Powermeter (o aparelhinho da discórdia)

#1
Boa noite amigos
Depois de umas aventuras em cima de três bicicletas, decidi que gostava de melhorar a qualidade do meu treino e quem sabe deixar de levar coça de homens de 66 anos que parece que vão de mota :)

Andava com a maluqueira de comprar uma winter bike, mas comecei a pensar e ler (ler muito note-se) e estou bastante inclinado a comprar um powermeter acompanhado de um turbo trainer (já tenho uma bike de spinning daquelas da decathlon de entrada de gama que, até agora, tem-me ajudado a rolar as pernas no Inverno, mas creio que necessito de mais especificidade de treino).

Ou seja, estou comprador de um powermeter que me permita facilmente alternar entre bicicletas e um turbo trainer para usar com a minha Merida Reacto que, em conjunto com o powermeter, me permita ter uma sensação semelhante a andar na estrada, mas que permita fazer aqueles treino de séries sem factores externos (carros, semáforos, intempéries, etc, etc...)

Orçamento para isto: no máximo 800 paus...

Desde já agradeço a vossa ajuda

Forte abraço
 

lgass

Well-Known Member
#3
da discórdia?? eu acho que toda a gente concorda na sua utilidade... o pessoal discorda é da sua necessidade para determinados ciclistas.

vou assumir que isto são 800 euros para ambos... e vou avançar que é um orçamento apertado... não para o turbo trainer (a não ser que procures algo muito avançado) mas mais para o powermeter.

deixo dois artigos que li recentemente e que podem ajudar:
The Power Meters Buyer’s Guide–2015 Edition - DC RAINMAKER
Best power meters of 2016 - BIKE RADAR

quanto aos PM's pouco mais posso ajudar que aquilo.

No turbo trainer posso dizer que tenho um Satori e estou satisfeito... mas sinto que gostava de mais... sinto falta de ele adaptar o slope automaticamente... e da Tacx eles têm o Bushido... nalguns treinos tenho tido acesso ao Kickr da Wahoo e é brutal, mas é para valores proibitivos.
 

albertosemcontador

Well-Known Member
#4
da discórdia?? eu acho que toda a gente concorda na sua utilidade... o pessoal discorda é da sua necessidade para determinados ciclistas.

vou assumir que isto são 800 euros para ambos... e vou avançar que é um orçamento apertado... não para o turbo trainer (a não ser que procures algo muito avançado) mas mais para o powermeter.

deixo dois artigos que li recentemente e que podem ajudar:
The Power Meters Buyer’s Guide–2015 Edition - DC RAINMAKER
Best power meters of 2016 - BIKE RADAR

quanto aos PM's pouco mais posso ajudar que aquilo.

No turbo trainer posso dizer que tenho um Satori e estou satisfeito... mas sinto que gostava de mais... sinto falta de ele adaptar o slope automaticamente... e da Tacx eles têm o Bushido... nalguns treinos tenho tido acesso ao Kickr da Wahoo e é brutal, mas é para valores proibitivos.
Lol... O ideal e o que ele sonhava ter...

https://www.evanscycles.com/tacx-ne...esvaid=50080&gclid=COD65N60xswCFRG6GwodZuMBAQ

https://www.westbrookcycles.co.uk/p...-set-p283035?gclid=CIPhwoC1xswCFcrjGwodQYUCPw

Isto e o que ele sonhava ter acima... E do melhor que ha!! Em todos os aspectos... Possibilidade de trocar de pedais... Bike para bike.. Com consistencia e precisao SRM...

A nivel de turbo trainer e so o melhor que ha de momento... Em todos os aspectos...

Nota... Ambos nao Sao do Mais caro que ha!! Ha Mais caro, Mas nao e melhor... Estes acima Sao simplesmente os melhores...

Em baixo o que ele pode comprar...

http://www.bikefast.co.uk/bepro-s-pedal-power-meter

E no caso do turbo trainer, para ter as sensacoes de Estrada que ele fala, no minimo so pode ser isto...

http://www.wiggle.co.uk/kinetic-roa...|pcrid|67090793342|pkw||pmt||prd|5360716842uk

E mesmo Assim... Tens que desabotoar cordoes a bolsa... Que Esse orcamento Esta apertado...

Grande abraco...
 
#5
Antes de mais, obrigado pelas respostas. E Igass, o título está carregado de ironia, se eu não soubesse que era uma ferramenta útil, não estaria a pensar comprar um...

Sim, 800 aerios tem de dar para as duas coisas... Como dizes alberto, não tou para me endividar e 800 euros é um valor que não me tira o sono, a questão é: é possível?

Andei a ler umas coisas e andava com a ideia de que um powerpod aliado a um cyclops tempo fluid poderia ser uma coisa a considerar...

Amigo Pedro Alberto, diz de tua justiça:
https://www.bike24.com/1.php?content=8;product=111458;menu=1200,1201;pgc%5B116%5D=415;pgc%5B117%5D=420;orderby=2

mais isto:
http://www.powerpodsports.com/shop/powerpod-power-meter

é viável?

esta pergunta estende-se a todos que queiram ajudar, obviamente...

