Doping

dimark1978

Active Member
"Joaquim Agostinho poderia ter ganho cinco Voltas consecutivas, mas perdeu dois títulos, em 1969 e 1973."

"Marco Chagas, que teria outro controlo positivo em 1987, teve um controlo positivo na última etapa da prova de 1979, acabando o triunfo final por ser atribuído a Joaquim Sousa Santos. Penso que em 1984 também é desclassificado."

Record

Só dois exemplos de dois dos maiores ciclistas nacionais. Na minha opinião o problema deveria ser abordado de outra forma, mas também não sei dizer qual. Ou temos provas mais curtas e menos duras ou terá que haver sempre doping!!
 

Negoci8er

Well-Known Member
Ninguém falou em excluídos.

Sou da opinião que todos ficam a ganhar se quem foi investigado fique de fora da prova.
Não podemos esquecer que há a imagem dos patrocinadores que está em causa.
Notícia

Pelas notícias que li, foram realizadas buscas e nada foi encontrado...

A PJ e as entidades, devem atuar com base em factos.
Esta exclusão, por ser alvo de buscas, não tem base nenhuma a menos que tenham encontrado uma seringa, um comprimido que seja, que levante suspeitas.
Em relação aos patrocinadores, estas situações são "normais"... Há sempre riscos de imagem ao estar associado a um desporto/atleta... Mas não podemos excluir apenas porque teve "buscas"...

Se um vizinho se lembrar de fazer uma "acusa" à PJ, de que ando a negociar droga porque comprei uma bike de 5000€ estou tramado... Perco o emprego e fico a aguardar o julgamento devido a "suspeitas"...:rolleyes:
 

s0me0ne

Well-Known Member
Não estão impedidos de participar na Volta?
Não, as equipas é que decidiram substitui-los. Por pressões externas ou não, mas não há qualquer impedimento de participarem.
Penso que dos 4 visados o único que deve estar impedido de participar é o Francisco Campos que foi constituído arguido.
 

dimark1978

Active Member
Até no xadrez há doping. Esqueçam lá essa conversa de que só se dopam porque é difícil. Dopam-se porque querem ganhar e isto é válido para TODOS os desportos.

Querem todos ganhar, Sim!! mas não é por se doparem que ganham, a qualidade tem que existir, o doping (pelo menos o atual) apenas permite manter níveis de intensidade mais prolongados e acelerar a recuperação.
No tempo do Pantani é que tomavam coisas mais estranhas que os faziam voar.
 

Negoci8er

Well-Known Member
Não, as equipas é que decidiram substitui-los. Por pressões externas ou não, mas não há qualquer impedimento de participarem.
Penso que dos 4 visados o único que deve estar impedido de participar é o Francisco Campos que foi constituído arguido.
"oficialmente" não, não estão suspensos, foi uma decisão das equipas tirar da prova e substituir por outros atletas mas não estão suspensos

Peço desculpa pelo equivoco, mas pensei que a pressão fosse por parte da organização da Volta a Portugal...
 

Cláudio

Well-Known Member
Pois, mas isto é um dilema grande. Agora se cada atleta que for alvo de buscas for alvo de pressões para não participar está tudo tramado... São inocentes até prova em contrário. E para fazerem estas buscas alguma coisa haviam de estar à espera de encontrar! Portanto alguém deve ter denunciado a dizer que podiam ter e não pode bastar isso para não se participar numa prova que se treina o ano todo para ela praticamente. Assim basta começar a fazer denúncias e ser alvo de buscas para retirar certos atletas das provas. Não acho correto
 

ernez

Member
Mas e se agora provarem que têm familiares com graves problemas de saúde e que o material não era para uso próprio. Estou a ser irónico mas a defesa passará por algo do género.
Por aqui, podem justificar ou alegar o que quiserem, que tudo será aceite, porque nessas coisas de justificar e manipular, o português é mestre, mas lá fora, nem que a vaca tussa se safam.
 

s0me0ne

Well-Known Member
Por aqui, podem justificar ou alegar o que quiserem, que tudo será aceite, porque nessas coisas de justificar e manipular, o português é mestre, mas lá fora, nem que a vaca tussa se safam.
Algo não bate certo com as declarações dele e a realidade. Ele foi constituído arguido! não se é constituído arguido por ter "uns comprimidos para o coração" do pai/mãe/avó na casa onde todos residem....

