Análise Selim "Chaunts C14"

undernardo

Active Member
#1
Hoje tiro um tempito para falar da peça mais pessoal de uma bicicleta: selim. Existem os que experimentam vários selins e se dão bem com quase todos; outros que experimentam quase todos e não se dão bem com quase nenhum. Infelizmente não há uma boutique onde possamos experimentar dez tipos de selins e escolher o que melhor se adapta ao nosso rabo.

Quis o meu corpo que fosse uma pessoa alta com pernas relativamente compridas. Isso implica que o meu selim esteja, também, relativamente alto e que tenha de fazer uso da minha (ainda pouca) flexibilidade quando quero andar em posições mais agressivas resultando em bastantes dormências em voltas de apenas duas horas. Comecei então a minha procura por um selim que se adequasse à minha fisionomia e que me evitasse chegar a casa dormente e por vezes desmotivado.

A minha bicicleta trazia um Selle Italia X1 que durante o primeiro ano serviu para o que fazia. Interrompi as voltas durante quase um ano e quando voltei o selim não parecia correcto. Alterei o ângulo de inclinação do selim na esperança que notasse alguma melhoria. Nada.

Experimentei Fizik (Antares e Arione - demasiado largos à frente e provocavam dormências), Selle Italia (SLR Superflow e Max SLR Gel Flow - poucas dormências em posições mais direitas mas quando pedalava mais na ponta do selim voltavam as ditas cujas) e, finalmente, Selle SMP. Um velhinho SMP TRK com mais de uma década (e tal). Uma experiência completamente diferente! Bastante confortável mas demasiado almofadado. Parecia que a tomatada ficava ali demasiado compactada! Sabia agora qual o design/tipo de selim que queria e que se adequava à minha postura. Só restava encontra-lo e enquadra-lo financeiramente nas minhas possibilidades.

Sabia, também, que haviam replicas da SMP em carbono. Se há em carbono também tem que haver com gel, pensei. Eis que encontro o selim que vos apresento hoje. Encontrei apenas um vendedor no AliExpress a vende-lo e não hesitei a compra-lo.

Já tenho algumas horas em cima dele e posso afirmar que é não demasiado largo como os Fizik (no caso de quem tem coxas mais largas) mas tão pouco é um sofá tipo SMP. Requer um pouco de habituação como qualquer outro selim. Ainda assim foi o único selim que experimentei que me "eliminou" por completo as dormências em qualquer que seja a posição que ande. Algumas considerações:

  • Não é demasiado almofadado mas também não é nenhuma tábua como o X1 da Selle Italia. Sei que este ponto é subjectivo. Para mim é o ideal! Nem muito ao mar nem muito à terra. Não posso atestar a qualidade do selim em voltas longas pois não me alongo em mais de quatro horas nas minhas.
  • Um dos motivos que me levou a compra-lo foi o seu design. Uma abertura larga e que se prolonga até à ponta era essencial para que me permitisse pedalar ligeiramente à frente sem desconforto. O apoio para os ísquios é adequado e não me provoca qualquer desconforto.
  • Pedalar mais na ponta do selim, e nos drops, deixou de ser penoso. Por outro lado, para quem pedala apoiado mais atrás vai achar a experiência bastante agradável.

  • O material com que é forrado parece frágil e facilmente rasgável. Requer algum cuidado mas para ser sincero não me preocupo pois uma ida a um estofador resolve o problema.
  • Para os maníacos por pesos é um selim a não considerar pois pesa uns respeitosos 346 gramas. Ainda assim prefiro mais 100 gramas na bicicleta e ter aquele conforto extra que procurava.

  • Numa perspectiva do comprador posso afirmar que a vendedora, neste caso, é bastante prestável e a encomenda veio devidamente acondicionada. O envio é grátis (China Air Post Registered), naturalmente, e demorará em principio menos de um mês até ser entregue. No meu caso não parou na alfândega para controlo pelo que só paguei mesmo o valor do selim.

Em jeito de conclusão, não é nenhum Selle Italia, Fizik, San Marco, Specialized ou até mesmo um Selle SMP mas tendo em conta o que custa e tendo em conta o tipo de selim que é, eu diria que é uma excelente opção em termos de qualidade/preço. Deixo-vos o link para o produto e algumas fotos, assim como as medidas do selim.

 

pratoni

Well-Known Member
#3
Interessante!

Vai continuando a dar feedback.

Andava a pensar comprar um SMP Hell mas, pelo preço que está esse, ainda arrisco primeiro nele se o feedback for satisfatório...
 

