Trek Émonda SLR 10 - A bike mais leve do mercado

undernardo

Active Member
#1







Frame: Ultralight 700 Series OCLV Carbon, ride-tuned performance tube optimization, E2, BB90, internal cable routing, 3S chain keeper, DuoTrap S compatible, Ride Tuned seatmast, 690g
Fork: Émonda full carbon, E2 asymmetric steerer, carbon dropouts
Sizes: 50, 52, 54, 56, 58, 60, 62cm
Frame fit: H1

Front Hub: Tune MIG45
Rear Hub: Tune MAG150
Rims: Tune Skyline carbon tubular
Spokes: Sapim CX-Ray
Tires: Vittoria Crono CS Tubular, 700x22c

Shifters: SRAM RED 22, 11 speed
Front derailleur: SRAM RED 22, braze-on
Rear derailleur: SRAM RED 22
Crank: SRAM Red, 50/34 (compact)
Cassette: SRAM X-Glide 1190, 11-25, 11 speed
Chain: SRAM RED 22

Saddle: Tune Komm-Vor Plus, carbon rails, carbon body
Seatpost: Bontrager SLR Ride Tuned Carbon seatmast cap, 20mm offset
Handlebar: Bontrager XXX Integrated bar/stem, OCLV Carbon, VR-CF
Stem: Bontrager XXX integrated bar/stem, OCLV Carbon, 7 degree
Headset: Cane Creek AER upper, FSA Lightweight cartridge bearing lower, sealed, 1-1/8" top, 1.5" bottom
Brakeset: Bontrager Speed Stop
Pois é, a Trek acabou de lançar o modelo Émonda que contempla a bike mais leve do mercado: a SLR 10 pesa apenas 4.65kg no tamanho 56 cm. Esta preciosidade é coisa para custar cerca de 16000$USD ou talvez uns 16000€.

E vocês o que acham? Demasiado leve? Opiniões? :)
 
#3
eu cá perdia muito tempo a ler as exclusões da garantia...porque milagres não há.

Está com um look clean mas continua a não me encher o olho; prefiro as BMC mas por esse preço é um belo objecto para quem gosta de exclusividade (pelo preço). Nessa gama de preço mais valia mandar fazer um quadro à medida em titanio ou mesmo carbono.
 

undernardo

Active Member
#4
Isto é tipo carro de colecção. É para dar umas voltas ao fim de semana para cansar pouco ahah
Mas não deixa de ser uma grande conquista da engenharia e da tecnologia. É fantástico como é uma dúzia de anos as bicicletas evoluíram tanto... até chegar a estes pesos.

[video=youtube;RmG2wnuGVeY]https://www.youtube.com/watch?v=RmG2wnuGVeY[/video]​
 
#5
eu nao desgosto mas os meu 86kg passava o dia na loja a pedir cola super 3 para colar o quadro e 16mil e muita fruta para um cesto tao pequenino como o meu mas vai haver interessados tenho a certeza mas o mundo das bicicletas parece mais avançado neste momento que a propria industria automovel nao axam??
 
#6
eu nao desgosto mas os meu 86kg passava o dia na loja a pedir cola super 3 para colar o quadro e 16mil e muita fruta para um cesto tao pequenino como o meu mas vai haver interessados tenho a certeza mas o mundo das bicicletas parece mais avançado neste momento que a propria industria automovel nao axam??
Não acho mais evoluida... Mas algumas parcerias com Engenheiros de marcas de Formula 1 ajudaram imenso na maneira de trabalhar e usar o carbono :)
 

sudit

New Member
#7
Brutal.. 5kg.. ahaha ando eu aqui com uma em aço das antigas xD 16mil é muito dinheiro e é capaz de ser € suficiente pra ser um item exclusivo
 
#8
Mais do mesmo sinceramente...

O quadro parece o Madone de 2011...

Claro que com uma montagem de rodas, componentes e periféricos ultra-leves fica nesses pesos. Existe por aí um fórum com uma data de bicicletas abaixo dos 5kg.

