Troia-Sagres 2022 - 10 Dezembro

cconst

Well-Known Member
Enquanto há para quem fazer 200km já não é desafio e a forma de superação é fazê-lo no mínimo tempo possível, não vejo mal nenhum nisso.
Mais ou menos. Um amigo com quem partilhei um Troia - Sagres numa outra data e apenas os dois, já tinha ido uma vez no passado no "evento". Ele disse que nunca mais iria. Diz que assistiu a demasiados desrespeitos pelo CdE e pelos outros ciclistas, tendo ele inclusive passado por uma situação perigosa por causa de um grupo de ciclistas que pretendiam "fazê-lo no mínimo tempo possível" e ao ultrapassarem o grupo onde ia para se desviarem de um pesado que vinha de frente o "espremeram" para a berma, tendo quase ido para a valeta.

É apenas um caso. Que eu saiba. Mas os videos no YT por essa net fora, mostram carradas de pessoal em contra-mão.
 

gfrmartins

Well-Known Member
Ou seja, pelo que percebi por vários posts no facebook, a informação enviada ao Sr. António foi enviada a várias empresas/lojas/grupos que tinham publicitado ou criado cartazes, ou eventos a divulgar o fornecimento de serviços ou organização de grupos para ir ao "evento" e a identifica-los como "organizadores" do evento e a informar das possíveis consequências de organizar este tipos de eventos na via publica sem qualquer pedido de licenciamento, informação, etc

Ou seja pelo que me parece não é uma coisa dirigida pessoalmente ao Sr. António mas sim mais em termos gerais a todos os que andam a "organizar" e a divulgar como Evento Troia Sagres e as possíveis consequências

Já me começa a fazer mais sentido
 

NULL

Moderador
Staff member
Ou seja, pelo que percebi por vários posts no facebook, a informação enviada ao Sr. António foi enviada a várias empresas/lojas/grupos que tinham publicitado ou criado cartazes, ou eventos a divulgar o fornecimento de serviços ou organização de grupos para ir ao "evento" e a identifica-los como "organizadores" do evento e a informar das possíveis consequências de organizar este tipos de eventos na via publica sem qualquer pedido de licenciamento, informação, etc

Ou seja pelo que me parece não é uma coisa dirigida pessoalmente ao Sr. António mas sim mais em termos gerais a todos os que andam a "organizar" e a divulgar como Evento Troia Sagres e as possíveis consequências

Já me começa a fazer mais sentido

Sim, confirmo. Vários grupos que anunciavam “organizar” o TS foram alertados e avisados da mesma forma.
 

gfrmartins

Well-Known Member
Apenas um exemplo.

Começa a fazer um pouco mais de sentido as preocupações levantadas, as possíveis consequências de "eventos" que todos sabiam que existiam no mesmo dia no mesmo percurso mas que ninguém "organiza"

E que não era uma questão levantada a uma pessoa em particular

Captura-de-ecra-2022-12-06-a-s-21-12-56.png
 

elchocollat

Well-Known Member
"oferta de brinde"
Existe já todo um negócio em torno do Tróia-Sagres

Acho bem que tenha sido cancelado.

Uma pergunta:
Não era melhor ser mesmo um evento e cada um contribuía e podia-de ter a polícia a patrulhar as estradas? Não podia ser algo mais racional?
 

fernandes_85

Well-Known Member
Eu acho que pode fazer sentido esta abordagem a organizações um pouco mais estruturadas como é esse exemplo @gfrmartins .

A dúvida que surge é onde é o limite. Se for um grupo de 4 amigos +motorista num carro é enquadravel nestas referências legais?? E se for 2 carrinhas de amigos? Já é organização? E é extensível para qualquer outra zona do território em que vá um conjunto de pessoas em grupo? Como as leis são discricionárias e vagas como tive oportunidade de transcrever anteriormente, penso que importa que as autoridades esclareçam afinal qual a interpretação. Tenho a certeza que 99% dos participantes não tem interesse em fazer uma coisa ilegal. A prova é que não vejo ninguém destas “organizações “ que não tenha cancelado depois de abordados.

