commuting

#1
bom dia pessoal.

hoje foi o 2º dia de commuting com os meus filhotes. adoram e deixam-me muito contente.
espero que estas sementes hoje plantadas produzam alguma coisa no futuro:





abraços
 
#3
Parabéns José! É com iniciativas como esta que poderemos moldar as próximas gerações a depender cada vez menos dos automóveis, trazendo de volta a cidade às pessoas :) Sem dúvida que a viagem para a escola será bem mais divertida!

Boas pedaladas.


PS: Não comecem com a polémica dos capacetes, já certamente esse assunto deve ter sido bem esmiuçado neste forum.
 
#4
Amigo Zé, adorei este teu tópico...por todos os motivos e mais alguns...;)

A base da mudança de mentalidades em relação ao uso da bicicleta, às questões da mobilidade sustentável e em tantas outras coisas da nossa sociedade está precisamente nas crianças, nas novas gerações e é de louvar quem, como tu, procura remar contra a maré. Força nisso!

Mas olha, deixa lá o penteado e bota lá o capacete para as crianças perceberem porque raio eu tenho de ir com isto enfiado na cabeça se o meu pai não vai :)

Abraço!
 
#5
Sem capacete é que não é lá muito bom exemplo para as crianças.
Concordo!!

O Ze!! Acho bonito sim senhor!! Parabéns tens 2 miudos maravilhosos!! Eu também volta e meia faço o mesmo com as minhas miúdas, mas o pai tem que ser o primeiro a dar o exemplo!!

Devias andar com capacete!! Sempre!! Seja para o que for!!

Grande abraço...
 
#6
Parabéns José! É com iniciativas como esta que poderemos moldar as próximas gerações a depender cada vez menos dos automóveis, trazendo de volta a cidade às pessoas :) Sem dúvida que a viagem para a escola será bem mais divertida!

Boas pedaladas.


PS: Não comecem com a polémica dos capacetes, já certamente esse assunto deve ter sido bem esmiuçado neste forum.
Não comecem não!!!

Não é bem assim!!

Essa moda dos PS: já não funciona aqui!!

Acho que se deve falar!! É importante, tão importante como felicitar a iniciativa!! Ninguém lhe tira o valor!!

No entanto, não se manda aqui calar ninguém!! Muito menos Dessa forma e tendo em conta o motivo!!

O comunismo não funciona aqui!! Para comunismo!! E confrarias!! Há outros fóruns!!

Mais uma vez parabéns Ze e obrigado por teres partilhado aqui conosco!!

E se um dia os teus filhos seguirem os teus passos, já mais crescidos, e cá vierem, sei que vão ficar felizes em saber que há cá gente, que se preocupa não só com eles, mas com a segurança dos Pais!!

"Antes de servir um café a alguém!! Primeiro tenho que tirar um café para mim, para que o café saiba bem a todos!"

Grande abraço..
 
#7
calma pessoal.
se quiserem falar de capacetes "sim ou não" há um tópico para isso.
provavelmente é mais irresponsável um gajo hoje ter-me ultrapassado num sinal vermelho num cruzamento...
ou um gajo a andar em alta velocidade no passeio em sentido contrario ao do transito e depois mandar-se para a estrada até chegar ao lado correcto da estrada, assim sem mais nem menos e com transito
estes sim devem andar de capacete e com uma armadura... mas obrigado pela vossa preocupação.
e cenas destas vejo todos os dias, do meu lado ando devagar, tento antecipar as coisas (jogo na defensiva) e respeito as regras.

o que importa aqui para mim é que eles gostam de andar, e por eu ir todos os dias de bike para o trabalho pediram-me (o mais velho) para ir também para a escola de bicicleta, mas não me pediu para ir sem capacete.
e isto deixa-me muito orgulhoso.

abraços
 

zorza

Well-Known Member
#9
Excelente iniciativa, e excelente forma dos miúdos começarem a ver que ir de bicicleta é divertido e se chega bem rápido aos sítios.

Força para os três..
 
#10
Ze tens toda a razão!! Eu também não aprovo de todo esse comportamento irresponsável, por parte desses ciclistas!

Mas eu coloco a situação da seguinte forma e não vou falar em ti, nem nos teus filhos, porque não tenho esse direito!!

Mas vou falar em mim!!

Então eu vou levar as miúdas a escola de bicicleta, porque é um percurso tranquilo e pelo passeio!! Não vejo necessidade de levar capacete! A minha preocupação como pai (normal ) será que as miúdas levem e eu até aproveito a situacao, para andar um bocadinho sem capacete, pois como ando sempre com ele, nesta situação mais tranquilo até aproveito para arejar um bocadinho sem ele, para ser um pouco diferente!! ( o que é compreensível).

