Gravel: em busca da Aventura

jcca

Well-Known Member
Dar nova vida á "velhinha" reaction de 26"! Ficou muito fixe. Ainda leva com umas novas firecrest e tudo! :D
Qual a medida do avanço? O reach numa BTT com drops fica longo ;)
Não dar nova vida, ela já tem mts km desta vida;), Assim,


ou assim,
http://www.forumciclismo.net/index.php?threads/uma-foto-da-tua-volta.18611/post-397049
Isto é só um calçado novo:);):),
Depende de para onde vai, veste-se a rigor.
O avanço está de 90, para as minhas mãos está perfeita de "reach" ainda lhe baixava um pouco a frente, mas não vou ganhar nada, fica assim.....
 

jcca

Well-Known Member
Dassss, ficou bem nice!!!
Eu às vezes penso se a minha futura bicicleta não deverá ser uma gravel...
Mas depois não tenho sítio para a lavar.
Na tua zona?!?!? 0,50€ em qualquer elefante azul 30 segundos para coisas mais complicadas.
Uma toalhita de limpeza de interiores de carros shine ou mate consoante a cor e está resolvido para coisas mais simples, 2 minutos.
 

elchocollat

Well-Known Member
Na tua zona?!?!? 0,50€ em qualquer elefante azul 30 segundos para coisas mais complicadas.
Uma toalhita de limpeza de interiores de carros shine ou mate consoante a cor e está resolvido para coisas mais simples, 2 minutos.
Lavo o carro por mais dinheiro, é certo :D
 
Peço alguma ajuda ao pessoal do gravel:

Entre uma Conor WRC Eolian GRX810



CuadroCarbono UD 24T/T700 Toray, WRC Eolian disco 142x12mm
HorquillaCarbono rígida, 100x12mm
Manillar WRC Aluminio 31,8mm
Potencia WRC Aluminio 31,8mm
Dirección A-head Tapered
Manetas Shimano RX810
Frenos Shimano RX810
Cambio Shimano RX812
Cassette Shimano SLX M7000 11v 11/42T
Bielas Shimano RX810 170mm 42T
Cadena KMC X11S 11v
Ruedas Shimano RS171 700C
Cubiertas 700x45C Riddler
Sillín Selle Royal Lift
Tija sillín Aluminio SP-DC1 31,6 mm

E uma Cube Nuroad Pro
  • FRAMEC:62 Advanced Twin Mold, Internal Cable Routing, Flat Mount Disc, Fender/Rack & Kickstand Option, 12x142mm, AXH
  • SIZEXS (50cm), S (53cm), M (56cm), L (58cm)
  • FORKCUBE C:62 Technology, 1 1/8" - 1 1/4" Tapered, Flat Mount Disc, Fender & Lowrider Mounts, Internal Light Cable Option, 12x100mm
  • BRAKE SYSTEMShimano GRX BR-RX400, Hydr. Disc Brake, Flat Mount (160/160)
  • REAR DERAILLEURShimano GRX RD-RX812, Direct Mount, 11-Speed
  • SHIFT/ BRAKE LEVERSShimano GRX ST-RX600
  • CRANKSETShimano GRX FC-RX600, 40T
  • CASSETTEShimano SLX CS-M7000, 11-42T
  • CHAINShimano CN-HG601-11
  • WHEELSETCUBE GR 2.3, 622x23C, 12x100mm / 12x142mm
  • TYRESSchwalbe G-One Allround, Kevlar, 40-622
  • STEMNewmen Evolution 318.4, 31.8mm
  • HANDLEBARCUBE Gravel Race Bar
  • HANDLEBAR TAPECUBE CX Grip Control
  • SEAT POSTCUBE Performance Post, 27.2mm
  • SEATCLAMPCUBE Semi-Integrated
  • SADDLENatural Fit Nuance Lite
  • HEADSETVP, Top Integrated 1 1/8", Bottom Integrated 1 1/4"
  • WEIGHT9,5 kg

Qual preferiam? o Preço é o mesmo e fica abaixo dos 2000€. O equipamento da Conor é melhor, mas aquele quadro que parece de btt deixa-me um pouco de pé atrás.
Alguma outra alternativa por este preço? A Conor está em stock enquanto que a Cube só para Janeiro.
 

jcca

Well-Known Member
Peço alguma ajuda ao pessoal do gravel:

Entre uma Conor WRC Eolian GRX810



CuadroCarbono UD 24T/T700 Toray, WRC Eolian disco 142x12mm
HorquillaCarbono rígida, 100x12mm
Manillar WRC Aluminio 31,8mm
Potencia WRC Aluminio 31,8mm
Dirección A-head Tapered
Manetas Shimano RX810
Frenos Shimano RX810
Cambio Shimano RX812
Cassette Shimano SLX M7000 11v 11/42T
Bielas Shimano RX810 170mm 42T
Cadena KMC X11S 11v
Ruedas Shimano RS171 700C
Cubiertas 700x45C Riddler
Sillín Selle Royal Lift
Tija sillín Aluminio SP-DC1 31,6 mm

E uma Cube Nuroad Pro
  • FRAMEC:62 Advanced Twin Mold, Internal Cable Routing, Flat Mount Disc, Fender/Rack & Kickstand Option, 12x142mm, AXH
  • SIZEXS (50cm), S (53cm), M (56cm), L (58cm)
  • FORKCUBE C:62 Technology, 1 1/8" - 1 1/4" Tapered, Flat Mount Disc, Fender & Lowrider Mounts, Internal Light Cable Option, 12x100mm
  • BRAKE SYSTEMShimano GRX BR-RX400, Hydr. Disc Brake, Flat Mount (160/160)
  • REAR DERAILLEURShimano GRX RD-RX812, Direct Mount, 11-Speed
  • SHIFT/ BRAKE LEVERSShimano GRX ST-RX600
  • CRANKSETShimano GRX FC-RX600, 40T
  • CASSETTEShimano SLX CS-M7000, 11-42T
  • CHAINShimano CN-HG601-11
  • WHEELSETCUBE GR 2.3, 622x23C, 12x100mm / 12x142mm
  • TYRESSchwalbe G-One Allround, Kevlar, 40-622
  • STEMNewmen Evolution 318.4, 31.8mm
  • HANDLEBARCUBE Gravel Race Bar
  • HANDLEBAR TAPECUBE CX Grip Control
  • SEAT POSTCUBE Performance Post, 27.2mm
  • SEATCLAMPCUBE Semi-Integrated
  • SADDLENatural Fit Nuance Lite
  • HEADSETVP, Top Integrated 1 1/8", Bottom Integrated 1 1/4"
  • WEIGHT9,5 kg

Qual preferiam? o Preço é o mesmo e fica abaixo dos 2000€. O equipamento da Conor é melhor, mas aquele quadro que parece de btt deixa-me um pouco de pé atrás.
Alguma outra alternativa por este preço? A Conor está em stock enquanto que a Cube só para Janeiro.
Eu sou suspeito qt ao quadro eu gosto do conor (é semelhante ao que uso para Gravel que é um reaction GTC da Cube).
Agora para o Conor eu tinha atenção à medida dos cranks 170mm só se tiveres menos de 170cm de altura e mesmo assim para a tal desmultiplicação de 1 (42/42) vais fazer mta força em algumas subidas.
Boas pedaladas
 

pacheco

Well-Known Member
Parece fixe.

Estou curioso para ver preços.


E também altimetrias. 2 dias, 80kms em cada um, mais ou menos, a ver se as altimetrias são para pessoas normais.
Bom dia,

Em termos de preços, encontrei isto nos regulamentos:

Art. 19 - Valores de inscrição: 55€ por participante.
Art. 20 - A inscrição no evento dá-lhe direito a:
•Participar no evento Gravel Challenge 2022 no desafio em que se inscreveu;
•Bidão - Oferta Polisport;
•Medalha de Finisher;
•Frontal personalizado com nome (Inscrição validada até dia 15 dias antes do evento);
•Abastecimentos líquidos e sólidos no decorrer do evento;
•1 a 2 fotos de cada aleta disponibilizadas no facebook oficial do evento;
•Pasta recovery (almoço) no final;
•Primeiros socorros e assistência médica;
•Diploma de Finisher através de suporte digital;
•Classificação através de chip eletrónico;
•Assistência mecânica profissional (não incluí peças);
•Racebook digital;
• Seguro de acidentes pessoais de acordo com a lei em vigor (para participantes sem licença federativa. Franquia no valor de 90€ por participante, cobrada pela seguradora ao participante em caso de sinistro).
 

RTC

Moderador
Staff member
Se for (parece que sim) um evento focado exclusivamente competição será o 1°, do género, em Portugal. Já era hora de alguém apostar.
Se arranjar companhia e os astros se alinharem, participo. O de Albufeira está já ai!
 

