Power Meter

petrix

Well-Known Member
Concordo. Mas atenção a outra coisa... o FTP indoor pode diferir consideravelmente do FTP outdoor... têm que ter atenção a isso!
Têm que ter atenção a isso, o FTP em rolo, é a maior parte das vezes diferente do de estrada (usando o mesmo powemeter)... O meu em estrada é cerca de 20w superior.
 
Como o Null disse, o mais importante penso que será seguir sempre o mesmo tipo de protocolo para verificar a evolução.
No meu caso pretendia um valor para definir as zonas de treino, foi o objetivo inicial.
Claro que tenho a noção que o teste não foi bem realizado.
Nos 20 min. tenho picos de 530w, e outros picos de 0w (não fui constante), para no fim terminar com uma média de 219w que dá cerca de 208w de FTP para 68 kg...
É apenas um numero que me permite treinar melhor (uma base de treino).
Outra curiosidade era ver qual a potência máxima que conseguia atingir que foi 850w. Penso que ainda conseguirei mais qualquer coisa.
O grande objetivo foi conseguido, ter numeros para comparar a evolução (ainda que sejam fracos) :p
 

Gandartista

Well-Known Member
E usar o erg mode para fazer o teste é "viável" e mais ou menos certo?....tipo meter o erg a 200w....uma hora...se aguentares tentas depois a 210...e por aí adiante....será que dá resultado?
Ps. N percebo nada disto..n tenho PM nem será uma coisa que irei comprar.
 

jppina

Well-Known Member
E usar o erg mode para fazer o teste é "viável" e mais ou menos certo?....tipo meter o erg a 200w....uma hora...se aguentares tentas depois a 210...e por aí adiante....será que dá resultado?
Ps. N percebo nada disto..n tenho PM nem será uma coisa que irei comprar.
Não, nunca se deve usar o ERG mode para fazer um teste FTP. Também não se deve (embora possa) fazer 1h no teste, o protocolo mais usado é de 20 minutos. Este tipo de teste é bastante stressante, não é para andar sempre a fazer... 1 vez por mês ou até menos.

No teste FTP nem se deve olhar para o GPS, a partir do momento em que se entra nos 20 minutos do teste é fazer um contra relógio, é dar tudo sem ir demasiado forte que não se consiga manter mais ou menos o mesmo ritmo constante durante os 20 minutos. Não é nada fácil fazer... O GPS depois no fim dita a nossa performance. Deve ser feito de preferência numa estrada plana e quando se repetir fazê-lo no mesmo percurso e nas mesmas condições (isto é muito difícil de controlar, pois podemos ter o vento contra ou a favor e isso vai influenciar o resultado).

Pelo que vou lendo aqui tu andas nas horas, por isso apesar de dizer que será uma coisa que nunca irás comprar digo-te para equacionares a compra dum, pois com ele vai conseguir treinar de forma muito mais precisa e assim aumentar a tua performance.
 

cconst

Well-Known Member
Na sexta feira com a tesão do mijo (desculpem o francês) tive que ir fazer o teste de FTP. Optei pelo Ramp test pois tenho ideia que foi o ultimo que fiz.

Ora, com potência virtual do Zwift, tinha conseguido 290W. Desta vez com o PM da 4iiii consegui apenas 250W.
O que eu reparei foi que a potencia varia muito rapidamente, o que faz - mesmo que inconscientemente - a "mini" esforços para subir a potência e por oposição instantes em que se "levanta o pé".

Não sei até que ponto é que esta reactividade inconsciente da minha parte para acertar a potência não tenha feito com que o valor do FTP tenha baixado 40W. E não sei também se isto se deve a um teste malfeito (porque no ultimo intervalo - em que desisti - ainda insisti abaixo da potencia que devia) ou se se deve (o mais provável) a um valor empolado por parte do zwift e o calculo da potência virtual.

o gráfico do teste (a linha rosa é a do power):
 

gfrmartins

Well-Known Member
Esses resultados são perfeitamente normais. E depois também aprendes a controlar melhor a pedalada

Apenas uma questão, quando estavas a olhar para a potencia tens isso como instantanea ou a média dos 3 segundos?

Eu coloco sempre 3 sec average e não a instantanea, exactamente para ser um pouco mais "estavel"
 

pratoni

Well-Known Member
Tenho lido em vários sítios que a potência deve ser vista em valores médios, tal como o @gfrmartins referiu, e que esses testes devem ser feitos sem se ver o valor em tempo real para exactamente não influenciar no esforço, como parece que foi o teu caso...
 

jpacheco

Well-Known Member
Na sexta feira com a tesão do mijo (desculpem o francês) tive que ir fazer o teste de FTP. Optei pelo Ramp test pois tenho ideia que foi o ultimo que fiz.

Ora, com potência virtual do Zwift, tinha conseguido 290W. Desta vez com o PM da 4iiii consegui apenas 250W.
O que eu reparei foi que a potencia varia muito rapidamente, o que faz - mesmo que inconscientemente - a "mini" esforços para subir a potência e por oposição instantes em que se "levanta o pé".

