Frequência Cardíaca Mínima

#42
Epá, desculpa lá. Sabes que falar pela net por vezes não mostra a realidade, e eu pensei que estavas a "mangar" comigo. Pois, bem vamos em frente, e amigos como antes. Desculpa mais uma vez;):D
 
#43
Vão me obrigar a fazer um filme matinal do pulsometro? Eu nem faço ciclismo profissional mas dizerem que ter pulso abaixo das 60 já não é para o comum mortal...

Acho que a maioria ainda não percebeu. A leitura deve ser feita sempre, sempre, na cama antes de levantar após acordar de manhã para ser o mais correcta.

Também não percebo essa de ir até a farmacia e de achar que 68bpm é baixo. O coração bate quando tem de bater, por isso é que a recuperação é importante.

Abaixo dos 50bpm, é raro é não ter em repouso a qualquer hora do dia.
 
#44
Caros companheiro, longe de mim chamar mentiroso a algum de vocês, e claro que concordo que muitos tem, pulsações baixas. E bem sei que os profissionais atingem pulsações de 40 e abaixo disso.
Apenas me parece que muitos ao verem este tópico controverso se deixaram embalar pelas pulsações baixas dos outros e retiram algumas às deles. Só isso.
Não fumo, bebo muito pouco e pratico desporto, não tenho pulsações tão baixas.
Claro que cada caso é um caso, e existe pessoal que sem fazer desporto tem pulsações baixas.
Agora vamos ser realistas e deixar aqui as pulsações reais.
Do outro dia um conhecido disse-me que tinha comprado uma fininha a 10.000€ e que num passeio normal quando deu conta já ia a caminho de Fátima e então foi até lá quando chegou ligou à namorada para o ir buscar. Ele mora na Ericeira.
Acham que acreditei? Foi dar um passeio sozinho e quando deu conta ia a caminho de Fátima. E também vos digo para comprar uma bicicleta a 10.000€ é preciso ser muito exigente. Também não engoli essa.
Parece histórias de caçadores.:D
 
Last edited:
#45
Para que não haja dúvidas... (Ver imagem)

Já tem algum tempo mas aqui vai...

O P.49 é a pulsação.

A minha pulsação em repouso anda por volta dos 40 mas não é por isso que um Alberto Contador !!!

Em termos físicos, existem muitos mais factores que distinguem os bons dos pernetas.

VO2, capacidade pulmunar (em litros), estrutura ossea, velocidade de recuperação, produção de lactato, etc...

A tensão alta é por causa do Sindroma da Bata Branca.
 
Last edited:
#47
Aqui fica um electrocardiograma meu feito em Agosto de 2009 ( na altura de paragem da epoca de competição)



Feito as 11h15m da manha com a pulsação a 43 PPM, tendo entrado ao trabalho as 8h30m e saído as 10h30m.....sou mecânico!!!!!!!!!!

Só acredita quem quer, não sou nenhum profissional pois trabalho o dia inteiro, mas faço competição....


PS: Se quisserem com resolução maior digam ;)


Abraço
Marco Pinho
 
Last edited:
#48
Aqui fica uma foto de ontem á noite.
Ando um pouco cansado dos treinos e também não é matinal. Mas facilmente faço este pulso.

42Bpm matinal, é dias em que estou carregado. 39Bpm é aqueles dias que só temos 2 ou 3 por ano e também foi depois da fase de provas, só apanhei uma vez.



Marco Pinho isso é de atleta com alguma rodagem...e grande coração.:D
 
#49
Vamos lá esclarecer.
O Amstrong tem 22BPM

Acredito nisso tudo e o pessoal que faz treinos mais sérios e competição, tem naturalmente à volta de 45 a 55.
Agora o people que anda a rolar por prazer e se encontra ao fim de semana para a volta grande com pulsações de 50? :(:(:(
Só se for naquela parte em que vão a cambalir da bike.
Pois de resto em repouso devem andar à volta das 60 a 70.
Olhem eu parei em Agosto por causa de operação e anda agora à volta das 65BPM, em repouso, não ao acordar, k me esqueço sempre. LOL.
Um abraço e já agora bons batimentos e se possível que não treinem demais para não ficar a zeros...:cool:
 
#50
boas épa em relaçao ao que te referes,tambem pode haver pessoal que teja a aldrabar,mas isso nao tenho nada haver com isso.

em relaçao ao "nem os profissionais tem menos de 40bpm",isso ja nao é assim como dizes,o candido barbosa em repouso tem 36bpm,e digo-te outra,o meu pai nao é nenhum profissional,e quando acorda vai medir e tem 36-38bpm,isto tem haver com a pessoa e principalmente com os treinos que faz,para quem faz 500kilometros por semana acho tem que se notar alguma coisa.

cumps.
Caetano eu não disse que nem os profissionais tem menos de 40BPM, pois é sabido que o Amstrong tem 32, que loucura...
Só acho que alguns, alguns estão a tirar números.
 
