Treinar durante o inverno

#1
Bem sei que por esta altura do ano já ninguém pensa sequer no factor inverno já que os dias estão bons para a práctica da nossa modalidade mas o certo é que daqui a alguns meses essa realidade é certa. Como recente viciado pela estrada ( comecei a práctica do ciclismo pelo btt), sei por experiência própria ( no último inverno) o tão desagradavel que é rolar no asfalto com ventos fortes, chuva e frio. Bastante mais exigente do que em btt aonde estamos mais abrigados. Tenho lido em revistas que na programção tipica anual dos ciclistas inclui um mês de descanso, normalmente outubro ou novembro e uma fase de baixa intensidade de 2 ou 3 meses antes da primavera como treino de fundo aérobio. Esta fase o que é que normalmente treinam? Andam em btt e rolos ou têm outro tipo de actividade fisica complementar ? Que tipo de estrura de treino me aconselham?

Um abraço.
 
#2
Boas eu chegando aos inicios de Novembro opto sempre pelo btt, isto poelo facto de ser mais abrigado e mais seguro andar de btt que na estrada..
Depois por finais de Janeiro inicio de Fevereiro vou a pouco e pouco voltando a fazer estrada ate que a partir dai é raro pegar na btt..
 
#3
Eu como não tenho época, não tenho isso tudo planificado. Mas no Inverno os kms abrandam naturalmente, não só pelas condições climatéricas, como pelo anoitecer muito cedo, que complica os treinos durante a semana. Ainda assim, tento pegar na bicicleta sempre que posso. A diferença para o resto do ano, é que nos meses de Inverno faço treinos leves, poucas subidas, pulso baixo, muito rotação, etc. Mantém-se o ritmo mas descansa-se o corpo. Não tenho rolo nem bike de BTT, portanto é tudo na estrada. Por vezes opto por 30/45min de corrida, mas é raro, porque o vício da bicicleta é sempre maior. Tudo isto com o natural cuidado que é necessário para andar com estrada molhada e com tempo frio.

Para um profissional que tem treinos muito exigentes durante a época, acho normal parar um mês no Inverno, agora para nós que fazemos isto a nível amador acho que não se justifica, por mais exigente que seja o nosso treino durante o ano.