Que relações de transmissão usam?

#43
Thanks,
domingo fui dar mais uma volta com os companheiros estrada, reparei que muitos usam 50/34, apesar de a subir ser talvez o ideal, penso que a rolar se torna curta, apesar de pessoalmente, raramente utilizar 53/11, as outras mudanças utilizo regularmente.

Fiquem bem
 
#44
Eu confesso que fico um bocado surpreso quando vejo o pessoal a dizer que o prato 50 é curto para rolar. Se me disserem que o 50 com um carreto de 12 é curto para descer, aí concordo, porque já usei e acontecia frequentemente ficar a rodar sem peso. Agora a rolar em plano é curto? Podem sempre meter uma cassete com carreto de 11 dentes. O 50-11 é mais pesado que o 53-12 que a maioria usa. Se mesmo assim é curto, então os meus parabéns porque têm umas pernas de louvar:D
 
#46
Burning eu acho que é um pouco curto para cometer certos excessos, tal como fazer um sprint na casa dos 55km eu acho que não conseguia pois necessita de muita rotação...


50:34 + 11:23 - é o que uso e aprovo para o tipo de uso que dou, ou seja não andar em corridas profissionais...
 
#48
Burning eu acho que é um pouco curto para cometer certos excessos, tal como fazer um sprint na casa dos 55km eu acho que não conseguia pois necessita de muita rotação...


50:34 + 11:23 - é o que uso e aprovo para o tipo de uso que dou, ou seja não andar em corridas profissionais...
Sim, nesse caso é verdade, eu com um 52-12 já me foi curto a sprintar. Mas quantas vezes fazemos sprints que justifiquem usar um prato maior quando na maioria das outras situações andamos a puxar peso a mais?
 
#49
Eu uso 50-34 25-11 e sinceramente é a melhor combinação que já tive na bicicleta. Talvez quando precisar de mudar a cassete mude para uma 23-11 que é a cassete mais equilibrada, ou seja, tem menos diferença entre andamentos. Agora para rolar o 50 ser curto, tudo depende da cadência que usem.
Claro se usarem uma cadência na ordem das 65 rpm , esgotam a transmissão num instante, agora se usarem uma cadência como a minha, na ordem dos 100-110 e quando é a dar brita por vezes passa das 115 com crenques de 172,5 irão ver que o 50-11 dá pelo menos 60 km/h na boa. A não ser que sejam o Cavendish ou o Tom Boonen se calhar o 50-11 ou até mesmo o 50-12 chega para os sprint's.
Mas isto é apenas a minha opinião.
 
#50
Por acaso ja que falaste testei:

Com 53-11 a 100rpms vou a 60kms e a 115 já chego aos 70kmh.

Isto por curiosidade e claro que a descer, plano a 70!!! Hehehehe, pois claro...
 
#51
53 e 39 a frente, 23 ao 11 a tras.
23,21,19,17,16,15,14,13,12,11. Ainda os andamentos de competição, embora ja n use nem metade :D

o 53 ja n é lavado ha meses... se n o sujo tb n preciso de o lavar :D
 
#52
53 e 39 a frente, 23 ao 11 a tras.
23,21,19,17,16,15,14,13,12,11. Ainda os andamentos de competição, embora ja n use nem metade :D

o 53 ja n é lavado ha meses... se n o sujo tb n preciso de o lavar :D
Não sei que idade tens, mas lá virá o tempo em que vais apreciar ter uma 25 :D (para as paredes que aparecem volta e meia)
 
#53
Tenho pouca experiência em estrada e uso 52-42 / 11-25, era o que vinha de origem na bike. Mas ando com vontade de tirar o 42 e meter um 39 para aliviar um pouco nas subidas mais ingremes. Que me dizem? Tenho 1,70 m e 64 kg de peso e ando frequentemente em terrenos acidentados (sobe e desce constante).
 
#54
Boas companheiros!

Vocês não me saberiam dizer por que preço mais ou menos eu poderia arranjar uma pedaleira 52/42/30 para uma bicicleta de montanha ? A pedaleira não precisa de ser topo de gama, pode mesmo ser de uma gama baixa.
Desde já obrigado pela colaboração.

Cumprimentos
 
#59
Boa noite companheiros do pedal.
Sou novo e leigo nestas matérias de ciclismo de estrada. Comprei uma fininha à 1 mês e pouco e ainda fiz poucos kms. Quando falam nesses números estão a referir-se aos dentes dos pratos, certo? Como funciona isso? quanto menos dentes mais leve se torna à frente? e atrás como funciona? Desculpem estas perguntas de leigo mas tenho de aprender com vocês.

Obrigado.

LPinto.
 
#60
Boa noite companheiros do pedal.
Sou novo e leigo nestas matérias de ciclismo de estrada. Comprei uma fininha à 1 mês e pouco e ainda fiz poucos kms. Quando falam nesses números estão a referir-se aos dentes dos pratos, certo? Como funciona isso? quanto menos dentes mais leve se torna à frente? e atrás como funciona? Desculpem estas perguntas de leigo mas tenho de aprender com vocês.

Obrigado.

LPinto.
Caro colega, antes de mais seja bem-vindo ao forúm.
Em relação há tua duvida, quando falamos nos tais numeros que te referis-te, sim são o numero de dentes por cada prato. Em relação há tua outra duvida, nos pratos da frente, quanto mais dentes o prato tiver, mas "pesado" é, e no carreto atrás, quanto mais dentes tiver, mais "leve" se torna.
Espero ter esclarecido a tua dúvida, e não peças desculpa, estamos numa comunidade de mutua ajuda :)

Cumprimentos