Não sei até que ponto é que esta reactividade inconsciente da minha parte para acertar a potência não tenha feito com que o valor do FTP tenha baixado 40W. E não sei também se isto se deve a um teste malfeito (porque no ultimo intervalo - em que desisti - ainda insisti abaixo da potencia que devia) ou se se deve (o mais provável) a um valor empolado por parte do zwift e o calculo da potência virtual.

o gráfico do teste (a linha rosa é a do power):
1 - Depende do rolo que tens para medir a potência estimada no zwift.
2 - Power meter como @gfrmartins referiu deverá dar para configurar 1, 3, 5 segundos de leitura média. Em vez de valores instantâneos o que originará uma curva mais suave.
3 - O mais certo é esses 250 serem os reais, não desanimes, pelo menos agora terás um aparelho fiável para o rolo e para a estrada.
 

Bruso

Well-Known Member
Não, nunca se deve usar o ERG mode para fazer um teste FTP. Também não se deve (embora possa) fazer 1h no teste, o protocolo mais usado é de 20 minutos. Este tipo de teste é bastante stressante, não é para andar sempre a fazer... 1 vez por mês ou até menos.

O verdadeiro teste FTP é 1h. Valor mais exacto que esse não há. É dificil de controlar? Claro que é mas não tem estimativas. É o valor mais exacto que podes conseguir. (E já ouvi mais que um treinador a o dizer).
Ora, com potência virtual do Zwift, tinha conseguido 290W. Desta vez com o PM da 4iiii consegui apenas 250W.
Mais que normal. Mas agora tens um objetivo que é fazer esse FTP subir para 290W reais.
O FTP que o Zwift calcula automaticamente é um treta para mim porque apenas considera os teus melhores 20minx.95. Não segue o protocolo de teste portanto será um valor sempre acima do real. E isso terá impacto no teu treino. Podes até andar fora das zonas de potência que pretendes.
 

jppina

Well-Known Member
O verdadeiro teste FTP é 1h. Valor mais exacto que esse não há. É dificil de controlar? Claro que é mas não tem estimativas. É o valor mais exacto que podes conseguir. (E já ouvi mais que um treinador a o dizer).
Certo, 1h, mas devido à dificuldade em realizá-lo e ao facto de ser bastante estressante e nada divertido, o protocolo mais utilizado é o de 20 minutos (embora a sua execução na íntegra demore 1h20 sensivelmente).
 

jppina

Well-Known Member
Na sexta feira com a tesão do mijo (desculpem o francês) tive que ir fazer o teste de FTP. Optei pelo Ramp test pois tenho ideia que foi o ultimo que fiz.
Há muita gente a fazer ramp test para estimar o FTP, mas o ramp test não foi criado com esse objetivo, o ramp test tem outro objetivo... Eu sei que há aí algumas plataformas a usá-o para determinar o FTP...

Aconselho a leitura deste artigo: https://gccoaching.fit/2019/04/17/ramp-testing-yea-or-nay/

Para saber o FTP o melhor é mesmo fazer um teste de FTP seguindo o protocolo de quem criou esse tipo de teste.
 

cconst

Well-Known Member
2 - Power meter como @gfrmartins referiu deverá dar para configurar 1, 3, 5 segundos de leitura média. Em vez de valores instantâneos o que originará uma curva mais suave.
Tenho que investigar isso.

Para saber o FTP o melhor é mesmo fazer um teste de FTP seguindo o protocolo de quem criou esse tipo de teste.
Bom, lá terá de ser!:p

3 - O mais certo é esses 250 serem os reais, não desanimes, pelo menos agora terás um aparelho fiável para o rolo e para a estrada.
Mais que normal. Mas agora tens um objetivo que é fazer esse FTP subir para 290W reais.
Acredito que sejam sim! E quanto ao ânimo/desânimo... Não é esta "quebra" de potência que me retira o ânimo do treino! Antes pelo contrário... Agora quero é evoluir para voltar outra vez aos 290.
 

NULL

Well-Known Member
Certo, 1h, mas devido à dificuldade em realizá-lo e ao facto de ser bastante estressante e nada divertido, o protocolo mais utilizado é o de 20 minutos (embora a sua execução na íntegra demore 1h20 sensivelmente).
O Threshold Power é a melhor média de potência de 60´. Entretanto surgiram vários protocolos que podem ser utilizados para determinar esse Threshold. Eu continuo a dizer que mais importante que o protocolo utilizado é a seguir um padrão e serem constantes com esse mesmo padrão.

Para além disso, para além do FTP, os outros tempos podem ser tão ou mais importantes que o próprio FTP. Eu tenho um amigo que nas tabelas de performance w/kg nos tempos 20´ e 60´ se encontra em Excelent (Cat1) e em 1´ se encontra em WorldClass (Internacional Pro).
 
Tenho que investigar isso.


Bom, lá terá de ser!:p



Acredito que sejam sim! E quanto ao ânimo/desânimo... Não é esta "quebra" de potência que me retira o ânimo do treino! Antes pelo contrário... Agora quero é evoluir para voltar outra vez aos 290.
@cconst, não sei qual o GPS que usas, mas no Garmin 530 podes escolher vários dados para seguir (potência instantânea, média de 3seg, 5 seg. Média da volta, Potência máxima, Potência Normalizada (NP), não sei se me estou a esquecer de mais alguma...
Também senti essa variabilidade na potência instantânea, o melhor mesmo será escolher a média dos 3 seg. como o @gfrmartins referiu.