Do monte para a estrada...

#1
Pois é...

Já ando de BTT há uns anos e a verdade é que adoro, o contacto com a natureza, os trilhos, a falta de carros. Mas também detesto ter que limpar a bicicleta a fundo cada vez que ando, afina-la cada vez que ando e, admito, que não sou particularmente habilidoso nas descidas mais técnicas...

Posto isto e porque tenho tido pouca companhia para ir para o monte, estou a pensar em investir numa bicicleta de estrada.

Procuro:
- Uma bicicleta para andar duas vezes por semana, uma volta curta outra grande, para manutenção física e arejar as ideias;
- uma bicicleta que não precise de grande manutenção, nem afinações no final de cada volta;
- Bicicleta que não sendo um topo de gama, seja uma bicicleta que me dure uns anos, sem me fartar dela;
- Priveligio mais o passeio e a distância que a velocidade;
- Creio que uma gemetria de endurance será mais adequada para o meu histórico;
- De preferência com travões de disco;
- Meço 1,64;
- Orçamento: 1k a 1.5k;
- acho a Trek Émonda ALR 4 Disc 2021 em amarelo/vermelho linda, mas já passa o orçamento.

E é tudo o que me ocorre. :)
 

Pires

Well-Known Member
#2
Pois é...

Já ando de BTT há uns anos e a verdade é que adoro, o contacto com a natureza, os trilhos, a falta de carros. Mas também detesto ter que limpar a bicicleta a fundo cada vez que ando, afina-la cada vez que ando e, admito, que não sou particularmente habilidoso nas descidas mais técnicas...

Posto isto e porque tenho tido pouca companhia para ir para o monte, estou a pensar em investir numa bicicleta de estrada.

Procuro:
- Uma bicicleta para andar duas vezes por semana, uma volta curta outra grande, para manutenção física e arejar as ideias;
- uma bicicleta que não precise de grande manutenção, nem afinações no final de cada volta;
- Bicicleta que não sendo um topo de gama, seja uma bicicleta que me dure uns anos, sem me fartar dela;
- Priveligio mais o passeio e a distância que a velocidade;
- Creio que uma gemetria de endurance será mais adequada para o meu histórico;
- De preferência com travões de disco;
- Meço 1,64;
- Orçamento: 1k a 1.5k;
- acho a Trek Émonda ALR 4 Disc 2021 em amarelo/vermelho linda, mas já passa o orçamento.

E é tudo o que me ocorre. :)
De facto essa Trek é linda!
Vende a de BTT e compra a Trek :p
Logo compras outra! Eheh
 
#4
Eu falei nos travões de disco pelo hábito do BTT, onde eles fazem mesmo falta. Agora em estrada não sei se farão tanta falta... Não tenho a experiência...
 

cou7inho

Well-Known Member
#6
Eu sei que o orçamento vai até aos 1500€. Mas pelo que custa a Émonda ALR 4 disc (1649€) acho que é mais vantajoso meter mais "cento e poucos euros" e levar a Domane AL 5 Disc (1799€). Obviamente isto já é puxar o orçamento lá para cima e como é lógico pode não haver essa disponibilidade. Mas para além de ficares com uma bicicleta teoricamente mais voltada para conforto, ficas com uma bicicleta de 11 velocidades toda equipada com 105. Não é que o Tiagra seja mau, nunca usei, mas por aqui falam bastante bem. Em qualquer uma delas certamente não vais ter de te preocupar com desafinações constantes. Mas por mais 100€ acho que compensa bem mais o equipamento que trás a Domane. Eu nem percebo como é que se pede 1649€ por uma bicicleta com 10 velocidades. Este mercado das bicicletas anda mesmo perdido.
 
#8
Eu sei que o orçamento vai até aos 1500€. Mas pelo que custa a Émonda ALR 4 disc (1649€) acho que é mais vantajoso meter mais "cento e poucos euros" e levar a Domane AL 5 Disc (1799€). Obviamente isto já é puxar o orçamento lá para cima e como é lógico pode não haver essa disponibilidade. Mas para além de ficares com uma bicicleta teoricamente mais voltada para conforto, ficas com uma bicicleta de 11 velocidades toda equipada com 105. Não é que o Tiagra seja mau, nunca usei, mas por aqui falam bastante bem. Em qualquer uma delas certamente não vais ter de te preocupar com desafinações constantes. Mas por mais 100€ acho que compensa bem mais o equipamento que trás a Domane. Eu nem percebo como é que se pede 1649€ por uma bicicleta com 10 velocidades. Este mercado das bicicletas anda mesmo perdido.
Já é esticar um pouco...

