Samuel Caldeira conquista Volta a Albufeira

#1
A terceira edição da Volta a Albufeira/Troféu José Martins chegou hoje ao fim com domínio totalmente português. Vitória final para Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), vitória de etapa para Filipe Cardoso (LIberty Seguros), que se juntou assim a Bruno Pires (Barbot-Siper) e a Bruno Lima (Madeinox-Boavista), vencedores das outras duas tiradas da competição. O desfecho da corrida estava preso por segundos, pelo que as bonificações - metas volantes e final de etapa - eram decisivos para encontrar o vencedor.

Diferentes interesses dentro da corrida concorreram para que toda a etapa fosse extremamente táctica. Celestino Pinho (Fercase-Paredes Rota dos Móveis) tratou de sedimentar a liderança da montanha, vencendo a contagem de terceira categoria na Picota. Depois da subida, outros protagonistas assumiram-se. Foi a vez dos homens de trabalho da Palmeiras Resort-Prio-Tavira controlarem o pelotão com pulso de ferro, impondo uma passagem compacta na meta volante de Paderne. O objectivo dos algarvios era bem claro: levar Samuel Caldeira às bonificações que lhe poderiam valer a camisola amarela. Caldeira ganhou a meta volante de Paderne.

Depois da meta intermédia, os tavirenses levantaram o pé e quem aproveitou foi um trio que se lançou para a fuga do dia: Bruno Castanheira (Barbot-Siper), Bruno Saraiva (CC Loulé-Louletano-Aquashow) e Nelson Rocha (Madeinox-Boavista). A escapada teve, contudo, vida curta, sendo eliminada antes da última meta volante da prova, instalada em Ferreiras. Aí foi a vez de o segundo da geral, Bruno Pires (Barbot-Siper) puxar dos galões de candidato e passar na frente, surpreendendo os homens mais rápidos. Samuel Caldeira foi segundo e o líder, Pedro Soeiro (CC Loulé-Louletano-Aquashow) o terceiro. Contas feitas, o pelotão rolava para a meta com tudo para decidir, mas com o ciclista da equipa de Loulé era ainda líder virtual.

Num rápido sprint, Filipe Cardoso foi o mais rápido, mas Samuel Caldeira, segundo a cortar o risco, garantia o triunfo na Volta a Albufeira. O corredor algarvio sagrou-se ainda vencedor das classificações por pontos e das metas volantes. Celestino Pinho foi o melhor trepador e a Madeinox-Boavista a ganhou por equipas.

"Mais do que vencer a etapa, o objectivo era ganhar o prémio. Já cheguei aqui desgastado por ter de lutar pelas bonificações ao longo da etapa. O resultado final é uma vitória mais da equipa do que minha, os meus companheiros fizeram um trabalho excelente",
Samuel Caldeira

Classificações

Etapa: Olhos de Água - Albufeira, 108,2 km
1º Filipe Cardoso (Liberty Seguros), 2h33m01s (Média: 42,431 km/h)
2º Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
3º Bruno Sancho (Mortágua/DR Seguros), mt
4º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), mt
5º Nelson Rocha (Madeinox-Boavista), mt
6º César Fonte (SM Feira/E. Leclerc/Moreira Congelados), mt
7º Pedro Soeiro (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
8º Nuno Marta (CC Loulé-Louletano-Aquashow), mt
9º Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), mt
10º Bruno Lima (Madeinox-Boavista), mt

Geral individual

1º Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 6h03m58s
2º Pedro Soeiro (CC Loulé-Louletano-Aquashow), a 4s
3º Bruno Pires (Barbot-Siper), a 5s
4º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), a 11s
5º Hugo Sabido (Fercase-Paredes Rota dos Móveis), a 16s
6º Aketza Peña (Cartaxo-Capital do Vinho/CCJM Nicolau), a 18s
7º Nélson Rocha (Madeinox-Boavista), a 23s
8º Rui Vinhas (Aluvia/Valongo), a 30s
9º Alcides Almeida (SM Feira/E. Leclerc/Moreira Congelados), a 31s
10º Guilherme Lourenço (Mortágua/DR seguros), a 38s

Geral equipas

1ª Madeinox-Boavista, 18h14m50s

Geral pontos

1º Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 59 pontos
1º Pedro Soeiro (CC Loulé-Louletano-Aquashow), 44
3º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), 34

Geral montanha

1º Celestino Pinho (Fercase-Paredes Rota dos Móveis), 11 pontos
2º Nelson Rocha (Madeinox-Boavista), 5
3º Miguel Candil (Fercase-Paredes Rota dos Móveis), 5

Geral metas volantes

1º Samuel Caldeira (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 9 pontos
2º Pedro Soeiro (CC Loulé-Louletano-Aquashow), 8
3º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), 5


Fonte: FPC