No entanto pelo caminho, passa por nós!! Um desses!! Que eu tanto odeio!! Que não respeita as regras de trânsito, velocidade em cima de passeios, etc!!

O indivíduo!! Passa um vermelho!! A todo o gás!! Para se desviar de um carro, salta ao passeio!! E vem contra mim!!!

Porque houve um embate, As minhas miúdas, magoaram-se!! Não interessa como!!

Eu porque não levava capacete!! Sou o que estou até pior, porque bati com a cabeça num muro, ou no chão e estou inconsciente ou desmaiado!!

Como e que eu vou assistir às minhas filhas?

O que irão elas pensar?

Ze!! Estou a falar em mim e nas minhas filhas na primeira pessoa, porque tenho o direito de o fazer!!

E não em ti nem nas tuas crianças!

É só uma opiniao!! E sei que entendes!

Gostei da ideia do bike festival!! Venham mais fotos e parabéns pelo tópico!!

Vou subscrever!! ;)

Grande abraço...
 

lgass

Well-Known Member
#11
Força nisso. Agora quando acabar o ultimo granfondo vou começar a ir mais vezes po trabalho d bike. O pessoal olha pa mim d forma estranha smp
 
#12
calma pessoal.
se quiserem falar de capacetes "sim ou não" há um tópico para isso.
provavelmente é mais irresponsável um gajo hoje ter-me ultrapassado num sinal vermelho num cruzamento...
ou um gajo a andar em alta velocidade no passeio em sentido contrario ao do transito e depois mandar-se para a estrada até chegar ao lado correcto da estrada, assim sem mais nem menos e com transito
estes sim devem andar de capacete e com uma armadura... mas obrigado pela vossa preocupação.
e cenas destas vejo todos os dias, do meu lado ando devagar, tento antecipar as coisas (jogo na defensiva) e respeito as regras.

o que importa aqui para mim é que eles gostam de andar, e por eu ir todos os dias de bike para o trabalho pediram-me (o mais velho) para ir também para a escola de bicicleta, mas não me pediu para ir sem capacete.
e isto deixa-me muito orgulhoso.

abraços
Boto aqui um "gandalike".

Parabéns josepemota. O teu exemplo é mais que uma abordagem inteligente, é um argumento irrefutável para incentivar todos, até os que pedalam desportivamente, a incorporar o ciclismo nas suas vidas diárias.

https://nabicicleta.com/2014/01/20/par-a-par-um-a-aprender-o-outro-a-ensinar/
 
#13
acho que o que falta em alguns locais de trabalho, é um chuveiro, se não temos que andar a tomar um banho à gato :D O Gamito até tem um vídeo da ida dele ao trabalho e como é que se orienta. Se o achar já cá coloco.

(já trabalhei numa empresa com chuveiro, mas agora não é o caso. De qualquer das formas, 3 dias da semana estou por casa, o que ajuda com os treinos)
 
#15
PS -> se tudo correr bem este fim de semana no bike festival vou comprar um capacete e prometo meter aqui uma foto com eles e eu com capacete :D
A avaliar pela minha experiência (que não deixou a mínima vontade em lá voltar) na visita ao Festival Bike o ano passado, duvido que tragas de lá um capacete. Ainda demonstrei interesse por alguns artigos expostos, mas lá está, são apenas para exposição. Mandaram-me ir às lojas que os vendem. E eu mandei-os dar uma curva... :)

Quanto à questão do capacete, concordo com o ponto de vista do Alberto. É uma questão de protecção individual e de exemplo para os pequenotes. E contra mim falo, que quando vou dar uma voltinha com o meu miúdo nem sempre levo capacete (ele leva sempre e é ele próprio que vai ao armário buscá-lo, sem ninguém dizer). Mas (embora o mas não sirva de desculpa :) ) eu vivo numa zona rural e levo-o a pedalar para ciclovias ou estradões onde os únicos malucos que por lá se atravessam no nosso caminho são insectos e caracóis. Em ambiente urbano ou em estradas movimentadas acho que não se deve facilitar. Ainda ontem facilitei e não gostei da sensação. Assim que cheguei a casa precisei de ir à farmácia, que fica a menos de 1 km de minha casa, tendo de atravessar uma estrada com muito trânsito, e peguei na bicicleta mesmo com a roupa que trazia do emprego, sem capacete. Senti-me naturalmente inseguro, o capacete é algo que vamos assumindo como parte de andar de bicicleta. Mas tu sabes disso...não estamos propriamente a falar para um newbie das bicicletas :)

Capacetes à parte, porque não é nesse rumo que este tópico deve caminhar, uma vez mais parabéns pela iniciativa e, como já disse, contrariares o estabelecido.
 
