Acidente em parque pedonal

#1
Boa noite caros ciclistas,

Venho solicitar a vossa ajuda relativamente a umas dúvidas que passo a relatar abaixo e sobre um infeliz acidente que sofri.


Há 3 semanas num circuito ciclovia / pedonal da zona da amadora. Tive um violento acidente. Entre dedos partidos, fraturas na face e no crânio... Enfim.. dia infeliz mesmo.

A minha questão é a seguinte.

No Parque em questão tem uma descida desmesurada, provavelmente mais de 25 % de inclinação, nessa mesma descida como não apanhei ninguém pelo caminho apanhei balanço, no final da descida tem uma curva á direita, curva essa que ainda consegui fazer.
Mas fui bater violentamente com a face no pilar de suporte do gradeamento.... Se o pilar estivesse do lado de fora ..

Então. A minha dúvida é a seguinte, há alguma entidade a quem possa reclamar e levantar um processo. Segundo ouvi, já foram 4 os acidentes naquele mesmo local e queria saber se e como levantar um processo por danos físicos.

Só ainda não fui ao local em questão pintar uma msg porque tenho ambas as mãos com danos.
Aquele local é uma armadilha e não tem um único alerta relativo a descida ou á curva.


Se puderem opinar eu agradecia. Os danos já cá estão. Não fosse a rápida intervenção dos bombeiros, não sei se as coisas não teriam sido piores ..

Enfim...
Aguardo
 

Carolina

Well-Known Member
#2
O parque na Damaia de cima?

Sinceramente não vejo como podes reclamar o que quer que seja. Tu é que deverias ter feito a descida com mais cuidado, tendo em conta o declive.
Quanto muito enviar uma carta/e-mail à câmara ou à freguesia a relatar a situação e alertar que o pilar devia ser alterado para outro sitio.
 

torui

Well-Known Member
#5
Não me parece que exista algum tipo de responsabilidade imputável a algum organismo. Mas não custa reclamar, como alguém me disse em tempos "Não é burro quem pede, é burro que defere". Rápidas melhoras
 

Bruso

Well-Known Member
#6
Com o advogado certo até o fabricante do Pilar podes processar.
Agora a questão será o tempo e dinheiro que será necessário para isso.
Minha recomendação é consultares um advogado. Tens seguro?

Agora já não vale a pena, mas qual foi a Idea de fazer uma descida dessas a grande velocidade sem conhecer. Agora imagina que em vez do pilar era uma pessoa que estava lá?

Cuida-te e boa recuperação (rápida e sem percalços espero eu).
 
#9
Ora boas.

Obrigado pelos comentários.

1 não levava capacete
2 não tenho seguro
3 se tivesse apanhado alguém não tinha chegado aquela velocidade. Como aliás nunca o fiz.
 
#10
Quando disseste descida a pique, lembrei-me logo de um parque nessa zona. Apesar de só ter feito a pior subida a subir e não a descer, aquele parque tem declives bastante razoáveis porque está implantado numa encosta da serra (com vista para o IC16).

O troço onde tiveste o problema é este? https://www.strava.com/segments/7200175

Nem mais. Esse mesmo troço e nessa parte.
Eu fiz a maior descida.... Quem desce do lado da serra da mira para a Brandoa
 

SantosDaCasa

Well-Known Member
#11
Nem mais. Esse mesmo troço e nessa parte.
Eu fiz a maior descida.... Quem desce do lado da serra da mira para a Brandoa
Já tive a minha dose de quedas (infelizmente, acho que ainda não acabaram)... :rolleyes:
Por vezes, temos de ser mais cautelosos e usar sempre capacete (até para ir ao pão). Se o embate tem sido numa zona mais sensível, podia ter sido muito pior para ti.

Rápidas melhoras e que voltes a pedalar em breve.
 
#12
Sim, podia ter sido pior.

Para já chegaram 3 placas de titânio entre testa, maxila e órbita ocular.
2 dedos partidos na mão também já em tratamento levaram também titânio.
Mais 2 dedos fraturados no pé.

E sim, agora se for de bicicleta para ir ao pão também levo capacete. E recomendo o mesmo
Espero é que as mazelas não se fiquem a notar.

Para já a cirurgiã plástica fez um excelente trabalho.

E aquela parte do circuito. Fica o alerta cuidado, podem não conseguir fazer a curva ligeira á direita na subida. E vão de encontro ao pilar do gradeamento como eu fiz...

Entretanto, quando melhorar vou deixar msg no chão com o alerta de perigo. Pode ser que assim mais ninguém se aleije..
 
#13
uando melhorar vou deixar msg no chão com o alerta de perigo. Pode ser que assim mais ninguém se aleij
Quem tem de avançar com sinalização complementar é a autarquia. O amigo, não deve fazer isso.
Mas pode e deve comunicar/ denunciar o perigo nos canais oficiais da autarquia, nas redes sociais do parque urbano/ autarquia, junta de freguesia.

As melhoras.
 

cutkiller

Well-Known Member
#14
Ainda bem que estás a melhorar, e isso é o mais importante.
Já em relação ao processo, duvido que consigas alguma coisa.

Acho que o mais importante aqui é alertar as entidades de forma a que criem mecanismos para que se evitem mais acidentes neste local...
250 metros com uma inclinação média de 12%, numa ciclovia está mesmo a pedir acidentes.... Se um pai se descuida e deixa ir uma criança por ali abaixo, a coisa vai correr mal!
 

Pires

Well-Known Member
#18
Possivelmente há responsabilidade civil por parte da autarquia na ausência de sinalização dos locais de perigo, há vários acórdãos a dar razão aos queixosos, não obstante ao que parece o ciclista também não se apresentava devidamente protegido e não tomou medidas preventivas de autoproteção.

Só lhe desejo as melhoras.
 

pratoni

Well-Known Member
#20
Possivelmente há responsabilidade civil por parte da autarquia na ausência de sinalização dos locais de perigo, há vários acórdãos a dar razão aos queixosos, não obstante ao que parece o ciclista também não se apresentava devidamente protegido e não tomou medidas preventivas de autoproteção.

Só lhe desejo as melhoras.
O capacete não é obrigatório portanto não me parece que possam rejeitar a responsabilidade civil por esse argumento