Quantos ordenados custou a vossa bicicleta?

#21
Boa malha. A minha custou-me 3 salários de investimento inicial, depois disso nem sei calcular... Mas as horas de diversão em cima dela não têm preço. Eu costumo ver as coisas por outro prisma: se eu fuma-se um maço de tabaco por dia gastava em média 4 €, 120 € por mês e 1440 € por ano e só estava a perder pulmão. Com esse dinheiro compra-se uma boa bike e ganha-se pulmão! Há e a bike não dura só um ano, pode durar vários...
(......) _"Mas as horas de diversão em cima dela não têm preço", verdade verdadeira. :)

Essa do tabaco também se aplica à minha pessoa. :cool:
 
#23
Sou um pobretanas, sugado pela vampiragem das finanças...nada que me impeça de libertar a mente e gozar umas voltinhas no nosso quintal.
...e o pessoal desempregado...o que vive de rendimentos, tambem direito a pedalar, a diversão emcima de uma menina mais ou menos rasca ou de topo de gama.
Acho irrelevante esta questão dos ordenados.
Todos temos os nossos vicios.
 
#24
Eu dei esse exemplo mas posso orgulhar-me de nunca ter fumado um único cigarro na vida. Mas tenho muitos amigos fumadores e que me questionam ou criticam quando gasto uns aérios numa bike. Do tipo: estás doido? Tanto dinheiro numa bicicleta? Com esse dinheiro fazia isto e aquilo e aquilo outro.... Aí eu pergunto quanto gastam em tabaco por mês / ano? Resposta: Mas isso é diferente, vai-se gastando aos poucos não custa tanto... e dá prazer, a bike só dá valentes empenos... Até que lhes respondo "que Deus lhes perdoe que não sabem do que falam!".
E atenção que quem fuma um maço por dia também gosta de tomar 2 ou 3 cafés por dia, beber umas minis quando sai do trabalho, um digestivo depois das refeições... é sempre a somar...
Mas claro que cada um faz o que quer com a sua vida e com o seu dinheiro. Eu desde que tenho prestações de casa para pagar e um puto para criar também pondero mais os gastos com as bikes e o material até dura mais... Tenho 3 BTT's todas de roda 26' quando a moda são as 29'... Em outros tempos já tinha trocado, assim vou-me aguentando. As 26 também me levam a desfrutar da natureza e dar umas sovas no corpinho. Como não faço competição chega, não posso andar atrás das modas.
 
#25
O tópico nem se destina a saber quanto cada um ganha, e no entanto vejo muita vergonha em divulgarem esse valor ou algo que permita concluir acerca do mesmo.

Não existe vergonha nenhuma em ganhar o ordenado mínimo, ou em ganhar vários ordenados mínimos.

Vergonha sim é certas empresas pagarem ordenados mínimos e depois os gestores ganharem fortunas e terem carros de luxo como sendo de serviço.

Lembrei-me da engenheira Erica Baker da Google que divulgou um documento com os ordenados deles, onde por opção individual, cada um podia colocar o que ganhava e foi prejudicada por isso.

http://www.businessinsider.com/erica-baker-pay-inequality-at-google-2015-7

Com esta acção vários empregados da Google descobriram que ganhavam menos que outros a desempenharem as mesmas funções, reivindicaram e foram aumentados.


Eu não tenho bicicleta de estrada, apenas de BTT e nunca faço mais de 3000 km por ano nesta. Já coloquei várias vezes a hipótese de comprar uma, mas como faço poucos km de estrada a de BTT vai desenrascando e acabo por preferir gastar o valor numas travessias. Já estou a planear a próxima, a rota vicentina a fazer no fim do verão.

Respondendo à questão do tópico, em modo travessia, incluindo bicicleta, GPS e equipamento devo andar perto dos 5 ordenados.

O ano passado fiz a travessia de Portugal em autonomia e fiquei a dormir em Rio de Onor. Éramos 6 e só lá estávamos nós, então decidimos guardar as mesmas na entrada, havia espaço suficiente para elas.

Nisto por volta da hora do jantar, vem a proprietária ver se estava tudo bem, e disse que as bicicletas tinham de ficar na rua que outros grupos que lá tinham estado deixavam e nunca houve problema.

Eu disse : “Se eles deixaram problema deles, eu não quero correr riscos, e prefiro deixar a bicicleta no quarto e vir eu dormir para a rua”

A mulher não gostou e devia achar que eu era maluco, mas o certo é que a bicicleta não dormiu na rua, depois de alguma discussão, ficou dentro de casa mas na varanda.

E qualquer dia dou cabo de mais uns ordenados a comprar uma de estrada... Vou pedir ao pai natal ajuda...
 
#26
"Mas tenho muitos amigos fumadores e que me questionam ou criticam quando gasto uns aérios numa bike. Do tipo: estás doido? Tanto dinheiro numa bicicleta? Com esse dinheiro fazia isto e aquilo e aquilo outro.... Aí eu pergunto quanto gastam em tabaco por mês / ano? Resposta: Mas isso é diferente, vai-se gastando aos poucos não custa tanto... e dá prazer, a bike só dá valentes empenos... "
...a fatura deles pode demorar a vir...mas mais tarde ou mais cedo aparece
 

GMQ

Well-Known Member
#27
A minha tem o valor de um salário mínimo. Miminhos um pneu, 2 porta bidons e algumas cameras de ar. Estou totalmente satisfeito com a bina. Neste momento não me vejo a investir noutra. Todavia, não é por estar de dieta que não olhe à ementa.
 

PachecoTD5

Well-Known Member
#28
A minha 4.300€ total de investimento.

Á minha mãe digo que podia gastar o dinheiro na droga.
Á minha mulher digo que podia gastar o dinheiro nas putas.
 

JPLopes_73

Well-Known Member
#30
Bom dia
antes que isto descambe ... e sejam todos banidos ... a minha merida ride 80 ... em Jan 2012 (2011) saiu do stand das regalheiras por 600 + 25 para os pedais ... às vezes pergunto-me ... podias andar mais ??? Podia ... mas tinha que gastar dinheiro ... e as despesas com alcool, drogas, and lap dances tinham que diminuir 90% :p

Haja pernas ;)
 
#32
O grande problema de um tópico destes é que dá margem a "bocas", más interpretações e ao aparecimento dos arrogantes.

Por isso continuo a defender que este tópico não tem qualquer interesse.

Nós devemos estar contentes com aquilo que podemos ter. Aqueles que compram algo que não podem, não temos nada a ver com isso. Aqueles que podiam comprar melhor e não o fazem? Não temos nada a ver com isso...

Acho que é uma questão tão deselegante como perguntar a uma senhora a sua idade...
 

Morg

Well-Known Member
#33
Nós devemos estar contentes com aquilo que podemos ter.
Acho que a questão passa por essa ideia.

Há quem se sinta realizado com uma bike de 1000€ e há quem precise de ter uma de 5.000 para se sentir feliz.
Há uns dias numa volta tinha a bike mais barata do grupo. Ao meu lado iam duas R5, uma delas com Lightweight, dogma, look 695, tudo com SuperRecord mais umas meninas um pouco mais baratas. A minha custou 900€ mais 500 para as rodas. Podem ver a diferença.

Não me achei inferior porque não vi que os seus proprietários tenham tido mais prazer do que eu no passeio.
É claro que gostava de ter uma destas máquinas mas isso não é o mais importante, o mais importante é continuar a sentir prazer na estrada.