A duvida existencial de um ciclista....

#1
Boas pessoal,

Como um gajo nunca está satisfeito, entrei naquela altura da duvida existencial de qq ciclista.
Comprar nova menina, ou fazer uns upgrades á existente????

Tenho uma merida sculptura já com quadro de carbono de 2014, com mudanças 105 de 10 Vel., pedaleiro shimano( não é o 105), pinças de travao da merida, boa máquina de entrada.

Com o passar do tempo e com o levar isto das voltas mais a serio, comecei a pensar em trocar a querida por uma nova, mas lá está tou naquela fase q qq um sofre, comprar ou upgrade.
Entretanto já troquei as rodas por umas MAVIC Ksyrium Elite, em que notei uma grande diferença no rolamento e rigidez global da mesma.
Mas pronto um gajo nunca esta satisfeito (problemas de quem não tem onde gastar o dinheiro :), o pouco que consegue juntar para estravagancias atenção ).
A pergunta é a seguinte espero e compro uma nova daqui a dois, três anos, ou já que comecei a trocar coisas vou a fundo e compro um groupset todo novo???

Bem duvidas á parte, qualquer opinião é bem vinda.
Saudações ciclistas...
 
#2
Gastar por gastar é daquelas coisas............(actualização)................ avança, ficas com um grande sorriso e quem vende também
Podes sempre comprar uma nova e o sorriso será ainda maior, neste caso o teu, boas voltas e boas fotos
 

cou7inho

Well-Known Member
#3
Boas pessoal,

Como um gajo nunca está satisfeito, entrei naquela altura da duvida existencial de qq ciclista.
Comprar nova menina, ou fazer uns upgrades á existente????

Tenho uma merida sculptura já com quadro de carbono de 2014, com mudanças 105 de 10 Vel., pedaleiro shimano( não é o 105), pinças de travao da merida, boa máquina de entrada.

Com o passar do tempo e com o levar isto das voltas mais a serio, comecei a pensar em trocar a querida por uma nova, mas lá está tou naquela fase q qq um sofre, comprar ou upgrade.
Entretanto já troquei as rodas por umas MAVIC Ksyrium Elite, em que notei uma grande diferença no rolamento e rigidez global da mesma.
Mas pronto um gajo nunca esta satisfeito (problemas de quem não tem onde gastar o dinheiro :), o pouco que consegue juntar para estravagancias atenção ).
A pergunta é a seguinte espero e compro uma nova daqui a dois, três anos, ou já que comecei a trocar coisas vou a fundo e compro um groupset todo novo???

Bem duvidas á parte, qualquer opinião é bem vinda.
Saudações ciclistas...
Situação delicada :D
Provavelmente vais gastar mais em upgrades do que o que vale a bicicleta. Contudo, também podes amar essa bicicleta e por isso queres ficar com ela "a teu gosto" porque sabes que não te vais desfazer dela. Mas estamos numa fase em que surgem novas tendências como discos, rodas com largura interna maior, uso de pneus mais largos, etc. Ao gastares dinheiro na bicicleta atual vais perder a oportunidade de dar o salto para "a nova geração".
Por isso deixo a questão:
- Gostas assim tanto da bicicleta atual que te vês a usá-la por mais um monte de anos, apesar de já estar desatualizado tendo em conta aquilo que é o futuro das bicicletas de estrada?
Se a resposta for sim, então gasta o dinheiro e investe nela.
Se a resposta for não ou "mais ou menos" então guarda o dinheiro e compra uma nova.

Espero ter ajudado :D
 

elchocollat

Well-Known Member
#4
Tenho uma bike de 2011.
Sempre a rolar, mas cada euro investido quase que se me parte o corassaum.
É alumínio e o que a faz andar são as minhas pernas.

Eu esperava, até porque comprar "agora" pode não valer de nada.
Juntabe compras depois. Com o tempo talvez ganhes mais amor à atual ;)
 
#5
A minha cabeça aconselha: se funciona não troques, ainda por cima as partes 10v são mais baratas que as 12v/11v.

O meu coração diz: Se comprares compra uma bicicleta especial para ti, uma obra de arte do teu tamanho com os componentes que gostes. Não vale a pena fazeres upgrades de mudanças. Rodas sim fizeste bem. Agora uma máquina completamente nova isso já é outra coisa.
 

pratoni

Well-Known Member
#6
Se está tudo a funcionar bem não troques, gasta dinheiro só quando algo estragar e daqui a uns tempos tens dinheiro para comprar uma nova.

caso tenhas alguma estima por essa até podes nem te desfazer dela e ficares com duas e assim até podes comprar uma ligeiramente diferente da atual e depois a cada uma servir para voltas diferentes
 

joseruivo

Well-Known Member
#7
Boas pessoal,

Como um gajo nunca está satisfeito, entrei naquela altura da duvida existencial de qq ciclista.
Comprar nova menina, ou fazer uns upgrades á existente????