NULL

Moderador
Staff member
Pois bem... realmente alguém aposta nessa vertente em Portugal.

De qualquer forma, para arriscarem um evento dessa natureza, pensaram em minimizar o risco associado, isto é, estão a organizar eventos de gravel com a mesma logística e meios que vão servir para eventos de btt. Vão partilhar as partidas/chegadas, staff e alojamentos se for caso disso. Claro que os percursos são diferentes. No que aos pódios diz respeito, e uma vez que não se sabe se vão haver 10, 100 ou 1000 participantes, haverá apenas pódios para os primeiros 3 classificados à geral.

Devido a ser uma modalidade ainda pouco explorada, não existem ainda garantias que um evento organizado unicamente para gravel venha a ser viável, daí a solução encontrada pela Cabreira Solutions, criar um evento que partilhe das condições e dos meios colocados no terreno para um evento com provas dadas no BTT.

@RTC, o evento é focado na competição, mas não apenas na competição. À imagem do que acontece nos Race Nature, há espaço para a competição a sério, onde entra malta que faz Cape Epic, Brasil Ride, etc... mas também cabe malta que demora 7 horas a fazer 80km. Eu por exemplo já fiz um Race Nature em duplas com um amigo que pesava quase 100kg e onde o seu objectivo era apenas terminar as etapas. No fundo será um evento desse género, haverá espaço para todos...
 

pacheco

Well-Known Member
Fiquei com ideia de que o objectivo não era de todo a competição, apesar de haver podio e prémio

Art. 1 - O GRAVEL CHALLENGE é composto por 4 desafios, de dois dias cada um deles.
Art. 2 - O evento GRAVEL CHALLENGE é um evento de cicloturismo sem cariz competitivo, em que os participantes andam ao seu ritmo em toda a extensão do percurso, sendo-lhes, no entanto, cronometrado, por meios eletrónicos (chip), o tempo que demoram a completar a totalidade do percurso ou determinados segmentos anunciados antes de cada desafio pela organização.
Art. 3 - O GRAVEL CHALLENGE obedece à regulamentação da Federação Portuguesa de Ciclismo como Prova Aberta e à regulamentação da UCI (União Ciclista Internacional) também para as Provas Abertas, estando por isso sujeita aos princípios constantes nesses mesmos regulamentos.
Art. 5 – O evento está aberto a todos os ciclistas, ciclodesportistas e cicloturistas federados ou não federados, de ambos os sexos e maiores de 18 anos (a 31-12-2022).
 

RTC

Moderador
Staff member
Pois bem... realmente alguém aposta nessa vertente em Portugal.

De qualquer forma, para arriscarem um evento dessa natureza, pensaram em minimizar o risco associado, isto é, estão a organizar eventos de gravel com a mesma logística e meios que vão servir para eventos de btt. Vão partilhar as partidas/chegadas, staff e alojamentos se for caso disso. Claro que os percursos são diferentes. No que aos pódios diz respeito, e uma vez que não se sabe se vão haver 10, 100 ou 1000 participantes, haverá apenas pódios para os primeiros 3 classificados à geral.

Devido a ser uma modalidade ainda pouco explorada, não existem ainda garantias que um evento organizado unicamente para gravel venha a ser viável, daí a solução encontrada pela Cabreira Solutions, criar um evento que partilhe das condições e dos meios colocados no terreno para um evento com provas dadas no BTT.

@RTC, o evento é focado na competição, mas não apenas na competição. À imagem do que acontece nos Race Nature, há espaço para a competição a sério, onde entra malta que faz Cape Epic, Brasil Ride, etc... mas também cabe malta que demora 7 horas a fazer 80km. Eu por exemplo já fiz um Race Nature em duplas com um amigo que pesava quase 100kg e onde o seu objectivo era apenas terminar as etapas. No fundo será um evento desse género, haverá espaço para todos...
Compreende-se perfeitamente as cautelas da organização.
No fim de contas, somos um país pequeno e no universo dos ciclistas praticantes contam-se pelos dedos das mãos os que têm bicicleta de gravel e destes muitos nem terão interesse em participar em eventos específicos. Isto não é Girona.
Servirá pelo menos para tomar o pulso e ficar com uma ideia do que se pode esperar no futuro. A localização do 1º evento é que pode ser um entrave. É completamente deslocado do Norte e Centro do país. Mas percebe-se o porquê de ser ali e em Freixo de Espada, uma vez que costumam organizar outras provas naquelas cidades...