Gran Fondo Aldeias do Xisto 29-09-19

Duke

Well-Known Member
#42
quem vai para o mar aviasse em terra...
quando se vai para qualquer prova tem de se levar os mínimos olímpicos...

-ter sempre o cuidado de nao deixar terminar a agua nos bidons
-comida para a volta, levo sempre a mais
-camara de ar
-bomba
-desmontas
-elo rapido

prefiro carregar isto e desenrascar-me sozinho em 10m do que esperar 1h por assistência ou carro vassoura e nem terminar a volta
 

RTC

Moderador
Staff member
#44
A questão é que eu começo a aperceber-me de pessoal que nem uma câmara de ar sabe mudar, caso fure. Por isso não leva.
Um dia destes parei na estrada a ajudar um rapaz todo bem equipadinho e que tinha acabado de furar que percebi claramente que ele não sabia mudar a câmara. E como ele há mais.
A atrapalhação dele era tanta que a culpa era primeiro dos desmontas e depois da bomba. Acabei por ser eu a trocar.
Mas acabou por ser humilde e reconhecer já quando nos fizemos à estrada que "não tem muito jeito para mecânica". Não teve tempo para aprender a mudar uma câmara mas tempo para treinar não lhe deve faltar que o andamento dele era forte. :D
 

NULL

Moderador
Staff member
#45
A questão é que eu começo a aperceber-me de pessoal que nem uma câmara de ar sabe mudar, caso fure. Por isso não leva.
Um dia destes parei na estrada a ajudar um rapaz todo bem equipadinho e que tinha acabado de furar que percebi claramente que ele não sabia mudar a câmara. E como ele há mais.
A atrapalhação dele era tanta que a culpa era primeiro dos desmontas e depois da bomba. Acabei por ser eu a trocar.
Mas acabou por ser humilde e reconhecer já quando nos fizemos à estrada que "não tem muito jeito para mecânica". Não teve tempo para aprender a mudar uma câmara mas tempo para treinar não lhe deve faltar que o andamento dele era forte. :D
Eu tenho um bocado esse problema... quando comecei a andar também não sabia mudar, com o tempo, e com a obrigação, lá tive que aprender à força. Mas mesmo assim tenho pouco jeito. Não ando com elos rápidos pois nunca mudei nenhum...
 

SantosDaCasa

Well-Known Member
#46
quem vai para o mar aviasse em terra...
quando se vai para qualquer prova tem de se levar os mínimos olímpicos...

-ter sempre o cuidado de nao deixar terminar a agua nos bidons
-comida para a volta, levo sempre a mais
-camara de ar
-bomba
-desmontas
-elo rapido

prefiro carregar isto e desenrascar-me sozinho em 10m do que esperar 1h por assistência ou carro vassoura e nem terminar a volta
Excepto comida a mais, ando sempre com isso tudo (parecem muitas coisas mas ocupam pouco espaço/peso). Faço isso não especificamente em provas mas em qualquer volta que faça seja BTT ou estrada. Se me puder desenrascar sozinho, não vou incomodar os outros.

De qualquer forma, e porque também gostava que o fizessem comigo, quando vejo alguém parado com problemas tenho por principio perguntar se precisam de ajuda.

Quem anda de bike devia saber mudar uma câmara de ar. É o equivalente a andar de automóvel e saber mudar um pneu. :p
 
#47
Desculpem lá
Uma pessoa pode não saber fazer, pode não ter jeito, pode ter coisas velhas ou usadas, isso eu tolero
Agora se não tem uma câmara de ar para quando tem um furo faz como ou pede o quê a quem
Ainda a pouco passei por uns gajos no Xico das saias e era vê-los a olhar para a bicicleta, atão, ah partiu a corrente, e agora, é pá.....
Dei-lhes um elo e não tinham como tirar o resto que lá estava preso, acabei por ser eu a fazer o trabalho
Pelo menos este perguntou quanto era o elo, pagou 4euros e continuou a volta, mas este foi o primeiro a pagar, já dei vários elos e câmaras de ar, etc
Já cheguei a dar a câmara de reserva e vir a rezar para casa
Quando há pessoas que gastam 2, 3, 4000€ numa bicicleta, 1000€ numas rodas e depois fazem cara feia a 40 ou 50€ num multi ferramentas, ou bomba de ar, bolinha com câmara de ar, ainda estam à espera que sejam os outros a pagar o material que gastam e não é deles
Hoje em dia isso já pode andar agarrado ao quadro e nem se nota que ali anda
 
#48
Olá a todos boas.

