Novidades desta modalidade, as bikes (fotos)..

elchocollat

Well-Known Member
Pois bem visto... Talvez até valha mesmo a pena é comprar um grupo eletrónico para quem quer salvar uns trocos no futuro.
 

jppina

Well-Known Member
Para mim faz todo o sentido comprar um grupo elétrico!

Em 2015 comprei uma Emonda com 105. Como vinha de uma bike com Ultegra (com 10v) equacionei o upgrade para Ultegra na minha Emonda. Depois de a usar cheguei a conclusão que o 105 de 11v funcionava tão bem ou melhor que o Ultegra de 10v e que por isso não fazia muito sentido o upgrade de 105 11v para Ultegra 11v, a diferença de peso era mínima para uma despesa em € ainda considerável. Depois pensei, upgrade por upgrade, só valerá a pena se for o Ultegra di2. E assim foi, por cerca de 1000€ na altura, fiz esse upgrade (abateu o valor da venda do 105 no olx).

Desde então só posso dizer maravilhas. O grupo continua a uso, esteve 4 anos na Emonda, passou para uma Giant Defy (foi preciso comprar as manetes para disco...), e há pouco tempo para uma Canyon Grizl, onde só esteve 2 meses antes de passar para uma Addict Gravel. Aquilo depois de montado parece um relógio suíço, o único senão é que a bateria dura tanto que por vezes um gajo fica sem mudança à frente... porque se esquece de carregar!

O que quero dizer é que é um grupo que dura anos e anos, e não envelhece, nada de cabo e bichas para trocar, nada de cabos partidos na manetes, 0 problemas, é só ir carregando a bateria de vez em quando (faz entre 1200 e 1500km, conforme...).

Acho que este 105 vai ser um grupo muito apetecível...
 

pratoni

Well-Known Member
Mas também se pode dar o caso de o fabricante que tiver 12v mecânico, significativamente mais barato, conseguir vender mais material...
Se 12v mecânico em BTT funciona bem, não vejo porque em estrada não possa funcionar
Eu acho que um 105 mecânico e 12v isso sim, seria um mimo e virava o mercado OEM de novo para a Shimano...
 

jppina

Well-Known Member
Eu acho que um 105 mecânico e 12v isso sim, seria um mimo e virava o mercado OEM de novo para a Shimano...
Estou convencido que isso vai acontecer, e com o Ultegra também. Possivelmente só o Dura Ace vai ficar apenas elétrico.

Ambos sempre coexistiram quando eram de 11v, não vejo razão para isso não continuar, embora já tenha passado 1 ano desde o lançamento do Ultegra e DA de 12v elétrico... talvez devido à escassez de componentes isso não tenha acontecido...

Posso estar enganado, mas o tempo o dirá...
 

joseruivo

Well-Known Member
Estou convencido que isso vai acontecer, e com o Ultegra também. Possivelmente só o Dura Ace vai ficar apenas elétrico.

Ambos sempre coexistiram quando eram de 11v, não vejo razão para isso não continuar, embora já tenha passado 1 ano desde o lançamento do Ultegra e DA de 12v elétrico... talvez devido à escassez de componentes isso não tenha acontecido...

Posso estar enganado, mas o tempo o dirá...
Talvez quando já não conseguirem vender todos os grupos elétricos que estiverem a conseguir produzir, aí seja altura de apostar no lançamento dos mecânicos
 

joseruivo

Well-Known Member
Talvez quando já não conseguirem vender todos os grupos elétricos que estiverem a conseguir produzir, aí seja altura de apostar no lançamento dos mecânicos
Ou quando a Sram começar a lançar grupos 12v mecânicos... Será? Já têm 1x12 para gravel
 

pratoni

Well-Known Member
Estou convencido que isso vai acontecer, e com o Ultegra também. Possivelmente só o Dura Ace vai ficar apenas elétrico.

Ambos sempre coexistiram quando eram de 11v, não vejo razão para isso não continuar, embora já tenha passado 1 ano desde o lançamento do Ultegra e DA de 12v elétrico... talvez devido à escassez de componentes isso não tenha acontecido...

Posso estar enganado, mas o tempo o dirá...
A Shimano já disse oficialmente que o Ultegra mecânico vai acabar mesmo.

Quanto ao 105 acho que não faz sentido ser só eletrónico, mas não li nada acerca disso no lançamento do 105 Di2...
 

GuilhermeOliveira

Well-Known Member
A Shimano já disse oficialmente que o Ultegra mecânico vai acabar mesmo.

Quanto ao 105 acho que não faz sentido ser só eletrónico, mas não li nada acerca disso no lançamento do 105 Di2...
Pode fazer sentido se o Tiagra ocupar o lugar
Se for o mesmo preço, ou mais algum, não tenho problema em usar electrónico, por mais uma pipa de dinheiro prefiro comer camarões e ainda é uma porra da deles e feitos em casa até dá para os liquidos
 

Trizade

Well-Known Member
A Shimano já disse oficialmente que o Ultegra mecânico vai acabar mesmo.

Quanto ao 105 acho que não faz sentido ser só eletrónico, mas não li nada acerca disso no lançamento do 105 Di2...

Depende. Cada vez mais as lojas preferem eletrónicos devido à facilidade e rapidez de montagem e se calhar (e atenção isto é pura especulação minha) estamos a caminhar para a extinção dos grupos mecânicos... Só o tempo o dirá...
 

Bruso

Well-Known Member
Depende. Cada vez mais as lojas preferem eletrónicos devido à facilidade e rapidez de montagem e se calhar (e atenção isto é pura especulação minha) estamos a caminhar para a extinção dos grupos mecânicos... Só o tempo o dirá...
Principalmente os SRAM. aquilo é só montar desviadores e deixa andar.
 

joseruivo

Well-Known Member
Ainda esta semana montei um desviador Sram GX AXS na minha bike de BTT... aquilo foi só tirar o cabo e desviador antigo e aparafusar o novo... é de uma simplicidade e nada de cabos...:)
Com ou sem fios, que interesse tem um sistema eletrônico numa transmissão moniprato?
 

petrix

Well-Known Member
Com ou sem fios, que interesse tem um sistema eletrônico numa transmissão moniprato?
O mesmo interesse que tem num sistema com 2 pratos... rapidez, precisão e simplicidade na hora de mudar de velocidade, especialmente quando se sobe na cassete, não é preciso aplicar força, basta um click para correr a cassete toda.
Acho que até se torna mais útil do que na estrada, pois no BTT há mais mudanças de velocidade e de uma maneira mais brusca onde a rapidez e precisão fazem muita diferença.
 

DMA

Well-Known Member
Nova Scott Foil RC


rc1.png




Faz-me lembrar - e muito - a Cervelo S5
 

DMA

Well-Known Member
Deixa-me adivinhar, estava em promoção.:D

Mas calma que os rumores são só para o 1040 e não ha release date ainda.

Estava na tanga, até porque mesmo que estivesse para sair o 840, não o compraria logo, dada a fama da Garmin para lançar os aparelhos cheios de bugs de software.

Em relação ao 1040, mais um produto com um preço muito salgado. Tudo bem que melhoraram a interface com o utilizador e deve ser um aparelho super competente, mas poderiam por exemplo ter usado um chip mais recente (pelos vistos é o mesmo do 1030 Plus), já que trata-se dum produto de topo.
 
Top