Não está em causa "apenas" um caso de doping para ser constituído arguido!:rolleyes::confused:
 

Carolina

Well-Known Member
Pois, mas isto é um dilema grande. Agora se cada atleta que for alvo de buscas for alvo de pressões para não participar está tudo tramado... São inocentes até prova em contrário. E para fazerem estas buscas alguma coisa haviam de estar à espera de encontrar! Portanto alguém deve ter denunciado a dizer que podiam ter e não pode bastar isso para não se participar numa prova que se treina o ano todo para ela praticamente. Assim basta começar a fazer denúncias e ser alvo de buscas para retirar certos atletas das provas. Não acho correto

Não é correto, mas dada a gravidade da situação e já com a maior equipa portuguesa suspensa, parece-me sensato para evitar ainda mais problemas. Imagina que o Mendonça ou o Benta ganhavam uma etapa, era logo tudo a cair em cima com criticas porque foram alvo de buscas.
 

ernez

Member
Ahh pressão deve haver de vários lados, acredito que da organização também, patrocinadores, etc

Mas oficialmente suspensos não estão
A W54 também só foi suspensa, oficialmente, semanas depois, não foi imediato como é óbvio... a retirada dos atletas, pelas equipas, será apenas por precaução, derivado ao inquérito em curso...
 

jpacheco

Well-Known Member
A W54 também só foi suspensa, oficialmente, semanas depois, não foi imediato como é óbvio... a retirada dos atletas, pelas equipas, será apenas por precaução, derivado ao inquérito em curso...
Pois, mas enquanto houvesse corredores constituídos arguidos não poderiam participar na Volta a Portugal com esses atletas (porque assinaram um acordo para isso mesmo), nas outras provas cabia ás organizações convidarem ou não. Com a retirada da licença por parte da UCI acho que nem nos granfondos poderiam participar, só mesmo nos circuitos piratas.

Se com base em denuncias anónimas se fazem buscas e não se encontra nada estamos a levantar um precedente muito grave. Ou há uma base solida nessas denuncias, e outro tipo de pressão que não é explicado para esses atletas não participarem, ou não faz sentido nenhum impedir esses atletas de correr com base em denuncias anónimas e sem nada em concreto.
 

Cláudio

Well-Known Member
Não é correto, mas dada a gravidade da situação e já com a maior equipa portuguesa suspensa, parece-me sensato para evitar ainda mais problemas. Imagina que o Mendonça ou o Benta ganhavam uma etapa, era logo tudo a cair em cima com criticas porque foram alvo de buscas.

Entendo perfeitamente, mas por este prisma basta acusar alguém ou ligar alguém a alguma coisa para o tramar. O meu sentido de justiça não funciona assim.
Agora, se for constituído arguido é diferente. Até pode ser inocente, mas está na alçada de um processo judicial
 

s0me0ne

Well-Known Member
Se com base em denuncias anónimas se fazem buscas e não se encontra nada estamos a levantar um precedente muito grave. Ou há uma base solida nessas denuncias, e outro tipo de pressão que não é explicado para esses atletas não participarem, ou não faz sentido nenhum impedir esses atletas de correr com base em denuncias anónimas e sem nada em concreto.
Não me parece que seja assim que funciona a justiça, por muito mal que funcione. Não estamos a falar apenas na parte desportiva, até porque não foi uma inspeção da ADOP, estamos a falar de crimes e investigação policial!

Estão a baralhar um bocado o tema desportivo com o tema da justiça. Um ciclista não é constituído arguido quando as análises acusam EPO ou outra substancia dopante!
 
Top