@jpacheco

GOSTEI

Tenho já alguns aldeias de xisto no background, mas no fundão foi a minha estreia. Sendo das primeiras organizações a nível nacional, ultraspirit, a realizar este tipo de eventos é sabido que durante muito tempo caíram numa paragem / estagnação. Quando não se inova e se não se trabalha para proporcionar um bom momento aos atletas estes vão á procura de outras praias. Dito isto para justificar os 500 atletas. Quando o aldeias de xisto partia da Lousã tinham sempre cerca de 1000 atletas, mas na minha opinião cairam no erro de manter quase sempre os mesmos trajectos e inovaram pouco naquilo que os atletas procuravam deste tipo de eventos.

Sabemos que que á um par de anos apareceram outros players, com ideias novas e com vontade de fazer melhor... e fizeram, e estão a fazer. Toda esta intro para dizer que este ano vi alguns claramente que ultraspirit está esforçada em fazer melhor:

//////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

A empresa Ultraspirit já fui a melhor empresa neste sector de mercado sim sim sem duvida alguma.

Os primeiros Grand fund foram feitos por eles.

( 5 ****** ) lembra-se dos nome Skyroad

jpacheco já ai escreveu todo.
 
#49
Bom, finalmente recuperado do maior empeno que já apanhei em cima da mula, ficam as minhas impressões...

Percurso: Mediofondo - 108 km, 2383m D+ de acordo com o Strava/Wahoo. 157º/212

Organização: Muito semelhante ao que fizeram no GF Lisboa (até o almoço parecia igual). Muita polícia a passar constantemente, e nunca vi tantas vezes o apoio neutro como neste. Também vi muitos furos nos primeiros Km. Indicações bem dadas e perigo assinalado em muitos sítios. Talvez tenham pecado pelo excesso mas achei melhor do que por defeito. Abastecimentos bons, com sandochas de queijo e de fiambre, barra energética da Prozis partida aos quadradinhos, isotónico, cubinhos de marmelada, batata frita. Havia muita coisa mesmo. E acompanhamento musical com os belos dos bombos sempre a acompanhar (dava um ambiente bem fora do comum!).

Tive pena de não haver opção de inscrição com jersey sem ser a VIP. A camisola Gobik que vinha no pack do GF Lisboa é a melhor que tenho. E a do AdX é bem bonita também.

Percurso: Finalmente faço um GF com uma partida dita normal, depois das asneiras da Arrábida, Lisboa e S. Mamede. Em termos de paisagem foi o mais bonito que fiz, de longe. Fiquei mesmo com vontade de ir conhecer a zona melhor. Só tenho a apontar como mau os últimos km do Alto do Xiqueiro, com piso horroroso, mas tirando isso, estradas boas e muito desafiantes. Plano é mentira ali!!!

A minha prova: Conforme previa, ia ser impossível manter grupos organizados, dada a disparidade de andamentos no terreno mais acidentado, que existia em abundância. Tinha pensado acompanhar grupos até ao sopé do Xiqueiro, mas mesmo isso foi muito complicado porque a zona do perfil que mais parece plana...É tudo menos plana. Consegui, minimamente. Claro que no Xiqueiro acabou essa festa. Muita dureza na segunda metade da subida, com piso muito difícil. Fez-me lembrar S. Mamede via Alegrete. Abastecimento rápido e ataquei a descida. Esta interrompida a meio na zona da barragem de Santa Luzia. O esforço no Xiqueiro tramou-me e a partir de Santa Luzia foi em gestão máxima. O muro de Janeiro era tramado, mas relativamente curto. Depois deste ponto acompanhei uma rapariga, que ia fortíssima em despique com outra que ia um pouco à frente. Bem se queixava que ainda tinha de subir 11km seguidos mas a verdade é que depois do 2º abastecimento nunca mais a vi. Aqui parei ainda dois ou três minutos para me recompor e ataquei o Açor - daquelas subidas muito irregulares que não permitem manter um ritmo constante. Sabia que pela frente ainda ia ter de passar o Souto da Casa que no perfil não parece nada mas ao fim de 100km pesa...E muito. Final à volta do Fundão e mais um desafio conquistado.

Em suma, uma experiência a repetir, e aquela que me deu mais satisfação até agora. :)
 

{the_crow}

Well-Known Member
#51
Ahhh e estou a curtir totil as fotos do evento.. So devia haver 1 moto fotográfica por cada tipo de evento.. Que andam com o grupo da frente.. Pq fotos dos gordos tipo eu.. Não vi uma sequer!! É já lá estão centenas de fotos..
 

{the_crow}

Well-Known Member
#56
E não teres que pagar da-te por sorte ;) até nisso mudaram
as pagas sao as que sao tiradas pelos espanhois do quieromisfotos...e essas ate entendo... o que nao entendo é como com metade dos participantes de 2018... em 4 albuns... so consigo ser apanhado em 2 fotos... mas pronto... ja sei.. nao vou no grupo da frente .. nao sou fotogenico ( aka nao tenho perfil corporal de ciclistas :D ) nao sou atrativo a camara LOL!