Voltas por Lisboa

Memento vivire

Active Member
Moro em Lisboa na Penha de França, região do Alto São João. Vou precisar testar as pernas pela zona saloia e ver como me sinto em relação aos km. Procuro trenos de aprox. 70km... Já fiz até 110km no máximo, mas com a maior parte em plano. A ideia é evoluir na altimetria, então acredito que vai ser ótimo testar minhas pernas por lá!
Ana, como aqui alguém já referiu ir até Loures será uma boa solução, 20 Km e a partir ir conhecendo e se quiser subir tem ali umas agradáveis surpresas.
Por Loures há uma estrada que vai direto a Vialonga, acho uma boa opção para fugir da N10.
 

dragomir

Active Member
Confesso que já não ia até Monsanto há algum tempo, mas fiquei bastante desiludido com aquilo que vi.

Na minha opinião conseguiram estragar completamente o troço inicial da estrada do Barçal com aquela pseudo ciclovia.

Numa estrada que era relativamente segura e onde quase não há trafico automóvel, os ciclistas tem agora direito a uma espécie de berma segregada para onde vai basicamente todo o lixo proveniente da estrada.

Enfim, sinto que há cada vez menos sítios em Lisboa onde se possa andar com alguma qualidade e sinto que acabou por se perder mais um.
 

Carolina

Well-Known Member
A única coisa boa foi terem feito a rotunda. Aquela ciclovia era escusada. A estrada para o outro lado é que continua por arranjar, cheia de buracos em todo o lado.
 

saikocandy

New Member
Sim. Monsanto está pior excepto as duas rotundas, a lá de cima na estrada do alvito e a de pina manique.
A ciclovia até é porreira em termos de sossego (há garantia que não há rasantes), mas a estrada está muito suja e tou desconfiado que se vai degradar rapidamente.
Depois fizeram aqueles afunilamentos na estrada do penedo junto ao novo parque/acessos ao antigo chimarrão, que acabam por meter mais gente em risco, há sempre um apressado que aproveita para tentar ultrapassar.
Em Monsanto se fizessem lombas grandes de X em X metros para carros todos andávamos melhor, não é preciso grandes artifícios e estradas pintadas de verde ou vermelho, basta impedir que Monsanto seja usado como atalho a alta velocidade sem regras, se os carros/camiões/autocarros e afins forem devagar o perigo reduz-se significativamente.
 

Aslume

Active Member
A única coisa boa foi terem feito a rotunda. Aquela ciclovia era escusada. A estrada para o outro lado é que continua por arranjar, cheia de buracos em todo o lado.

Nessa estrada passam alguns autocarros que contribuem para a degradação do piso. Se não for arranjada e tivermos um inverno rigoroso torna-se muito desconfortável a sua utilização.
 

Trizade

Well-Known Member
Confesso que já não ia até Monsanto há algum tempo, mas fiquei bastante desiludido com aquilo que vi.

Na minha opinião conseguiram estragar completamente o troço inicial da estrada do Barçal com aquela pseudo ciclovia.

Numa estrada que era relativamente segura e onde quase não há trafico automóvel, os ciclistas tem agora direito a uma espécie de berma segregada para onde vai basicamente todo o lixo proveniente da estrada.

Enfim, sinto que há cada vez menos sítios em Lisboa onde se possa andar com alguma qualidade e sinto que acabou por se perder mais um.

É por isso que quando eu subo a do Barcal faço sempre por fora da ciclovia... A ciclovia é só ramos e assim. É um perigo...

A única coisa boa foi terem feito a rotunda. Aquela ciclovia era escusada. A estrada para o outro lado é que continua por arranjar, cheia de buracos em todo o lado.

Essa estrada dá-me uma raiva... Buracos por todo o lado. Se arranjassem era um mimo... Mas lá está, passam lá muitos autocarros por isso duvido que gastem dinheiro a arranjar aquilo. Há uns tempos andaram lá ao pé da curva que sobe para os bombeiros e eu ainda tive esperança... Mas arranjaram só mesmo ao pé da curva... Enfim... É uma pena mesmo...
 

saikocandy

New Member
Estou desconfiado que essa estrada só será arranjada (a do bairro da boavista não é?) quando acabarem as obras das novas habitações. Eu com isto até tenho feito mais a ciclovia por baixo e depois subo junto ao parque de campismo.
 

dragomir

Active Member
É por isso que quando eu subo a do Barcal faço sempre por fora da ciclovia... A ciclovia é só ramos e assim. É um perigo...

Pode ser uma solução, mas vão ficar os carros chateadinhos porque "tens uma ciclovia ao lado"

De qualquer forma vai sempre impossibilitar descer por aquele lado (assumo que agora seja sentido único) que às vezes gostava para não fazer sempre o mesmo percurso
 

saikocandy

New Member
Pode ser uma solução, mas vão ficar os carros chateadinhos porque "tens uma ciclovia ao lado"

De qualquer forma vai sempre impossibilitar descer por aquele lado (assumo que agora seja sentido único) que às vezes gostava para não fazer sempre o mesmo percurso
Acabamos por descer um bocado como se faz na do panoramico (ciclovia de um lado, estrada do outro). Quanto a mim não há problema ser segregada, alias a do panorâmico ainda é "pior" porque mete muito mais bikes a subir e peões, mas faz-se (a subir sempre há companhia ;D). Mas sim, a sujidade é um absurdo. Eu sempre que vejo a Policia Municipal vou chateando que aquilo é perigoso "por causa dos cigarros". Pode ser que se lembrem de limpar um dia destes.
 

