Ciclismo=desporto de aventura???

#1
O que acham? Podemos considerar o ciclismo um desporto de aventura ou o facto de se rolar sempre em terreno bom (comparando com o BTT) não pode ser igualmente considerado?
 
#2
Ei, ò Nelson, essa é uma pergunta dificil....:D:D:D. Claro que estou a brincar. Tudo depende do conceito que cada um tenha de aventura. Para mim, ver-me no BTT todo sujo de lama, e ter que chegar a casa e lavar a bicicleta, quase sempre que saísse, é tudo menos aventura. No meu conceito e para a minha maneira de ser é muito mais aliciante fazer 100kms por estradas alcatroadas do que 50 no monte, por exemplo. Agora, ainda em relação às bicicletas, para mim aventura mesmo é uma tirada de 250kms ou mais num dia, o que para outros seria uma grande chatice. Digam lá, os que já fizeram, se não é uma aventura subir, por exemplo a Serra da Estrela? Não confundemos adrenalina com aventura. Andar nas estradas das matas da Marinha Grande, Foz do Arelho e Nazaré pode ser uma grande aventura... como disse depende de muitos factores.
 
#3
o fogueteiro disse tudo. Aventura ou não somos nós que a fazemos. Acho que nesse aspecto o ciclismo abre-nos as portas para testarmos os nossos limites, seja subir mais alto, fazer mais kms, demorar menos tempo, whatever...
 
#4
:)

experimenta a pedalar por onde eu pedalei esta noite e no estado em que isto está , tudo deserto, (o Algarve) e depois logo vês se é aventura ou não
 
#5
Eu utilizo a bicicleta para a deslocação casa- emprego.
Em hora de ponta e com a educação dos automobilistas, andar de bicicleta nas ruas da minha cidade, não é apenas um desporto de aventura, é de aventura radical.
 
#6
Bons dias a todos, neste país com o estado de algumas estradas, e com o civismo,compreensão e condução de alguns automobilistas, o ciclismo quer queiramos ou não é sempre uma aventura...ás vezes má ! Mas para quem gosta mesmo de rolar em asfalto, é sempre uma aventura ir pedalar, descobrir um novo caminho, fazer mais uns km´s, tentar sempre mais e mais longe, tudo constitui novos desafios, até porque a rotina "mata"...
 
#7
Acho que já responderam e muito bem à tua questão, para mim e para os meus colegas com quem ando, cada saída por essas estradas fora são consideradas aventuras, pura diversão, é assim que temos que encarar as nossas pedaladas..mas se alguém quiser misturar adrenalina ao andar na estrada é simples..meter-se na auto-estrada de bicicleta em contra-mão ou descer a serra da estrela sem travões, é certinho!! :D
 
#10
para mim q uso nao so pa manter em forma como meio de transporte . . . tal como ja foi dito por outro user, em hora de ponta é sempre 1 aventura . . . quanto mais nao seja quando dizem q deviamos cair com o focinho no chao . . . e mais a frente temos de pousar a bike, descalçar os sapatos e pronto . . . é 1 aventura quer pa quem foi ameaçado, como para quem ameaça . . . :x
 
#11
Em pleno GR22. Uma AVENTURA de 7 dias!



Sem dúvida que o ciclismo é aventura, mas nada comparado ao Btt. O chegar a casa sujo de lama é um mal menor. O contacto próximo com a natureza, a perícia exigida e o perigo associado de andar entre terrenos irregulares, é algo de indescritível. Verddadeira aventura. Se a isto juntarmos paseios longos de btt, em autonomia, guiados por GPS (por exemplo) então aí entramos num outro nível aonde o ciclismo nem aos calcanhares chega.

A verdade é que o btt leva-te a sítios que nunca írias doutra forma e isso é que é a verdadeira aventura.
 
Last edited:
#12
discordoooooooo . . . principalmente a parte da natureza . . . pega na tua bike, vai pa serra da arrabida, vai pa serra da estrela, ou vai para uma das ilhas . . . so por estares em cima de asfalto nao quer dizer q nao tenhas contacto com a natureza ou que falta essa noção de "perdido" que te leva a sitios onde nunca fostes antes
 
#13
Amigo Zanzas... não falo de qualquer sensação. Falo literalmente. O btt leva-te a sítios que nem de jipe lá chegas. Não falo duma estrada qualquer esquecida...

Eu sei do que falo, já levei a fininha a todos esses sítios e não tem nada a ver.
 
#14
as minhas pernas tb ja me levaram a todo o sitio no mato eh eh eh . . . mas la esta, se calhar no mato, prefiro caminhar, marchar do que bike propriamente . . . visto q muitas vezes tb e preciso desmontar . . . e chato, smp a lavar a bike, entao mochila as costas e siga . . . assim so se lava o calçado . . . agora no asfalto a historia e outra, nao vale sair de cima sem furar . . . entao vamos ver quem tem pernas ! ! ! nao é por acaso q a fininha serve de treino, e depois ou passa-se a gostar mais desta, ou entao a outra nao vai servir de treino pa fininha . . .
 
#16
a verdade, a "discussao" ia levar-nos para outro lado q ainda nao tinhamos saido por completo eh eh eh . . . ja agr, 1 boa aventura tb sao as aulas de rpm no ginasio, nao se sai do lugar, mas haja resistencia