro que existe muita muita gente que não faz ideia de como é andar em pelotão. Mas pronto! Não vale a pena agora estarmos a lamentar o sucedido. É recuperar bem!
 

jpacheco

Moderador
Staff member
Ainda neste fim de semana andei em Pelotão e a rolar a boa velocidade. E ao ver este relato/imagens faz-nos sempre repensar os cuidados a ter quando andamos em grupo. É de salutar a tua coragem para contares a tua história... porque acho que nunca é demais, para quem anda na estrada, sentir a cada volta que é preciso o máximo de cuidado/atenção para se prevenir situações deste tipo.

Boa recuperação colega Saurio!
 
Ainda neste fim de semana andei em Pelotão e a rolar a boa velocidade. E ao ver este relato/imagens faz-nos sempre repensar os cuidados a ter quando andamos em grupo. É de salutar a tua coragem para contares a tua história... porque acho que nunca é demais, para quem anda na estrada, sentir a cada volta que é preciso o máximo de cuidado/atenção para se prevenir situações deste tipo.

Boa recuperação colega Saurio!
Obrigado pelas tuas palavras jpacheco. Acho que às vezes só tomamos percepção dos riscos quando testemunhamos o resultado dos mesmos. Seja directa ou indirectamente. No meu caso, apenas íam 3 à minha frente, numa recta enorme e em plano. Não havia transito digno de registo nem outros factores de distracção. No entanto aconteceu. Agora imagine-se aqueles pelotões que se formam por adicção de elemenntos estranhos ao grupo e que, de repente, num grupo inicial de meia dúzia de elementos, se forma um grupo de uns 20 ou trinta ciclistas, que não se conhecem. Agora já tenho a noção do risco. Se antes pensava que até era fixe o malta ir integrada num grupo, agora já não penso o mesmo. Mais vale dar o peito ao vento e ir em segurança.
 

jpacheco

Moderador
Staff member
Já tinha visto o video mas há sempre mais qualquer coisa que se aprende... e já que se fala desta temática podem ser sempre dicas importantes.

[video=youtube;lK5MPtMrMqU]https://www.youtube.com/watch?v=lK5MPtMrMqU[/video]
 
Boas,

Desejo-te rápidas melhoras. Também eu caí, fez ontem 8 dias, sozinho, a roda escorregou nos carris. Tenho cicatrizes no hemi-corpo à direita. Não te esqueças de colocar vaselina daqui a uns dias para não deixar marcas, e cuidado com o sol no próximo ano (protector). Abraço
 
Antes de mais rápidas melhoras Saurio.

Também tenho um equipamento desses e não gostava de o estragar.

Quanto à queda, eu costumo dizer!!...desde que fiquemos cá para contar é sempre bom sinal.

Ja caí por minha culpa, ja caí por culpa de outrem e também ja fiz cair!...Nada disto é bom!... mas são coisas que estão sempre ao virar da esquina.

Cura isso rápido e volta pra estrada o quanto antes.

Grande abraço.
 
Obrigado pelo incentivo Armando. Enquanto for assim, menos mal. Este tipo de acidente é habitual nas provas de ciclismo. É como se costuma dizer "Incha, desincha e passa" :)
Um abraço