Cube Attain Race 2016

BMFL

Active Member
Boas a todos,

Passei à pouco na oficina e vai ser mudado os cabos das mudanças, verificar rolamentos das rodas e do movimento pedaleiro.
A corrente é para mudar e a cassete vai depender se a corrente salta ou não.
Agora a dúvida é que ela vem com uma cassete de 10v 11-34 o que é excessivo e se for para mudar não sei se coloco 11-32 ou 11-28 ... nunca pedalei com 28 e por isso não tenho noção como será para as subidas inclinadas (a minha os 3 carretos maiores são 34, 30 e 26) ... que dizem?

Obrigado.
 

Bruso

Well-Known Member
Eu na Madeira tenho uma Berg com uns valentes 10kg ou mais, pedaleira tripla e cassete 12-25.

Para quem está em forma pedaleira compacta e cassete 11-28 dá para tudo.

Eu troquei recentemente de cassete e passei de 12-27 para 12-25 simplesmente porque não usava o 27.
 

jpacheco

Moderador
Staff member
Se na zona onde pedalas fazes muitas pendentes/rampas e a forma fisica não for adequada considera manter... se for maioritariamente plano com algumas subidas pouco inclinadas é como o @Bruso refere, 28 ou 30 serve perfeitamente. Essa relação é muito pessoal, do esforço que pretendes fazer na bicicleta. Tenho colegas que parecem prós e sobem vide > torre com 53x39 11x25...vão a martelar mas chegam lá cima. Também têm capacidade para o fazerem.
 
Considero que estou minimamente em forma e utilizo 52x36 com 11x32 atrás à cerca de 2 anos e não estou nada arrependido. Tudo tem a ver com a tua forma de abordar as subidas, não tem a ver com o facto de conseguires ou não subir a martelar com uma 11x25, mas sim que com o 32 em subidas bem ingremes consegues manter uma cadencia muito superior que te vai ajudar a poupar os musculos/menor fadiga. Não vejo como "uma Subida unica" mas numa volta com bastante acumulado vais sentir a diferença. Para utilizares 36x32, só mesmo subidas com muita inclinação, mas, no meu caso acabo por exemplo, quase sempre por andar com o prato 52 à frente, mesmo em subidas com alguma inclinação mas mais curtas...
 

NULL

Well-Known Member
Considero que estou minimamente em forma e utilizo 52x36 com 11x32 atrás à cerca de 2 anos e não estou nada arrependido. Tudo tem a ver com a tua forma de abordar as subidas, não tem a ver com o facto de conseguires ou não subir a martelar com uma 11x25, mas sim que com o 32 em subidas bem ingremes consegues manter uma cadencia muito superior que te vai ajudar a poupar os musculos/menor fadiga. Não vejo como "uma Subida unica" mas numa volta com bastante acumulado vais sentir a diferença. Para utilizares 36x32, só mesmo subidas com muita inclinação, mas, no meu caso acabo por exemplo, quase sempre por andar com o prato 52 à frente, mesmo em subidas com alguma inclinação mas mais curtas...

Essa combinação é a que vou utilizar na minha nova bike... 52-36 com 11x32.

Na antiga tenho 53-36 com 11x32... apesar de a Shimano dizer que não dá para meter 53/36 eu tenho e funciona.
 
Essa combinação é a que vou utilizar na minha nova bike... 52-36 com 11x32.

Na antiga tenho 53-36 com 11x32... apesar de a Shimano dizer que não dá para meter 53/36 eu tenho e funciona.

É um pouco contraditório, cassete 11/32 com um pedaleiro semi-compacto.
Não valia mais ter um pedaleiro compacto e usar uma cassete de tamanho mais "normal"?
 
Eu tenho pedaleiro compacto 50/34 com 11/32 e noto que naquelas descidas rolantes o compacto pode tornar-se curto... daí talvez não seja má opção usar o 52/36 com 11/32... o 32 a mim faz-me muito jeito. ;)
 
Eu tenho pedaleiro compacto 50/34 com 11/32 e noto que naquelas descidas rolantes o compacto pode tornar-se curto... daí talvez não seja má opção usar o 52/36 com 11/32... o 32 a mim faz-me muito jeito. ;)
Precisamente.....Descidas rolantes e mesmo em plano quando já rolas a "alguma velocidade" :) .....o 52 torna-se muito menos "cansativo"
 

NULL

Well-Known Member
É um pouco contraditório, cassete 11/32 com um pedaleiro semi-compacto.
Não valia mais ter um pedaleiro compacto e usar uma cassete de tamanho mais "normal"?
Para mim é o melhor de 2 mundos!

Quantas vezes já dei por mim a tentar meter outra abaixo numa descida onde se vai a pedalar forte... é que fazer altas cadência a rolar em plano ou a subir até vai mas a descer eu não gosto nada! E utilizo 52*11... se utilizasse 50*11 iria notar ainda mais.

Já a subir com 36*32 é aceitável para quem tem alguma preparação. Mesmo em subidas duras dá para passar...
 
Precisamente.....Descidas rolantes e mesmo em plano quando já rolas a "alguma velocidade" :) .....o 52 torna-se muito menos "cansativo"
A não ser que vás a descer uma grande serra e a conheças., mais que 50 não faz falta nenhuma, nem estou a ver como descansas fazendo mais força para deslocar-se a bicicleta
Quanto aos gostos nem os discuto, cada um tem o seu
 

BMFL

Active Member
Antes de mais obrigado a todos pelas ajudas! ;)
Depois do que li e não querendo arriscar muito decidi pela cassete 11-32, vou vendo a adaptação e já tenho noção como será o carreto 28 pois é o que está abaixo do 32.
Aproveitei e mandei colocar fitas novas porque as minhas estavam a desfazer-se e meter os calços de travão que vêm nos 105 porque os calços que vêm nos tiagra são rijos e mais pequenos.

Obrigado e cumprimentos para todos. :cool:
 

BMFL

Active Member
Bike pronta e em casa, amanhã já vejo se está tudo ok.
Fitas novas e muito mais confortáveis só pelo toque e gosto do facto de serem mais grossas.
Manutenção feita ao movimento pedaleiro e rodas.
Cassete, corrente, calços de travão e suportes, cabos de travão, cabos de mudanças e todas as espirais novas.

Estrago 140 paus.

Cumprimentos.