Duvida entre: FOCUS Cayo Evo 2.0 Race e SPECIALIZED Roubaix Expert SL3

#4
Não estando a tentar influenciar para qualquer uma das escolhas, acho não se devem comparar bicicletas apenas pelos componentes. Já vi várias comparações deste tipo em que o quadro não é tido nem achado e, penso que todos concordamos, este elemento é um dos mais importante, se não o mais importante. Aliás, basta ver comparativos na net para perceber que não são só os componentes que pesam, pois às vezes bicicletas com os mesmos componentes têm classificações diferentes.
E, no final, o gosto pessoal também conta muito.

Já agora, a página da Specialized indica que o único componente 105 é a corrente:
http://www.specialized.com/us/en/bikes/archive/2012/roubaix/roubaixsl3expertcompact#specs
 

joao.ads

Well-Known Member
#5
Não estando a tentar influenciar para qualquer uma das escolhas, acho não se devem comparar bicicletas apenas pelos componentes. Já vi várias comparações deste tipo em que o quadro não é tido nem achado e, penso que todos concordamos, este elemento é um dos mais importante, se não o mais importante. Aliás, basta ver comparativos na net para perceber que não são só os componentes que pesam, pois às vezes bicicletas com os mesmos componentes têm classificações diferentes.
E, no final, o gosto pessoal também conta muito.

Já agora, a página da Specialized indica que o único componente 105 é a corrente:
http://www.specialized.com/us/en/bikes/archive/2012/roubaix/roubaixsl3expertcompact#specs
já nao sei onde vi mas tinha lido tambem o desviador dianteiro e os travoes
 
#8
A Roubaix é toda Ultegra, exceptuando a corrente que é 105. É errado comprar uma bicicleta exclusivamente com base na transmissão, a menos que todo o restante material seja exactamente igual, bem como o valor a pagar.

Infelizmente não experimentei nenhuma delas, mas escolheria a Specialized, caso pretende-se uma bicicleta mais confortável e/ou estivesse a iniciar-me no ciclismo.
Por outro lado, escolhia a Focus se pretendesse uma geometria de quadro mais racing, com uma posição de condução mais agressiva e gostasse de ter alguma exclusividade com o grupo electrónico Ultegra DI2.

Pessoalmente e desde que o preço seja semelhante, prefiro a Roubaix pois dou primazia ao conforto, se bem que o grupo electrónico da Cayo, deixa-me muito curioso.
Dou nota negativa para as rodas. Bicicletas com um pvp de 3400€ deviam ter rodas melhores
 
#9
Já vi várias comparações deste tipo em que o quadro não é tido nem achado e, penso que todos concordamos, este elemento é um dos mais importante, se não o mais importante.
Embora muitas vezes esquecido, este "pormenor" é de longe o mais importante...


______

De qualquer forma, acho que o autor do tópico deveria falar um pouco mais daquilo que pretende da bike...
 
#12
A Roubaix é toda Ultegra, exceptuando a corrente que é 105. É errado comprar uma bicicleta exclusivamente com base na transmissão, a menos que todo o restante material seja exactamente igual, bem como o valor a pagar.

Infelizmente não experimentei nenhuma delas, mas escolheria a Specialized, caso pretende-se uma bicicleta mais confortável e/ou estivesse a iniciar-me no ciclismo.
Por outro lado, escolhia a Focus se pretendesse uma geometria de quadro mais racing, com uma posição de condução mais agressiva e gostasse de ter alguma exclusividade com o grupo electrónico Ultegra DI2.

Pessoalmente e desde que o preço seja semelhante, prefiro a Roubaix pois dou primazia ao conforto, se bem que o grupo electrónico da Cayo, deixa-me muito curioso.
Dou nota negativa para as rodas. Bicicletas com um pvp de 3400€ deviam ter rodas melhores
Pois a minha dúvida está precisamente na "qualidade" do quadro da Focus.
Muito sinceramente estou muito inclinado pela Focus, pelo Ultrega DI 2, pode ser que me arrependa, mas eu adorava isto.
Lembro-me quando saíram as manetes travão/mudanças... seria coisa de pouco dura, pois aquilo seria o fim do mundo, é o que se sabe!
 
#13
Embora muitas vezes esquecido, este "pormenor" é de longe o mais importante...