Não passa de comunicação isto!
 

torui

Well-Known Member
#9
Ciclismo e automobilismo são duas das áreas onde mais se tem evoluído nos últimos anos. Componentes cada vez mais leves, mais aerodinâmicos e resistentes. Penso que as parcerias entre os dois mundos acabe por ser uma consequência natural, porque ambos se compreendem.
 
#10
Ciclismo e automobilismo são duas das áreas onde mais se tem evoluído nos últimos anos. Componentes cada vez mais leves, mais aerodinâmicos e resistentes. Penso que as parcerias entre os dois mundos acabe por ser uma consequência natural, porque ambos se compreendem.
Desculpa o off-topic, e compreendo o que dizes, concordo contigo, mas não resisto a colocar aqui esta notícia que, por coincidência, tinha acabado de ler mesmo antes de ver o teu post com as parcerias entre os dois mundos:

Notícias BTT/Cicilsmo:

CICLISTAS VÍTIMAS DE "BASTONADA" NA ZONA DE SINTRA

Ricardo Simões, no passado dia 29/6, ao circular num grupo de ciclistas, na zona de Sintra, foi vítima de agressão.

Quando o grupo foi ultrapassado por uma viatura (Aixam Microcar de cor verde) alguns elementos foram atingidos por um "bastão" que foi envergado pelo "pendura" do respectivo veículo, tendo alguns deles necessitado de cuidados médicos.

Foi apresentada queixa às autoridades e identificada a viatura pela sua matrícula.

Esta divulgação está a ser feita por uma questão de prevenção e segurança na prática da nossa actividade.
 

grouk

Active Member
#11
o quadro pesa 690g nada de novo, com os 16k e material Lightweight e ax-lightness consegue se estes valores ou ate menos, por isso acho que não há aqui nada novo, no weight weenies ha muita gente com bolsos fundos com bikes mais leves
 

undernardo

Active Member
#12
Mais do mesmo sinceramente...

O quadro parece o Madone de 2011...

Claro que com uma montagem de rodas, componentes e periféricos ultra-leves fica nesses pesos. Existe por aí um fórum com uma data de bicicletas abaixo dos 5kg.

Não passa de comunicação isto!
A diferença entre essas bikes e esta Trek é que nenhuma das outras é uma bicicleta de produção. São bicicletas que foram sendo alteradas aqui e ali.. componentes modificados, etc, etc.. Se eu quiser comprar uma dessas bicicletas não posso. São exclusivas. Se eu quiser comprar uma Émonda, peço um empréstimo ao banco e compro-a.

Claro que também se trata de uma jogada de marketing. A Trek pode afirmar que tem a bicicleta de produção mais leve do mercado e o que não faltam aí são entusiastas do peso (com dinheiro principalmente) que não se importavam de bater a nota pela bike.
 

duchene

Well-Known Member
#14
Os desviadores Red da malta do fórum WW que levaram com o dremel continuam a ter 2 anos de garantia?

O undernando resumiu a questão muito bem. Em termos absolutos, o claim da marca é válido....

Mas eu acrescento: Esta é uma bicicleta que valoriza com o passar dos anos, um pouco como a edição limitada da Canyon de 10.000€ ou os 25.000€ que custava BMC comemorativa dos 50 anos da Lamborghini. Quem a compra dificilmente subirá os Alpes com ela. Mas um dia vai estar à venda. E com o rotulo de ser uma edição oficial, limitada e única. Palavras mágicas no mundo das negociatas...
 
#18
é um bom ângulo para ver o assunto. o ferrari 250 gto do qual só há 40 unidades ou lá o que é tem um preço de mercado acima dos 50 milhões de dolares e continua a haver muito mais procura do que oferta. deixem passar 40 anos (como no ferrari) e depois logo se vê
 

grouk

Active Member
#20
estive agora a ver o vídeo da GCN

https://www.youtube.com/watch?v=CpFM6ehb1Eg

a bike tem uma coisa que a montes de tempo falo, a fixação dos travões em 2 pontos, faz todo o sentido que assim seja e e nao da forma a que estamos habituados. aumenta a rigidez e a afinação dos travões passa a ser muito mais eficiente sem termos que andar ali a rodar com os travoes, fora isso nao vejo ali nada de novo que realmente seja inovador