Strava

É uma questão de segurança e privacidade dos utilizadores. O facto de pagares não faz com que te possam permitir ver o que é dos outros sem eles deixarem...
Esteve no ar durante tantos anos, alteraram a forma de subscrição passado um pouco tempo "matam" essa funcionalidade ao de um momento para o outro colocarem a privacidade para todos sem avisar nenhum dos seus utilizadores antes de o fazerem. Pode ser que sim que tenha sido apenas essa a sua motivação, mas vamos ver o que acontece daqui a uns tempos
 
Esteve no ar durante tantos anos, alteraram a forma de subscrição passado um pouco tempo "matam" essa funcionalidade ao de um momento para o outro colocarem a privacidade para todos sem avisar nenhum dos seus utilizadores antes de o fazerem. Pode ser que sim que tenha sido apenas essa a sua motivação, mas vamos ver o que acontece daqui a uns tempos
Que um péssimo timing isso não há dúvidas...
 
Malta, é algo que já deviam ter feito, para evitarem possíveis problemas sérios. A partilha da localização no fly-by é uma violação do RGPD (segundo o regulamento coordenadas de GPS que indicam a nossa posição são um dado pessoal), já que não houve consentimento prévio. Neste caso o consentimento é dado quando fazemos o opt-in.

É uma treta mas é assim a norma.
 

gfrmartins

Well-Known Member
Malta, é algo que já deviam ter feito, para evitarem possíveis problemas sérios. A partilha da localização no fly-by é uma violação do RGPD (segundo o regulamento coordenadas de GPS que indicam a nossa posição são um dado pessoal), já que não houve consentimento prévio. Neste caso o consentimento é dado quando fazemos o opt-in.

É uma treta mas é assim a norma.
Mais que a questão da privacidade ou não foi a forma como o fizeram, sem dizer nada a nenhum dos seus utilizadores de um momento para o outro "mataram" a funcionalidade.

Porque é que não avisaram o que iam fazer e quando fizesses log in aparecia um pop-up a perguntar se querias alterar? Não fazer uma chamada de atenção para dares autorização se quiseres a continuar a utilizar?

Assim de um momento para o outro colocar automaticamente disable para todos sem dizer nada não me parece o procedimento mais correcto
 

gfrmartins

Well-Known Member
A vocês não sei mas a mim apareceu-me uma publicação no topo da timeline do Strava a dizer o que tinham feito e onde tinha que aceder para alterar...
A mim nunca apareceu nada até agora (entretanto autorizei) , e de certeza que não apareceu logo após terem feito disable, só reparei que deixei de ver flybys e depois vi as pessoas a falar disso.
 

gfrmartins

Well-Known Member
Malta, é algo que já deviam ter feito, para evitarem possíveis problemas sérios. A partilha da localização no fly-by é uma violação do RGPD (segundo o regulamento coordenadas de GPS que indicam a nossa posição são um dado pessoal), já que não houve consentimento prévio. Neste caso o consentimento é dado quando fazemos o opt-in.

É uma treta mas é assim a norma.
Apenas uma nota, quando a volta era privada não aparecia nos flyby de ninguem, quando publicavas as tuas voltas e colocavas como publicas aí sim estavas a "dar" autorização para qualquer pessoa ver a tua volta e aparecer no flyby.

Claro que não era uma autorização explicita para o flyby mas ao tornares a tua volta publica estavas a dar autorização para que fosse vista por todos
 
Apenas uma nota, quando a volta era privada não aparecia nos flyby de ninguem, quando publicavas as tuas voltas e colocavas como publicas aí sim estavas a "dar" autorização para qualquer pessoa ver a tua volta e aparecer no flyby.

Claro que não era uma autorização explicita para o flyby mas ao tornares a tua volta publica estavas a dar autorização para que fosse vista por todos
O Strava avisou sim. No feed apareceu um comunicado a informar disso e com um link direto para o setting da funcionalidade para reativarmos se quisermos.

Podemos contestar o timming, mas trata-se de uma questão legal, e pelos vistos só se aperceberam devido à queixa de um utilizador no Twitter. Ao tomarem conhecimento tinham de resolver de imediato.

Aqui a questão do consentimento é complicada, porque não pode ser tácido. Como dizes não é uma autorização explicita, e desse modo não pode ser considerado consentimento. E são duas coisas distintas, uma é a publicação da atividade como pública, isso é uma atividade que nós fazemos, logo não se coloca sequer a questão do consentimento, já que somos nós a divulgar os nossos dados pessoais. Outra coisa, é o Strava utilizar os nossos dados pessoais (localização GPS) para publicarem eles a nossa posição relativamente a outros. Neste caso, não é uma divulgação feita por nós, mas um "tratamento de dados" (para utilizar o termo correto do RGPD) feito pelo Strava, para o qual necessita do nosso consentimento prévio (neste caso feito pelo opt-in).

