Bicicleta até 6xx €.

cutkiller

Well-Known Member
#21
Como te disse acima... liga mais aos componentes do que à marca do quadro...

O que dá num quadro X dá num quadro Y (destes normais..... se comprares uma bicla de triatlo se calhar já não... mas isto já suponho eu) :)

É normal quando estamos a comprar a primeira bicicleta estarmos com muitas duvidas..... É dinheiro difícil de largar...

Eu quando comprei a minha... Perdi um negócio duma Quer, porque estava com receio.... Depois quando estava tentado a comprar uma dessas marcas apareceu aqui uma ao lado da Focus, e foi essa que comprei..

Mas se não tivesse aparecido tinha vindo uma dessas (acho que era uma Felt).... ;) ;) ;)

Siga com a compra.... !
 

Bruso

Well-Known Member
#22
Não me ofendeste nem de perto nem de longe, só acho que devias aproveitar este espaço para tentares saber tudo sobre a compra de bicicleta e pedir mais conselhos, em vez de insistires sempre na mesma dúvida.
Na minha opinião, a questão do quadro só se coloca na beleza e leveza. Procura quadros que gostes sem olhar aos autocolantes.

Boa sorte na tua procura.
 
#23
Boas, tal como tu tambemandei muito tempo a ponderar o que deveria comprar, e o orçamento foi aumentando um bocado à medida que fui vendo e analisando e ouvindo (lendo) as opiniões de quem realmente sabe (pessoal aqui do forum)

Antes de mais verifica mesmo qual o teu orçamento final (incluindo restante equipamento, capacete, roupa, pedais, sapatos etc)

E depois saber se nao te importas de comprar online.

Boa sorte
 
#25
A escolha da bicicleta certa, depende muito de cada um. Acho que deve pensar primeiro no objetivo dela. Será para ir pedalar? passear até ao café e exibi-la aos amigos? voltinhas domingueiras? para ir trabalhar? fazer compras? ir aos passeios das Massas Críticas? ir ao Granfondo? ir ao Paris-Brest-Paris? cicloturismo? ou só para pendurar na parede da sala como decoração?
Quando não se quer gastar muito, sempre a opção de comprar em 2ª mão e com paciência e sorte, arranjam-se coisas boas; com paciência constroi-se o nosso projeto de uma bicicleta.
Se puder gastar mesmo bastante, mande fazer uma bicicleta à sua medida e terá algo só seu, único e irrepetivel. O material do quadro é uma escolha pessoal (pode ser aluminio, carbono, ferro, titânio, madeira), o seu corpo é que dirá como se sente melhor.
Espero ter ajudado.
 
#28
Eu escolheria uma bicicleta em segunda mão para começar. O problema vai ser arranjar uma bicicleta do teu tamanho em segunda mão.

Outra opção seria montares tu a tua própria bicicleta. Tens aqui um tópico (bastante interessante) no qual podes dar uma vista de olhos.
http://www.forumciclismo.net/showthread.php?9803-Cust-tec-a-minha-tela-em-branco
O problema das bicicletas em 2ª mão é não só encontrar um tamanho de quadro que nos sirva, como também que a bicicleta esteja à venda por um preço justo. Não é fácil encontrar uma bicicleta com estes dois requisitos e principalmente que nos agrade. Também é necessário estar "em cima" dos sites de compra e venda. Isso requer muita paciência. Pode demorar uma semana, um mês ou mais para fazer "aquele" negócio. É uma questão de sorte.

Apesar de também eu ser apologista na compra de bicicletas em 2ª mão (de estrada), ao preço que está a Merlin MALT-R 2013, não teria dúvidas. Não compras em lado algum, uma bicicleta semelhante por 644€. Como comparativo, a B´twin Triban 7 (também com o grupo Tiagra) custa 749€ e tem periféricos inferiores e um conjunto roda/pneu, muito, mas mesmo muito inferior.

Relativamente à qualidade dos quadros em alumínio, nesta faixa de preços não haverá diferenças significativas. São razoáveis.
 
#30
Se o homem insiste na pergunta é porque não teve a resposta a ela... não?!!!

Escolher um quadro apenas pela beleza e leveza é caminho andado para o fiasco! (O que não deixa, também, de ter sua importância :))

Os pontos mais importantes de uma bike são: (1) quadro e (2) rodas. Componentes vão-se mudando. Um grupo Sora aguenta bem voltas de 100/200 kms, com muito dedilhar. Um quadro rasca desmonta-te as vértebras todas em pouco mais de 2/3 horas, mesmo que lá tenhas um duraace, super record, etc, etc, etc... Um bom quadro, confortável e com boa geometria, mesmo com Sora, dá vontade de fazer outros tantos kms!!

Sem esquecer, claro, o selim e sua respectiva largura.
 
#32
É verdade. Eu que o diga...
Concordo com a angel@ e com o jacquesbike, no meu caso tenho um quadro scott speedster com rodas Mavic Aksium com uns pneus Vittoria Rubino Pro. Os componentes são Sora á excepção do desviador traseiro Tiagra de 9V e travões tektro. A bicicleta é sempre a somar Kms sem um único problema ou desafinação em dois anos fiz 11000km.

Quando os mesmos componentes estavam instalados num quadro Berg Fuego 8.5 e rodas rigida Flyer :), posso garantir-vos que o prazer de andar na bicicleta era muito menor, nem tem comparação possível.

Por isso reforço que quadro e rodas são os componentes mais importantes.
 
#33
Exatamente o que eu pensava, o quadro é mais importante que os componentes. No meu caso que ando casualmente de bike (mas gostava de andar mais por isso quero comprar uma estradeira) penso que os componentes são todos bons para mim.. Por isso não me importava de investir num bom quadro que aconcelhem e depois ir mudando se me apetecer os componentes ou não. Não tenho problemas com o comprar usado se aparecer bom negócio, n quero a bicicleta mais leve do mundo so uma «gira» e que me dê prazer a andar e para recuperar a forma
 

Bruso

Well-Known Member
#34
Só mais uma observação:

não podia de deixar de concordar com tudo o que foi dito. O conforto do quadro é um requisito obrigatório para um cicloturista. Tu falas em comprar um bom quadro e depois ir evoluindo os componentes. Mas fazes ideia dos custos dos componentes certo?
 
#35
De longe, mais baratos do que um bom quadro. Com alguma pesquisa, arranjas grupos tiagras ou 105 a bons preços. Assim como o resto da tralha ( avanços, espigões, guiadores, etc...)!!! E não é preciso alterar tudo de uma vez...

Boas pedaladas.
 
#36
Só mais uma observação:

não podia de deixar de concordar com tudo o que foi dito. O conforto do quadro é um requisito obrigatório para um cicloturista. Tu falas em comprar um bom quadro e depois ir evoluindo os componentes. Mas fazes ideia dos custos dos componentes certo?
Sei mais ou menos mas é mais fácil largar 100 euros de cada vez em vez de 1000 só de uma..
 

Bruso

Well-Known Member
#37
Claro que sim. Só perguntei porque podias não ter noção dos preços. Vê se muitos que não fazem a minima ideia e depois assustam-se xD.