Uma coisa que vejo o pessoal escrever aqui e não consigo concordar é com a justificação desta ação com base em “comportamentos abusivos” de ciclistas noutros anos.
Não me entendam mal, já fui a vários TS e concordo que há muita coisa errada, censurável e irresponsável.
O que eu não concordo é na relação causa-efeito que se quer estabelecer. Por outro lado, havendo organização e cumprimento dos formalismos legais por si só não altera nada no que diz respeito à segurança de todos os utilizadores da via (carros e ciclistas) pelo facto de ser um não evento sem hora de partida ou chegada ou até mesmo de percurso.
Penso que a solução será as autoridades terem uma atitude de visibilidade, sensibilização no sentido positivo (através das redes sociais por exemplo, recordo-me do exemplo do moto gp com o Miguel Oliveira), aliás o que me parece tem acontecido pelo menos nos últimos anos. E também acho que estamos a fazer do TS um bicho de 7 cabeças, quem nunca foi ainda vai pensar que é pior que a guerra da Ucrânia, quando na verdade é uma festa do ciclismo e da diversidade, com umas pequenas exceções
 

Memento vivire

Active Member
Faz lembrar o que acontece nesta altura do ano, em que vai tudo de carro para Lisboa ver as luzes e fica o caos no trânsito. A PSP também lá vai multar quem se lembrou de ir ao mesmo tempo?

Este evento acaba por trazer muito movimento ao comércio. O que não faltam são cafés/restaurantes a esgotar o stock do dia (na 1ª vez que fiz só arranjei comida no 3º café).

Muitos acabam por dormir no caminho, ou em Sagres ou à volta, como vai ser o caso do meu grupo.

Percebo a preocupação das autoridades mas que se mexam, chamem pessoal para fazer 1 gratificado nesse dia e ganhar um extra a proteger tantos os ciclistas como o trânsito automóvel.

A pior altura do dia é na parte da manhã, nos primeiros kms em que o pessoal ainda vai muito junto. A parte da tarde torna-se mais tranquila e com menos grupos "gigantes". De resto é uma atividade que promove o desporto, não é inimiga do ambiente (menos para os totós que mandam embalagens para o chão), e promove o convívio e socialização.
@Davidoff , e a quem iriam cobrar o gratificado? Se não organização. O evento em si não foi de forma alguma impedido de ser realizado, um user acima tocou naquilo que realmente não pode ser feito, e não são os ciclistas a pedalar.
 

Memento vivire

Active Member
Estamos aqui a discutir um dos lados, do Sr Malvar, que do outro lado nunca vamos saber toda a verdade, mas vamos supor que até já havia abordagem oficial ás autoridades para prestarem a apoio, havia até dentro destas mobilização para reforço á área do evento. Bem, sabemos que alguém tem de autorizar e quando chega a este patamar solicita-se a documentação de suporte, diga-se autorizações ou outra coisa que lhe queiram chamar e nada existe para suportar tal evento, se autorizado e houver algum acidente aqui vamos discutir o porque se apoiou e autorizou.
Mais, vamos supor que o que foi transmitido que carecia de autorização era toda a panóplia de apoio organizado de empresas e não o vento em si.
Findo isto, quem quiser ir poderá ir, como será normal, cumprindo o CE e que não deverá haver é apoio organizado como estava previsto.
 

jppina

Well-Known Member
Eu só de me lembrar o que um sujeito do grupo roda28 me disse o ano passado quando passaram por mim e decidi ir com eles e a querer colaborar a puxar diz tudo sobre a postura de muitos de que vão para lá.
Não conheço esse grupo roda28, mas agora depois dessa tua frase fiquei curioso em saber o que te disse esse sujeito... será que podes dizer?
 

jppina

Well-Known Member
Às claras, em formato de Granfondo, é a minha aposta.
Não acredito que isso aconteça, em termos de logística, por ter um início e um final em localidades diferentes e muito distante, parece-me um pesadelo para organizar um grandfondo... para além de que o percurso não é atrativo...
 

RTC

Moderador
Staff member
Não conheço esse grupo roda28, mas agora depois dessa tua frase fiquei curioso em saber o que te disse esse sujeito... será que podes dizer?
Para ir para a cauda do grupo e aguentar a roda até conseguir.
Mas dito assim com ar empertigado. :D
Não deixavam ninguém fora do grupo deles puxar. Nem andar no meio. Diziam logo para ir lá para trás.
 

