Power Meter

Wawando

Well-Known Member
Espreita a powermeter24.de eu ja andei com muitos pms e se fosse a ti comprava assioma single side. Mede o mesmo e como vais constatar so vais ver a discrepancia esq/dir nas prineiras voltas e depois ignoras. N serve para nada.
Depois conta o que compraste e a utilizacao real.
Nota: n compres nada que seja 1a geracao. Fiabilidade dos dados é o mais importante nos pm.
 
Boa tarde.

Também ando a pensar adquirir um powermeter mas apenas para a cranck esquerda, sendo que ando de olho na versão 4iiii 105 mas tenho uma dúvida, na cranck esquerda tenho actualmente o sensor de cadência, sendo que se comprar a nova cranck com o powermeter incorporado fico com espaço para o sensor de cadência ou este já não é preciso visto que o powermeter também apura e comunica a cadência?

Obrigado.
boas, tenho o 4iiii 105 a funcionar com garmin 820 , o medidor de potencia dá a cadencia não precisas do sensor.
até ver não tive problema algum já o devo ter há 15 meses.
 
Espreita a powermeter24.de eu ja andei com muitos pms e se fosse a ti comprava assioma single side. Mede o mesmo e como vais constatar so vais ver a discrepancia esq/dir nas prineiras voltas e depois ignoras. N serve para nada.
Depois conta o que compraste e a utilizacao real.
Nota: n compres nada que seja 1a geracao. Fiabilidade dos dados é o mais importante nos pm.
Obrigado pela dica, já estive a ler sobre eles e parecem uma opção muito boa a considerar !!!
Depois dou notícias, abraço !
 

sidorio

Well-Known Member
https://www.cyclingweekly.com/news/...ed-power-meter-ban-399674#214bDe4FRFlCppcX.99

A proposito da possibilidade de retirada dos PM das granses competições algumas opiniões
Também tinha lido isto. Não sou a favor de ser proibida a sua utilização, senão também se bania as bandas cardíacas, os sensores de cadência ou de velocidade.

Era tudo a “feeling” em vez de ter os números no ecrã...

Já os rádios é uma outra conversa, tal como falam na notícia
 
Também tinha lido isto. Não sou a favor de ser proibida a sua utilização, senão também se bania as bandas cardíacas, os sensores de cadência ou de velocidade.

Era tudo a “feeling” em vez de ter os números no ecrã...

Já os rádios é uma outra conversa, tal como falam na notícia
De acordo. Ganhariam ainda mais e disponibilizassem os dados de telemetria por exemplo, online, publicamente para toda a gente poder acompanhar. Já que é para abraçar o digital...façam-no como deve ser :) lol
 

sidorio

Well-Known Member
De acordo. Ganhariam ainda mais e disponibilizassem os dados de telemetria por exemplo, online, publicamente para toda a gente poder acompanhar. Já que é para abraçar o digital...façam-no como deve ser :) lol
Aos poucos isso tem sido feito pelas realizações das provas em direto, mas tem sido muito pouco, já para não falar que as vezes os valores aparecem a 0
 
Sempre que calibro o meu potenciómetro dá-me valores perto dos 700. A marca sugere entre os 890. Depois em volta tenho valores completamente inflacionados.

Já tentei calibrar com o Garmin e App, mudei a pilha, verifiquei se tinha entrado humidade....

Alguma sugestão? Ou isto fodeu de vez.

Ah, tenho o crank da Stages Dura Ace 9100.
 

Bernalve

Well-Known Member
Sempre que calibro o meu potenciómetro dá-me valores perto dos 700. A marca sugere entre os 890. Depois em volta tenho valores completamente inflacionados.

Já tentei calibrar com o Garmin e App, mudei a pilha, verifiquei se tinha entrado humidade....

Alguma sugestão? Ou isto fodeu de vez.

Ah, tenho o crank da Stages Dura Ace 9100.
Deve estar lixado. Envia para a garanti das stages, ainda pode demorar algum tempo, duas a três semanas até uma resposta.