Que relações de transmissão usam?

:eek: pernas ??? ou dentes ???

Por acaso sempre tentei perceber se realmente se tem de ter duas transmissões montadas em bikes diferentes para fazer velocidade e montanha. O pessoal old school não subia tudo com a mesma transmissão?

Eu uso 50-34 x 11-30, mas perco claramente em comboio ... e nem que muito tente puxar a 50x11 ... muitas vezes as pernas não aguentam demasiado tempo a brincadeira.

Pergunta sentimental ( tipo revista Maria) que posso fazer?
Hoje em dia... Vai-se a todo o lado e acompanha-se qualquer um com 50-34, desde que haja pernas e dentes, como dizes, e que a transmissão de trás seja a apropriada para o efeito...ou seja... Um trocar de bicicleta não é necessário, mas sim um trocar de rodas ou de cassete, para a opção correcta ou apropriada para a altura...

O problema é que a transmissão de trás tem muito que se lhe diga... E por vezes escolhemos a melhor, pensando que é a mais apropriada, quando não é... Tentamos compensar a frente e ainda complicamos mais e confundimo-nos mais... Errado... O segredo está atrás....E preciso aprender e conhecer muito bem as transmissões de trás... E terreno apropriado... Quando assim é.... Com uma 50/34 compact... Faz-se tudo!

Grande abraço....
 

JPLopes_73

Well-Known Member
Obrigado pelo aconselhamento ... sim @Alberto ... a 50*34 faz tudo ... mas perdes nos troços mais planos ao lado de uma 52*39 ... e nem que as pernas compensassem ...
@edununo é uma possibilidade ... mas como já estou a meio uso de transmissão ... talvez pensem em mudar tudo de uma só vez e escolha um pedaleiro mais duro ... (evolução ... do )

@DMA longe de mim querer julgar o que quer que seja ... ainda domingo subi com a minha (muito parecida com a tua) troços a 33% ( diz o strava que é muito mentiroso ... mas aproximado) e cá em cima viu-se a diferença entre transmissões ... e se calhar entre pernas ...

Conselho transversal ... conhecer a maquina e o terreno para onde se leva a máquina! ... as pernas têm de ir também ...

já que se fala de transmissões ... alguém sabe qual é a dentadura de uma pisteira. Fixa ou ajustavel às pernas? A meu ver deveria ser igual para todos ...
 

edununo

Well-Known Member
Com 53/11 a 100 rpms fazes 60 kms/h
Com 50/11 a 100 rpms fazes 57 kms/h. Para compensar a diferença terias de fazer 106 rpms. Assim igualavas a velocidade.

Não te esqueças que há muita gente a usar 53-39 mas com cassetes 12-X e não 11-X.
50/11 permite mais velocidade à mesma cadência que 53/12. ;)
 
Lopes penso que o que existe a fazer nestes casos é mesmo treinares cadência para o corpo se a habituar a funcionar em alta rotação.
Eu só esgoto a descer, mas percebo o que dizes em comboio tens de manter uma boa rotação acima dos 90/100rpm para acompanhar e se o corpo n está habituado, estranha-se um bocado.

Este tipo de treino especifico normalmente só o consigo fazer no turbo trainer que é algo que tu não achas grande piada, mas que se nota diferença após uns treinos isso nota-se e bem.
 
Não me querendo desviar do tópico, pois aproveito este para tirar uma dúvida. Uso 52/36 com 11-28 e estava a pensar meter pratos 50/34 pois aqui pela minha zona penso que seja o mais adequado. A minha dúvida está, se será necessário retirar elos á corrente. Já pesquisei pelo assunto e á quem tivesse tirado mas quem não tirou também não se queixou.

Obrigado
 

Morg

Well-Known Member
A minha ideal é 50/36. 50/11 sempre me chegou, aliás até 50/12 me chega.
Prefiro o 36 no lugar do 34 porque não me obriga a andar tanta vezes no 50.
O colega que mais me acompanha prefere andar com 39 enquanto eu vou com 36, é da velha escola, com quase o dobro da minha idade.

Acho que a escolha é uma opção muito pessoal e que se vai adaptando com o tempo e experiência. Depende também muito na condição física em que nos encontramos.
 

edununo

Well-Known Member
Desde que troquei os pratos pelos Rotor, passei de 50-34 para 50-36 e de facto para mim está bom. Aqueles 2 dentes extra no prato pequeno fazem uma boa diferença. Dou por mim a usar menos vezes o grande.
Quando gastar esta transmissão vou colocar uma k7 maior. De 12-27 devo colocar uma 12-29.
 