#16
acho que o que falta em alguns locais de trabalho, é um chuveiro, se não temos que andar a tomar um banho à gato :D O Gamito até tem um vídeo da ida dele ao trabalho e como é que se orienta. Se o achar já cá coloco.

(já trabalhei numa empresa com chuveiro, mas agora não é o caso. De qualquer das formas, 3 dias da semana estou por casa, o que ajuda com os treinos)

Quando a questão dos chuveiros e das condições para trazer uma bicicleta para o trabalho foram abordadas há uns tempos, gerou-se um misto de estranheza, de gozo e de total desinteresse por estes lados. Há ainda que partir muita e muita pedra neste âmbito. E começa-se precisamente com aquilo que o Zé está aqui a fazer.
 
#17
bom pessoal ....

confesso que "afinei" um bocado com história do capacete, preferia que o foco tivesse ido para o outro lado ( e acho que até foi).
No fundo concordo convosco em relação ao capacete, é uma protecção individual... e "cheat happens" por isso é melhor tê-lo no sitio.
Por isso desculpem-me o meu "afinanço" inicial :cool:

só para esclarecer esta história do capacete, eu concordo com o uso do capacete e uso-o. nas minhas viagens diárias facilito um bocado, mas penso nisso, que devia de o usar (mas odeio o capacete que tenho)
e com eles tb uso a maioria das vezes, exactamente por causa do exemplo, na pequenita isso é mais evidente, assim que pego no capacete ela agarra no dela a pedir para eu o colocar. o mais velho já faz isso naturalmente, mas ao inicio tb usava para ele usar o capacete mais facilmente.
 
#18
A avaliar pela minha experiência (que não deixou a mínima vontade em lá voltar) na visita ao Festival Bike o ano passado, duvido que tragas de lá um capacete. Ainda demonstrei interesse por alguns artigos expostos, mas lá está, são apenas para exposição. Mandaram-me ir às lojas que os vendem. E eu mandei-os dar uma curva... :)
Ricardo a minha ideia do Bike Festival é experimentar capacetes, se tiver sorte claro, e depois comprar na net ou assim, dúvido como tu que saia de lá com um.
vamos a ver se tenho sorte.... mas gosto sempre de ir lá sentir o cheirinho a borracha nova ehehe
 
#19
Quando a questão dos chuveiros e das condições para trazer uma bicicleta para o trabalho foram abordadas há uns tempos, gerou-se um misto de estranheza, de gozo e de total desinteresse por estes lados. Há ainda que partir muita e muita pedra neste âmbito. E começa-se precisamente com aquilo que o Zé está aqui a fazer.
a este propósito, a minha forma de pensar é não esperar que hajam condições para que se comece a fazer alguma coisa.
as ciclovias são um exemplo, elas estão a surgir porque andam mais pessoas de bicicleta, e não foi o contrário ou seja vamos lá fazer umas ciclovias a ver se o pessoal anda mais de bike.

tenho orgulho que num trabalho anterior que tive era o único que ía de bike, depois começou a ir mais um ou dois, depois começou-se a falar em estacionamento na garagem para as biclas e em chuveiros e até à data só têm o estacionamento, mas pronto tudo começou com um gajo que ía todos os dias de bicla.

mas ainda hoje assisto ao fdx "ganda maluco", algo tão normal como andar de bicicleta ainda é vista como uma cena de malucos.... não entendo.
ainda outro dia estava a sair do trabalho com a bicla com a cadeira atrás e um tipo que apareceu nas escadas, "eish mas o que é isto" como se fosse algo que não se faça, senti um tom repreensivo.... se calhar foi só paranoia

a cena do banho é o argumento nº1 em conjunto com o das subidas para o pessoal não andar.
o que faço é, levo uma t-shirt para mudar e uma toalha para me limpar, claro que os níveis de suor não têm nada a ver com os de um treino ou volta, e para mim é perfeitamente aceitável esta situação.
Quantos gajos já tive à minha volta no trabalho que ainda não os estava a ver e já sentia o fedor que emanavam...

ab
 
#20
Quando a questão dos chuveiros e das condições para trazer uma bicicleta para o trabalho foram abordadas há uns tempos, gerou-se um misto de estranheza, de gozo e de total desinteresse por estes lados. Há ainda que partir muita e muita pedra neste âmbito. E começa-se precisamente com aquilo que o Zé está aqui a fazer.
E de bike menos mal, agora imagem no meu caso, sair do escritório com uns calções curtinhos e de tshirt e zuga, toca a correr até casa :)