RTC

Moderador
Staff member
Anyway, este ano vou passar. Não tenho vontade de ir.
Quem for, divirtam-se e pedalem muito ;)
Depois passem por cá a contar as histórias. Há sempre algo para contar.
 

Trizade

Well-Known Member
Para ir para a cauda do grupo e aguentar a roda até conseguir.
Mas dito assim com ar empertigado. :D
Não deixavam ninguém fora do grupo deles puxar. Nem andar no meio. Diziam logo para ir lá para trás.
Mas eu isso até percebo...
Primeiro o puxar. Eles querem um determinado ritmo, e então querem só os do grupo a puxar para manter o ritmo. Não vejo nada de mal nisso.
A parte do não deixar andar no meio, ainda percebo mais e concordo. Eles são um grupo. Estão habituados a andar uns com os outros. Sabem lá eles se tu (ou qq outra pessoa que se tente juntar) sabes andar em grupo? Imagina que eles te deixavam entrar no meio e tu nunca tinhas andado em grupo e não estavas nada confortável a andar no meio deles e provocavas um acidente?
As probabilidades de isso acontecer contigo na cauda do grupo diminuem substancialmente...
Sinceramente, pelas razões que deste, não vejo mal nenhum e concordo com a duas.
Agora o tom com que isto te foi dito foi empertigado como tu dizes, aí poderá se apontar qualquer coisa. Mas as razões em si, não vejo qualquer questão.
 

jpacheco

Well-Known Member
Mas eu isso até percebo...
Primeiro o puxar. Eles querem um determinado ritmo, e então querem só os do grupo a puxar para manter o ritmo. Não vejo nada de mal nisso.
A parte do não deixar andar no meio, ainda percebo mais e concordo. Eles são um grupo. Estão habituados a andar uns com os outros. Sabem lá eles se tu (ou qq outra pessoa que se tente juntar) sabes andar em grupo? Imagina que eles te deixavam entrar no meio e tu nunca tinhas andado em grupo e não estavas nada confortável a andar no meio deles e provocavas um acidente?
As probabilidades de isso acontecer contigo na cauda do grupo diminuem substancialmente...
Sinceramente, pelas razões que deste, não vejo mal nenhum e concordo com a duas.
Agora o tom com que isto te foi dito foi empertigado como tu dizes, aí poderá se apontar qualquer coisa. Mas as razões em si, não vejo qualquer questão.

Não concordo nada por um motivo, mas entendo! Se vai ao Troia Sagres já sabe que vai levar com muitos ciclistas. Quer fazer aquilo só com o grupo dele, que vá noutra data. E se queria que ninguém subisse no grupo deixava um elemento da equipa, ou dois atrás a fazer de tampão.

Depois a melhor maneira de deixar alguém para trás nestas coisas é realmente obriga-los a passar pela frente mas a manter ritmo e incentivar a ficar mais, mais, mais... porque a seguir quando vai para trás, preferencialmente num ligeiro topo, o grupo mete o pé a fundo e ai é que se vê quem tem estofo. Ir atrás, sempre, é uma brincadeira.
 

NULL

Moderador
Staff member
Mas eu isso até percebo...
Primeiro o puxar. Eles querem um determinado ritmo, e então querem só os do grupo a puxar para manter o ritmo. Não vejo nada de mal nisso.
A parte do não deixar andar no meio, ainda percebo mais e concordo. Eles são um grupo. Estão habituados a andar uns com os outros. Sabem lá eles se tu (ou qq outra pessoa que se tente juntar) sabes andar em grupo? Imagina que eles te deixavam entrar no meio e tu nunca tinhas andado em grupo e não estavas nada confortável a andar no meio deles e provocavas um acidente?
As probabilidades de isso acontecer contigo na cauda do grupo diminuem substancialmente...
Sinceramente, pelas razões que deste, não vejo mal nenhum e concordo com a duas.
Agora o tom com que isto te foi dito foi empertigado como tu dizes, aí poderá se apontar qualquer coisa. Mas as razões em si, não vejo qualquer questão.

Esse comportamento percebe-se nas voltas do dia a dia, num evento como o Tróia-Sagres soa um bocado a arrogância e fora de contexto. Com todo o respeito por quem pedala acho que essa filosofia não se enquadra num evento desses.
 
Top