Last edited:
#51
Martins, estás a exagerar um pouco nos números, parece-me que é perfeitamente possível ter um pulso em repouso de 50bpm. Eu antes de começar a andar a sério de bicicleta, praticamente não fazia desporto e tinha um pulso na casa das 60bpm. Agora ando nas 50 e o mínimo que já cheguei a medir foi de 45, embora não seja essa a média. E eu não faço competição, nem lá perto, faço 6/7000kms por ano. Claro que quem ande só quando o rei faz anos não chega a valores de pulso tão baixos, agora para a maioria de nós que anda com alguma frequência, é perfeitamente possível.
 
#52
Boas amigos do Pedal..xiiii o que vai para de batimentos...lol:D
Podemos treinar o nosso coração a atingir performances dignas de registo, porque o nosso coração é um musculo que precisa ser treinado...
Ou se nasce já sobredotado(amstrong) ou com muito trabalho se chega a estes registos que acabei de ver...mas não é impossível...:eek:


Se um gajo com um cancro nos testiculos, já espalhado pelos pulmões e cerebro, no qual foi submetido a duas intervenções cirugicas ao cerebro...consegue vencer 7 vezes o Tour...esse homem disse-nos que nada é impossível....;)

P.S- 1.74...80 Kg...55-60 BPM

ABraços
 
Last edited:
#53
Algumas notas soltas sobre o assunto:

A pulsação de repouso depende da idade, do sexo, do nivel de fitness, da medicação, de questões genéticas, da ansiedade, etc.
Uma pulsação de repouso mais baixa do que o normal não é sinónimo de muito treino mas de qualidade de treino.

Os atletas de endurance necessitam ter uma pulsação de repouso baixa. Por isso orientam o treino nesse sentido. Não basta porem-se em cima da bicicleta e andar muito. É preciso planear e respeitar as regras da periodização.
Quem treina a sério (não tem nada a ver com ser profissional ou medalhado) sabe analisar as variações da sua pulsação de repouso e sabe, por exemplo, que uma elevação de 2 a 3 na pulsação de repouso é um sinal claro de sobretreino. É um sinal para abrandar no volume e na intensidade.
Mas também aprende a associar as variações da sua pulsação de repouso a outros sinais que o organismo emite.

Há quem ande muito e sempre a dar o litro. E muitas vezes não sente (ou simplesmente desconhece) os sinais que o organismo emite. Depois a pulsação de repouso sobe e mantém-se elevada sem saberem porquê.
:rolleyes:
 
#54
Ou se nasce já sobredotado(amstrong) ou com muito trabalho se chega a estes registos que acabei de ver...mas não é impossível...:eek:
Concordo plenamente. É evidente para mim que nem todos podemos ser atletas de alta competição. Mas não tenho dúvidas que a pulsação de repouso do Armstrong resulta em 90% de trabalho árduo e em apenas 10% da parte genética.
 
#56
Isto sim são valores que se apresentem ;)


MEASUREMENT -> ARMSTRONG -> AVG. 150-LB. MALE
Resting heart rate -> 32-34 -> 60
VO2 max -> 83.8 -> 45-50
Max power at VO2 -> 600 watts -> 275-300 watts
Maximum heart rate -> 201 -> 190-200
Lactate threshold heart rate -> 178 -< 165-175
Time trial heart rate -> 188-192 -> 165-175



201 de maxima para a idade dele é de senhor :D
 
#58
Atençao ke abaixo das 27 bpm..................nem pensem,os impulsos electricos nao teem capacidade de manter a "makina" acordada,e alem disso nem mesmo os ghrandes ultra-maratonistas se aproximam das 30bpm..........
 
#59
Atenção, alguns cardiologistas defendem que as pulsações em repouso e por medida de precaução sejam medidas à media de pelo menos 5 dias.

Ex.
Dia 1= 44
Dia 2= 50
Dia 3= 48
Dia 4= 43
Dia 5= 49
Total= 234- Média 46 bpm