Com 53/11 a 100 rpms fazes 60 kms/h
Com 50/11 a 100 rpms fazes 57 kms/h. Para compensar a diferença terias de fazer 106 rpms. Assim igualavas a velocidade.

Não te esqueças que há muita gente a usar 53-39 mas com cassetes 12-X e não 11-X.
50/11 permite mais velocidade à mesma cadência que 53/12. ;)
Boas,

caso para dizer, comparadamente com "vocemecês", estou fraquito! 50/11, 60kmh, tenho que ir a descer, e bem (ainda não esgotei em descida alguma. Se calhar tenho feito poucas.... das boas). A rolar, esgotar a transmissão que tenho (50/34 * 11/28 11v), pelo menos para já, que estou fraquito, está fora de questão (tal como refiro acima, nem a descer, quanto mais a rolar). De qualquer forma, estou muito satisfeito. ;)
 
50/36, inicialmente, aquando a compra da bike que ando, estive em duvida, entre o que uso (50/34) e este. Pois a bike que andava, tem 53/42 * 12/23 (era cada coça ui ui), mas lá andava.... como vêm, é uma diferença enorme, as duvidas eram muitas. Por fim, numa volta teste, gostei do 50/34 * 11/28, e foi o que escolhi. Para já estou satisfeito.... Para fazer treinos de recuperação ativa (cadência leve), está ótimo assim. Se bem que, já fiz subidas que, se tivesse uma mais leve, bem que a metia. Admito. ;)
 

Morg

Well-Known Member
Eu comprei o 50/34 e passado uma semana encostei o 34 e meti 36.
Há umas semanas voltei a meter o 34 para ir à torre, o medo era muito :)
Com o 34-28 fiz a subida dentro das minhas rpm habituais a subir, 70/80.
Tenho 11-28. O 36-28 é parecido ao 34-25 que se vê muito por aí.

Quando trocar o pedaleiro e se só houver 50/34 ou 52/36 talvez experimente o 52.

Medroso#
E quem é que não desejou uma mudança mais leve quando os cranks já não querem rodar?
 
Eheheheheh,

bem, na realidade, quanto mais leve se tem, mais leve se usa. :p

Embora às vezes somos teimosos e, fazemos de conta que não há mais leve... lá se pedala mais pesado (teste às pernas). :cool:
 
Mais em conta não fica. Se for para uma cassete 105 está bem, mas se for para uma ultegra os preços que tenho visto dos pratos stronglight olha que fica ela por ela.
Ok.
Pensava que ias optar pelo pedaleiro completo e não só a mudança dos pratos, mas mesmo assim não sei se será mais barato, pois aparecem boas promoções nas cassetes ultrega por essa net fora, por exemplo uma ultrega custa 50€, consegues os dois pratos por menos que este valor???
 

edununo

Well-Known Member
Boas,

caso para dizer, comparadamente com "vocemecês", estou fraquito! 50/11, 60kmh, tenho que ir a descer, e bem (ainda não esgotei em descida alguma. Se calhar tenho feito poucas.... das boas). A rolar, esgotar a transmissão que tenho (50/34 * 11/28 11v), pelo menos para já, que estou fraquito, está fora de questão (tal como refiro acima, nem a descer, quanto mais a rolar). De qualquer forma, estou muito satisfeito. ;)
Eu também não dou 60 em plano. Também sou fraquinho. ;)

Contudo estás a dar-me razão. Se não esgotas 50-11 a descer, não precisas de mais. Não é por colocares 52 ou 53 que vais acompanhar os comboios.
 
Eu tinha 50-34 e 11-28 9V
Agora tenho 53-39 e 12-30 10V

Estou a pensar trocar o prato 39 pelo 38 (custa 25€, e só encontro Durace). Ficaria na mudança mais leve com 38-30 que será equivalente ao que tinha 34-28

Alguém tem experiência com o prato 38 em aranha 130, será que se nota alguma diferença do prato 38 para o 39 ou será mais psicológico.
Será que a corrente ao trabalhar no prato 38 não vai bater nos parafuso de fixação do prato ao pedaleiro?

Tinha transmissão sora, agora tenho transmissão toda ultegra 6600.
 
?!?!?!!,

sorry, mas não fui eu quem falou quem não acompanha "A" "B" ou "C" (confundido com o amigo Lopes). Disse sim, que a transmissão que uso (50/34*11/28 11v) chega, e sobra, para o que ando/faço. Quando digo que sou fraquito, é no sentido de comparação com a transmissão que há por cá malta a usar..... isto pq, por mais que me esforce, não esgoto (descer/rolar) o que uso.

Quando não acompanho o meu grupo "aqui", acompanho-o "ali"... stress OFF. :)