______

De qualquer forma, acho que o autor do tópico deveria falar um pouco mais daquilo que pretende da bike...
É verdade mas foi de todo impossivel acompanhar o tópico da melhor maneira, mas o que posso dizer eu prefiro a Focus pelo grupo eléctrico, mas tenho algum receio relativamente à "qualidade" do quadro.
Depois sempre gostei de ser diferente, e por isso optei pela minha CAD 3, quando pouco se falava de Cannondale, já lá vão quase 20 anos.
Depois não é para competição, é apenas para as minhas voltinhas de fim de semana, mas que podem chegar aos 200km por fim de semana (sábado e domingo, calma pessoal!)
Em termos de valores posso dizer que os preços são bem inferiores aos mencionados, bem inferiores aos 3000€, e que a Roubaix fica cerca de 150€ mais barata. O kit eléctrico não compensa bem está diferença?
Mais uma achega a Roubaix é de 2011, e a Focus de 2012.
 
#14
Não estando a tentar influenciar para qualquer uma das escolhas, acho não se devem comparar bicicletas apenas pelos componentes. Já vi várias comparações deste tipo em que o quadro não é tido nem achado e, penso que todos concordamos, este elemento é um dos mais importante, se não o mais importante. Aliás, basta ver comparativos na net para perceber que não são só os componentes que pesam, pois às vezes bicicletas com os mesmos componentes têm classificações diferentes.
E, no final, o gosto pessoal também conta muito.

Já agora, a página da Specialized indica que o único componente 105 é a corrente:
http://www.specialized.com/us/en/bikes/archive/2012/roubaix/roubaixsl3expertcompact#specs
A Roubaix e "religosamente" esta;

http://www.specialized.com/pt/pt/bikes/archive/2011/roubaix/roubaixsl3expertc2#specs

Cor incluída!:)
 
#15
A Roubaix é toda Ultegra, exceptuando a corrente que é 105. É errado comprar uma bicicleta exclusivamente com base na transmissão, a menos que todo o restante material seja exactamente igual, bem como o valor a pagar.

Infelizmente não experimentei nenhuma delas, mas escolheria a Specialized, caso pretende-se uma bicicleta mais confortável e/ou estivesse a iniciar-me no ciclismo.
Por outro lado, escolhia a Focus se pretendesse uma geometria de quadro mais racing, com uma posição de condução mais agressiva e gostasse de ter alguma exclusividade com o grupo electrónico Ultegra DI2.

Pessoalmente e desde que o preço seja semelhante, prefiro a Roubaix pois dou primazia ao conforto, se bem que o grupo electrónico da Cayo, deixa-me muito curioso.
Dou nota negativa para as rodas. Bicicletas com um pvp de 3400€ deviam ter rodas melhores
As rodas são rigorosamente iguais nos dois modelos as Fulcram
 
#18
Pois a minha dúvida está precisamente na "qualidade" do quadro da Focus.
Muito sinceramente estou muito inclinado pela Focus, pelo Ultrega DI 2, pode ser que me arrependa, mas eu adorava isto.
Lembro-me quando saíram as manetes travão/mudanças... seria coisa de pouco dura, pois aquilo seria o fim do mundo, é o que se sabe!
Segundo as criticas que se podem ler na net, o quadro da Focus tem muita qualidade, aliás, é aprovado pela UCI e tem sido utilizado por equipas continentais.
O grupo Ultegra DI2 também é ultra-fiável, muito semelhante ao DA DI2, mas muito mais barato, a troco de umas quantas gramas a mais.

Se não for indiscrição, estamos a falar de bicicletas novas ou em 2ª mão? de que ano e de que valor a pagar?
 

pratoni

Well-Known Member
#19
Não tenhas qualquer receio quanto aos quadros da marca Focus...

Mais importante que a transmissão, tens de ver qual a funcionalidade e o aspecto mais importante para ti na bike.

Privilegias o conforto ou um comportamento mais agressivo?

A Roubaix é essencialmente conforto com uma geometria mais relaxada, quanto à cayo não sei se será mais para a performance ou se tem uma geometria pensada numa utilização mais descontraída...

Esse quadro cayo, de à uns anos para cá, só tenho ouvido falar bem e acredito que também tenha bons níveis de conforto por ser de carbono e de ser bem construído.

Quanto à escolha global entre as duas, eu não sei por qual escolheria, mas mais pela questão do DI2 (para mim não seria um factor tão positivo como para alguns, mas apenas por preconceito), do que propriamente pelos quadros...

Aliás, daqui a uns anos, com a adopção cada vez maior de grupos electrónicos, a focus deverá ter maior valor de revenda, contrariando muito provavelmente a maior visibilidade da marca specialized...
 
#20
Segundo as criticas que se podem ler na net, o quadro da Focus tem muita qualidade, aliás, é aprovado pela UCI e tem sido utilizado por equipas continentais.
O grupo Ultegra DI2 também é ultra-fiável, muito semelhante ao DA DI2, mas muito mais barato, a troco de umas quantas gramas a mais.

Se não for indiscrição, estamos a falar de bicicletas novas ou em 2ª mão? de que ano e de que valor a pagar?
Estamos a falar de bicicletas novas!!