Abraço
 

Carolina

Well-Known Member
#6
Eu não percebo muito disto, mas acho que o powerpod não vai funcionar quando tiveres nos rolos.

Para trabalhares bem e com mais precisão, convém que os valores de potência venham todos do mesmo aparelho. Os pedais que o alberto sugeriu seriam melhores.
 
#7
Realmente, depois de analisar a questão do powerpod, parece-me que no turbo trainer seria inútil... Ou seja, vou ter mesmo de avançar para uma solução de pedais...
 
#8
os turbo trainers, por norma, também medem a potência, não é preciso mais equipamento em cima deles (eu tenho um tacx que mede potência, velocidade e cadência).
 

Mendas

Well-Known Member
#9
Bom dia a todos,

Aproveitando o tópico, aproveito para perguntar se existe algum Bike computer que nos dê informação sobre os Watts que estamos a debitar no momento, tal como acontece no Zwift ?

Obg.

Cumps
 

Mendas

Well-Known Member
#11
Sim,
Eu nao tenho € para investir num powermeter, e estou a pensar comprar um novo Gps (tenho um Bryton Rider 40), e nao me é relevante, nesta fase saber o power real, mas como tenho andado pelo zwift gostei do conceito dos watts, visto conseguirmos saber se estamos a evoluir, ou nao.
 

gfrmartins

Well-Known Member
#12
Pois mas o zwift é um ambiente controlado e mesmo assim é uma estimativa que já tem uma margem de erro relevante, na rua então os factores são ainda mais o que vai trazer uma margem de erro demasiado grande para ser tida em conta e ser de alguma ajuda.

Tens o vento, a velocidade, a cadencia, draft, a resistencia ao rolamento, as inclinações, etc etc, sem um powermeter as estimativas que um gps pudesse fazer eram totalmente irrelevantes.

Não conheço nada que faça isso e que seja interessante de ter em conta devido ao enorme erro que devem apresentar
 

Ganfas

Well-Known Member
#13
Directamente no gps que usares não conheço nada. Mas tens sempre o power virtual do Strava, só o consegues ver é depois de carregares a volta para lá
 

Mendas

Well-Known Member
#14
Mas foi como disse, nesta fase para mim é irrelevante as margens de erro.

Já li um pouco (informações em ingles que tenho alguma dificuldade), sobre dois aparelhos que sao o Powercal, e o powerpod, que sao aparelhos mais em conta, tens alguma opinião formada a respeito destes dois aparelhos, ou existe mais alguma coisa deste tipo em conta?

Obg.

Cumps
 

gfrmartins

Well-Known Member
#15
Mas foi como disse, nesta fase para mim é irrelevante as margens de erro.

Já li um pouco (informações em ingles que tenho alguma dificuldade), sobre dois aparelhos que sao o Powercal, e o powerpod, que sao aparelhos mais em conta, tens alguma opinião formada a respeito destes dois aparelhos, ou existe mais alguma coisa deste tipo em conta?

Obg.

Cumps
Pelo preço desses aparelhos esperava um pouco, juntava e por mais um bocado compras um powermeter (uns assioma, powertap p1, stages, etc).

Se é para ter esses números que sejam fiaveis, ter só para dizer que se tem mas não se pode confiar neles na minha opinião não valem a pena, na rua, uma coisa é teres esses numeros num TT e estruturar os treinos com eles, agora na rua ter só para ter não vale a pena o investimento se não for num powermeter
 

Mendas

Well-Known Member
#16
O meu objectivo é ter algo que me oriente, ou seja ou tu na rua notas melhoras pelas sensações que tens, ou vais com malta e notas que já os consegues acompanhar, eu por norma ando sozinho e tenho andado pouco, e é dificil ter as noçoes de estares a melhorar ou nao através do batimento cardiaco ou velocidade, pelo menos para mim é.

No entanto agradeço as vossas respostas,

Obg.
Cumps
 

Ganfas

Well-Known Member
#17
Podes fazer isso sem um powermeter.

Se fizeres o mesmo circuito podes comparar os tempos que fizeste em cada vez que lá passaste. Ou se quiseres ver o teu tempo numa determinada subida podes sempre usar um segmento do strava ou criar um segmento novo (privado ou publico) e comparares o teu tempo sempre que lá passas.

Eu faço isso tanto para algumas subidas de bicicleta como para alguns percursos que faço habitualmente a correr. É uma maneira facil de comprar o meu tempo lá.

Por exemplo numa subida em Monstanto:

 

cenazia

Well-Known Member
#19
Acho que ter um algo que faça de powermeter mas sem a consistência de resultados de um powermeter acaba por ser mais prejudicial do que não ter nada, só te andas a enganar, como o Martins disse mais vale juntar e comprar um powermeter a sério, no entretanto usa um Turbo Trainer para fazer treinos com potência, aí, mesmo com power virtual a consistência de resultados permite treinar bem e aferir a nossa evolução, as outras soluções que indicaste na rua na minha opinião não servem para isso, a não ser que seja para treinar sempre no mesmo velódromo indoor