Carolina

Well-Known Member
Pode ser uma solução, mas vão ficar os carros chateadinhos porque "tens uma ciclovia ao lado"

De qualquer forma vai sempre impossibilitar descer por aquele lado (assumo que agora seja sentido único) que às vezes gostava para não fazer sempre o mesmo percurso
Podes descer pela ciclovia. É o que tenho feito.
 

Trizade

Well-Known Member
Pode ser uma solução, mas vão ficar os carros chateadinhos porque "tens uma ciclovia ao lado"

De qualquer forma vai sempre impossibilitar descer por aquele lado (assumo que agora seja sentido único) que às vezes gostava para não fazer sempre o mesmo percurso

Sempre que vejo ou oiço um carro a vir, meto-me para a ciclovia. Depois dele passar, volto a ir para a estrada. Simples. E quando faço ao contrário, ou seja a descer, faço o mesmo. Desço devagar pela estrada mesmo juntinho à divisória e se vir/ouvir um carro, meto-me na ciclovia. Mas raramente desço essa, normalmente é a subir...
 

saikocandy

New Member
Sempre que vejo ou oiço um carro a vir, meto-me para a ciclovia. Depois dele passar, volto a ir para a estrada. Simples. E quando faço ao contrário, ou seja a descer, faço o mesmo. Desço devagar pela estrada mesmo juntinho à divisória e se vir/ouvir um carro, meto-me na ciclovia. Mas raramente desço essa, normalmente é a subir...
eu as vezes faço lá series, não está espectacular, mas entre isso ou ir em contra-mão...
 

Trizade

Well-Known Member
eu as vezes faço lá series, não está espectacular, mas entre isso ou ir em contra-mão...

Eu as séries ou faço na subida para a prisão se forem séries curtas até 7 minutos:

https://www.strava.com/segments/3553621

Ou faço na subida que começa antes da estrada da Bela Vista até lá acima se forem séries maiores até 10 minutos:

https://www.strava.com/segments/32195040

Intervalos de 15/20 minutos, aí já tenho de fazer um "loop" maior... Desde o Cif até à subida da Bela Vista por exemplo.
 

SantosDaCasa

Well-Known Member
Eu as séries ou faço na subida para a prisão se forem séries curtas até 7 minutos:

https://www.strava.com/segments/3553621

Ou faço na subida que começa antes da estrada da Bela Vista até lá acima se forem séries maiores até 10 minutos:

https://www.strava.com/segments/32195040

Intervalos de 15/20 minutos, aí já tenho de fazer um "loop" maior... Desde o Cif até à subida da Bela Vista por exemplo.
Quando ia ao Monsanto com mais frequência, as minhas séries eram fazer todas as subidas do Monsanto na mesma volta. :D
 

sergiol

New Member
Fui outro dia até Zona Franca de Xira, ali então já é considerado Zona Saloia? Não achei a N10 das mais tranquilas, há mais para os lados de Mafra estradas menos movimentadas?

Há um segredo para ir desde Lisboa por estrada até Vila Franca de Xira evitando grande parte da N10:
- Implica carregar a bicicleta a peso numas escadas por cima do combóio na Bobadela. Concretamente em https://www.ciclovias.pt/?lat=38.79953&lng=-9.09492&z=15&m=d&l=47&f=PI301
- Depois entra-se numa estrada duma zona industrial, que está quase sempre vazia de carros.
- O caminho entre Forte da casa e Alverca gare tem um caminho de gravel muito porreiro. Até se consegue fazer com estradeira de pneu fininho.
- Depois em Alhandra é desagradável devido aos carros.
- Daí até Vila Franca há uma ciclovia pavimentada muito porreira, partilhada com os peões.

Aqui vai uma rota Komoot do que eu disse: https://www.komoot.com/plan/tour/d0...QKLBqMoYYqAAA=/@38.8783557,-9.0212955,11.428z
 

topoman

Active Member
Há um segredo para ir desde Lisboa por estrada até Vila Franca de Xira evitando grande parte da N10:
- Implica carregar a bicicleta a peso numas escadas por cima do combóio na Bobadela. Concretamente em https://www.ciclovias.pt/?lat=38.79953&lng=-9.09492&z=15&m=d&l=47&f=PI301
- Depois entra-se numa estrada duma zona industrial, que está quase sempre vazia de carros.
- O caminho entre Forte da casa e Alverca gare tem um caminho de gravel muito porreiro. Até se consegue fazer com estradeira de pneu fininho.
- Depois em Alhandra é desagradável devido aos carros.
- Daí até Vila Franca há uma ciclovia pavimentada muito porreira, partilhada com os peões.

Aqui vai uma rota Komoot do que eu disse: https://www.komoot.com/plan/tour/d0...QKLBqMoYYqAAA=/@38.8783557,-9.0212955,11.428z
A maioria desse percurso só dá para fazer em modo passeio, nunca a velocidades nornais de bicicleta de estrada...seja por gravel seja por coexistência com peões...e muitosssd
 

sergiol

New Member
Top