Eu sei que é lixado, e também não gostei nada que a funcionalidade perde-se utilidade de um dia para o outro, mas aqui entendo a posição do Strava, que de certeza não o pretendiam também, mas é uma questão legal e foram obrigados a isso.

P.S. - Infelizmente por razões profissionais tenho de conhecer muito mais do RGPD do que queria... :)
 
Apenas uma nota, quando a volta era privada não aparecia nos flyby de ninguem, quando publicavas as tuas voltas e colocavas como publicas aí sim estavas a "dar" autorização para qualquer pessoa ver a tua volta e aparecer no flyby.

Claro que não era uma autorização explicita para o flyby mas ao tornares a tua volta publica estavas a dar autorização para que fosse vista por todos
Existe ainda um outro caso que é: ter o FlyBy ativo e a privacidade da volta apenas para seguidores.
É possível ver o mapa dessa volta no FlyBy mas não é possível ver a atividade em si se não formos seguidores.

Acaba por ser um "nim" em privacidade: por um lado os dados da volta só podem ser visualizados por seguidores, por outro lado quem tem o FlyBy ativo e se cruzou com a pessoa consegue ver o mapa e por onde a pessoa andou e a que horas.
 
O Strava avisou sim. No feed apareceu um comunicado a informar disso e com um link direto para o setting da funcionalidade para reativarmos se quisermos.
Avisou apenas quem abriu o website num brower. Há muita gente que apenas usa a App (usa o website esporadicamente) e esse não tiveram o aviso.
É certo que o FlyBy apenas funciona no acesso por browser, mas acho que poderiam ter colocado um aviso também na App ou então enviar um email para todos.
 

gfrmartins

Well-Known Member
O Strava avisou sim. No feed apareceu um comunicado a informar disso e com um link direto para o setting da funcionalidade para reativarmos se quisermos.

Podemos contestar o timming, mas trata-se de uma questão legal, e pelos vistos só se aperceberam devido à queixa de um utilizador no Twitter. Ao tomarem conhecimento tinham de resolver de imediato.

Aqui a questão do consentimento é complicada, porque não pode ser tácido. Como dizes não é uma autorização explicita, e desse modo não pode ser considerado consentimento. E são duas coisas distintas, uma é a publicação da atividade como pública, isso é uma atividade que nós fazemos, logo não se coloca sequer a questão do consentimento, já que somos nós a divulgar os nossos dados pessoais. Outra coisa, é o Strava utilizar os nossos dados pessoais (localização GPS) para publicarem eles a nossa posição relativamente a outros. Neste caso, não é uma divulgação feita por nós, mas um "tratamento de dados" (para utilizar o termo correto do RGPD) feito pelo Strava, para o qual necessita do nosso consentimento prévio (neste caso feito pelo opt-in).

Eu sei que é lixado, e também não gostei nada que a funcionalidade perde-se utilidade de um dia para o outro, mas aqui entendo a posição do Strava, que de certeza não o pretendiam também, mas é uma questão legal e foram obrigados a isso.

P.S. - Infelizmente por razões profissionais tenho de conhecer muito mais do RGPD do que queria... :)
[/QUOTE]

Se avisou não foi a todos pelo menos eu não recebi, e ao que parece só avisram muito depois (uns quantos dias) porque basta ver os posts do DC, GPLama, etc e não havia aviso nenhum e eu tenho a certeza que me foi alterado sem receber aviso nenhum, nem antes nem depois. Se aparece agora boa, parece que as criticas serviram para alguma coisa.

A queixa do Twitter nem era por causa do Flyby era por causa do group activities.

Mais uma vez em nem estou contra o ter que ser necessário dar autorização, o haver mais possibilidades de segurança é sempre bom.

A minha unica crítica é como o Strava mais uma vez resolveu tratar das coisas e os procedimentos que tomou (ou não)
 

pratoni

Well-Known Member
Se avisou não foi a todos pelo menos eu não recebi, e ao que parece só avisram muito depois (uns quantos dias) porque basta ver os posts do DC, GPLama, etc e não havia aviso nenhum e eu tenho a certeza que me foi alterado sem receber aviso nenhum, nem antes nem depois. Se aparece agora boa, parece que as criticas serviram para alguma coisa.

A queixa do Twitter nem era por causa do Flyby era por causa do group activities.

Mais uma vez em nem estou contra o ter que ser necessário dar autorização, o haver mais possibilidades de segurança é sempre bom.

A minha unica crítica é como o Strava mais uma vez resolveu tratar das coisas e os procedimentos que tomou (ou não)
Tal como disseram atrás, o aviso apareceu apenas a quem acedeu através do browser e não da app mobile.

Se as atividades privadas já antes não apareciam no flyby. não percebo qual a celeuma.

Pensei que, por alguma razão, se tivesse a atividade privada mas o flyby publico, as pessoas conseguiam ver a atividade no flyby.

Mas pelo vistos não é assim. Assim sendo acho estupido qualquer celeuma acerca da privacidade do flyby se a privacidade da atividade se sobrepõe....