Mas já agora e a propósito do mercado das bikes andar mesmo perdido: quando em alumínio por quando em alumínio, conjunto 105 por conjunto 105, não ficava igualmente bem servido com a Triban 520 RC? (Estética e marca à parte)
 

cou7inho

Well-Known Member
#10
Mas já agora e a propósito do mercado das bikes andar mesmo perdido: quando em alumínio por quando em alumínio, conjunto 105 por conjunto 105, não ficava igualmente bem servido com a Triban 520 RC? (Estética e marca à parte)
Ficas bem servido com a Triban, agora se o quadro da Triban tem a mesma qualidade do da Trek isso aí não sei dizer. Quero acreditar que uma marca como a Trek oferece um melhor quadro em alumínio, mas isto já sou eu a atirar para o ar.
Mas andam por aqui uns quantos donos de Triban RC 520, pode ser que algum dê feedback.
Se equacionares a Triban, tendo em conta que é muito mais barata do que a Trek, podes sempre, no futuro, fazer algum tipo de upgrade que sintas necessidade, por exemplo melhorar os travões. Isto sem dares cabo do orçamento.
Não te esqueças de guardar uns euros para os pedais e sapatos. Deduzo que já tenhas ferramentas, roupa e capacete, visto que praticas btt.
Se não te importares de comprar online, podes sempre dar uma olhadela no site da Canyon.
 
#11
Ficas bem servido com a Triban, agora se o quadro da Triban tem a mesma qualidade do da Trek isso aí não sei dizer. Quero acreditar que uma marca como a Trek oferece um melhor quadro em alumínio, mas isto já sou eu a atirar para o ar.
Mas andam por aqui uns quantos donos de Triban RC 520, pode ser que algum dê feedback.
Se equacionares a Triban, tendo em conta que é muito mais barata do que a Trek, podes sempre, no futuro, fazer algum tipo de upgrade que sintas necessidade, por exemplo melhorar os travões. Isto sem dares cabo do orçamento.
Não te esqueças de guardar uns euros para os pedais e sapatos. Deduzo que já tenhas ferramentas, roupa e capacete, visto que praticas btt.
Se não te importares de comprar online, podes sempre dar uma olhadela no site da Canyon.
Pois. Mais um par de sapatos
 
#12
Pessoalmente, nesta fase inicial, pelo menos, comprava uns pedais spd e usava os sapatos que já tens de BTT.

Pedalas igual, em relação aos encaixes de estrada e escusas de gastar já dinheiro noutros sapatos. Se tiveres uns pedais spd encostados, então ainda melhor.
 

cou7inho

Well-Known Member
#13
Pessoalmente, nesta fase inicial, pelo menos, comprava uns pedais spd e usava os sapatos que já tens de BTT.

Pedalas igual, em relação aos encaixes de estrada e escusas de gastar já dinheiro noutros sapatos. Se tiveres uns pedais spd encostados, então ainda melhor.
Pode ser uma opção para não gastar ainda mais dinheiro agora no inicio, mas não se pedala igual, nem de perto nem de longe.
 
#14
Pessoalmente, nesta fase inicial, pelo menos, comprava uns pedais spd e usava os sapatos que já tens de BTT.

Pedalas igual, em relação aos encaixes de estrada e escusas de gastar já dinheiro noutros sapatos. Se tiveres uns pedais spd encostados, então ainda melhor.
Foi o que eu fiz. Mas como a de BTT estava parada e pouco utilizada, até os pedais mudei.
 

cou7inho

Well-Known Member
#16
1) Uns sapatos de btt rijos atenuam muito a diferença;
2) Há muita gente (amadora) que não dá pela diferença.
Acredito que uns sapatos de btt com sola mais rígida atenuem essa diferença.
Mas ainda assim... Eu passei de uns sapatos de estrada com uma sola "normal" para uns com uma sola "meia em carbono" e notei uma grande diferença a nível de rigidez. Mas lá está, é apenas a minha opinião.
Acredito que para muita gente até podem ser uma melhor opção porque são mais fáceis de desencaixar e porque assim não têm de andar a comprar outros sapatos.