MigC77

Well-Known Member
#4
Eu ja andei uns dias com Selins desta marca

e só podizer que são excelentes

http://fabric.cc/shop/saddles/scoop/
Eu experimentei precisamente o modelo Scoop, inicialmente numa Synapse de Carbono que me emprestaram numa loja… Gostei e mais tarde, comprei um Scoop Shallow Race que montei numa montagem de cicloX “à la carte”. Passados uns meses em que pude experimentar em voltas mais longas e em diferentes tipos de pisos, confirmo que as sensações são boas.

Esta opinião vale o que vale dado que estamos a falar de um componente que é bastante “pessoal”… Mas fica a referência a uma marca que julgo ser pouco conhecida/divulgada por aqui.
 

undernardo

Active Member
#5
Mr. Franco, o primeiro paragrafo é dedicado a si eheh

Embora tivesse tido oportunidade de experimentar os Fabric, rapidamente percebi que iria ser mais do mesmo. Não que eles sejam mais do mesmo, se é que me entendes. Simplesmente a morfologia dos selins que comercializam não ia de encontro ao que procurava.

Concordo com a conclusão do MigC77 e foi precisamente assim que iniciei a minha história. Analisar um selim é muito subjectivo mas o problema adjacente até é relativamente comum, daí o enquadramento que fiz. Para quem "padece" de dormências, esta é uma excelente opção tendo em conta o (baixo) investimento que se tem e o retorno que se obtém. Agora sei qual é, de facto, o tipo de selim que melhor me assenta e talvez num futuro próximo (final do ano/inicio do próximo) invista num SMP Dynamic ou Forma dadas as semelhanças com este Chaunts C14.
 

pratoni

Well-Known Member
#6
Pelo que percebo esse é muito mais estreito que o TRK.

Que tal te sentes com essa diferença?

Tenho um TRK na minha btt e sinto que é demasiado volumoso e almofadado entre pernas mas, tal como tu, adoro o formato do SMP.

Daí andar a ver outros modelos dentro da gama da SMP e, quer pelo formato, quer pelo preço, estava inclinado para o SMP Hell.

Mas, pelo que percebo pela tua foto das dimensões continua a ser mais largo que esse que tu tens...

Mas como disseste, no caso desse selim, o investimento não é muito e caso não me dê com ele, o estrago também não é muito...
 

GMQ

Well-Known Member
#7
Parece uma boa alternativa para quem padece do problema, sendo certo que os selins são algo de muito subjectivo. Isto é uma prova de que por vezes arranjam-se coisas boas lá para o lado do oriente ;)
 

undernardo

Active Member
#8
pratoni, eu até prefiro selins mais estreitos à frente portanto quando experimentei este fiquei bastante satisfeito. O TRK está mais direccionado para uma vertente de lazer logo, pese embora tenha gostado do design do selim, não senti que fosse adequado a voltas de estrada nem tão pouco ao meu estilo de pedalar. Não fiz um uso muito intensivo do TRK para que possa estabelecer uma comparação. Foi mais um test-drive.

Eu diria que o C14 se assemelha mais ao Glider e ao Stratos, que são selins com padding standard. O Hell que falas, a SMP considera-o como um selim entrada de gama para MTB e Estrada adequado a iniciantes daí que o preço seja quase metade dos outros dois que mencionei. Em contra partida, deverá ser mais volumoso e ligeiramente mais largo. O facto da marca não incluir o Hell na categoria "Professional" mas sim na categoria "Tourism" indicia logo isso.

Quanto a este selim não digo que seja o melhor selim do mundo mas é o melhor selim que já experimentei :p Para quem não quer gastar muito mas ainda assim quer ter um bom compromisso entre as pernas, diria que é um investimento seguro. Naturalmente que o seu equivalente SMP deverá proporcionar uma experiência muitíssimo superior não custassem eles mais de 150 paus.
 

pratoni

Well-Known Member
#9
Sim, a tua experiência poderá sempre ser algo diferente da que eu teria, porque estou a pensar nele para a bike de btt.

Na de estrada, tenho o brooks e não me parece que tão cedo ele saia de lá...
 

GMQ

Well-Known Member
#10
undernado na caixa que consta nas fotos indica tamanho L do selim. Como é que chegaste a essa conclusão? Foi meramente intuitivo?
 
#11
Não faço ideia mas é uma boa pergunta. Por exemplo no site há uma imagem que mostra o selim com as medidas 290x170 e quando o medi tinha 280x135. Se calhar até há algum tamanho acima deste que tenho. É uma questão de perguntar à vendedora.