Tenho uma merida sculptura já com quadro de carbono de 2014, com mudanças 105 de 10 Vel., pedaleiro shimano( não é o 105), pinças de travao da merida, boa máquina de entrada.

Com o passar do tempo e com o levar isto das voltas mais a serio, comecei a pensar em trocar a querida por uma nova, mas lá está tou naquela fase q qq um sofre, comprar ou upgrade.
Entretanto já troquei as rodas por umas MAVIC Ksyrium Elite, em que notei uma grande diferença no rolamento e rigidez global da mesma.
Mas pronto um gajo nunca esta satisfeito (problemas de quem não tem onde gastar o dinheiro :), o pouco que consegue juntar para estravagancias atenção ).
A pergunta é a seguinte espero e compro uma nova daqui a dois, três anos, ou já que comecei a trocar coisas vou a fundo e compro um groupset todo novo???

Bem duvidas á parte, qualquer opinião é bem vinda.
Saudações ciclistas...
Juntas dinheiro para comprar uma nova, com:
1) travões de disco;
2) quadro em carbono;
3) 12v
 

Carolina

Well-Known Member
#9
Eu só gastava dinheiro em coisas que achasse realmente necessárias. Na minha primeira bike troquei algumas coisas na transmissão, mas foi por ter uma cassete que não era adequada para mim e uma das manetes também deixou de funcionar.

Fazer upgrades acho que só vale a pena se já tiveres um quadro de topo. Vai juntando €€ e daqui a uns anitos compra uma bike melhor e que adores. Depois aí sim, vai fazendo os upgrades que queiras.
 
#11
Tudo depende muito do orçamento e das tuas expectativas.
Eu passei de uma bicicleta como a tua para um topo de gama de 2018, senti alguma diferença por ter os andamentos melhor escalonados no grupo de 11v com cassete 11-30. A maior diferença foi na cabeça. e tirei quase 1kg

Em relação às tendencias. O que valeu mais a pena foi usar uns aros com pneus de 25/28. O conforto ajuda ao melhor rendimento em cima da bicicleta.
Os travoes de disco não me aquece nem arrefece. E de forma altura trocaria de bicicleta por causa disso.
O mesmo se aplica ao passar de um bom quadro de aluminio para carbono, o rendimento é o mesmo.
 

Duke

Well-Known Member
#12
Boas pessoal,

Como um gajo nunca está satisfeito, entrei naquela altura da duvida existencial de qq ciclista.
Comprar nova menina, ou fazer uns upgrades á existente????

Tenho uma merida sculptura já com quadro de carbono de 2014, com mudanças 105 de 10 Vel., pedaleiro shimano( não é o 105), pinças de travao da merida, boa máquina de entrada.

Com o passar do tempo e com o levar isto das voltas mais a serio, comecei a pensar em trocar a querida por uma nova, mas lá está tou naquela fase q qq um sofre, comprar ou upgrade.
Entretanto já troquei as rodas por umas MAVIC Ksyrium Elite, em que notei uma grande diferença no rolamento e rigidez global da mesma.
Mas pronto um gajo nunca esta satisfeito (problemas de quem não tem onde gastar o dinheiro :), o pouco que consegue juntar para estravagancias atenção ).
A pergunta é a seguinte espero e compro uma nova daqui a dois, três anos, ou já que comecei a trocar coisas vou a fundo e compro um groupset todo novo???

Bem duvidas á parte, qualquer opinião é bem vinda.
Saudações ciclistas...
eu se fosse a ti tentava meter um group set novo de 11V e siga
vê entre o 105 e o ultegra qual se enquadra melhor ao teu orçamento

ou até podes comprar um grupo misto, manetes e pinças de travão ultegra e o resto 105...

sabe Deus se daqui a 3 anos enquanto estas a juntar a guita ainda andas de bike...
 
#13
Antes demais obrigado pelas respostas, sempre ajudam a pôr a cabeça na ordem.

Pois, eu já estava inclinado a investir numa menina nova, mas com isto da pandemia e do preços dispararem, acho mesmo que vou esperar um tempito que o mercado se acalme um pouco em termos de €€€€€.

Entretanto é fazer kms nas pernas, e tentar abater o excesso de peso rolante ... :D :D :D

Obrigado mais uma vêz....
 
#16
Como disse a Carolina, a não ser que o quadro seja espectacular, preferia comprar uma nova.

O preço das novas não reflete o valor dos componentes, com os upgrades vais gastar mais dinheiro e continuas com uma bicicleta que no mercado de segunda mão vale praticamente o mesmo do que sem upgrades.

A mudar mudava a sério e comprava uma nova. O que vais sentir ao trocar o 105 para ultegra? Nada. Só vais perder dinheiro e poupar uns gramas no peso.


Estou a dizer isto partindo do princípio que a carteira o permite. Cada um sabe das suas contas.