Poupanças e investimentos

cou7inho

Well-Known Member
É um maroto, a mim parece-me que ele ja sabia que a Activision ia ser comprada :cool: assim é facil fazer dinheiro oh Buffett!
Muito provavel.
Se bem já circulavam rumores que a Microsoft ia adquirir a activision, tal como tem feito com muitas outras empresas do ramo (embora fosse dificil para a maioria acreditar que tal negocio acontecesse).
 

Velhadas

Well-Known Member
Na biografia dele há uma história em que penso que era a CEO do NYTimes a dar uma festa às pessoas mais importantes dos EUA. Fez questão de chamar um grande Chef francês...
Na festa ela reparou que o Buffett não comia nada... então perguntou-lhe:
- Queres que peça ao Chef outra coisa? Um hambúrguer?
E ele disse que podia ser um hambúrguer...
Quando o estava a comer (hambúrguer cozinhado pelo grande Chef) ela perguntou-lhe:
- Então? Estás a gostar?
Ele respondeu:
- Ehhhhheh, prefiro os da hamburgueria de Omaha.
:D:D:D

Hábitos alimentares do Warren

é ... definitivamente o dinheiro não compra boa educação
 

Negoci8er

Well-Known Member
é ... definitivamente o dinheiro não compra boa educação

Em relação a esta questão, não lhe chamaria falta de educação... (é mesmo o jeito dele) :rolleyes:
Ele nunca teve jeito para mulheres (namoro e vida conjugal), família e "vida social" :D (ele assume mesmo)

Mas quanto aos princípios de honestidade e honra nos negócios sempre foram os seus pilares. (mas nunca sabemos tudo) ;)
 

Velhadas

Well-Known Member
Em relação a esta questão, não lhe chamaria falta de educação... (é mesmo o jeito dele) :rolleyes:
Ele nunca teve jeito para mulheres (namoro e vida conjugal), família e "vida social" :D (ele assume mesmo)

Mas quanto aos princípios de honestidade e honra nos negócios sempre foram os seus pilares. (mas nunca sabemos tudo) ;)

se ele fosse pobre era falta de educacao, sendo rico já não é?
 

Negoci8er

Well-Known Member
se ele fosse pobre era falta de educacao, sendo rico já não é?

Não penso que seja essa a questão.
Se fosse eu, tentava dourar a coisa e dizia que o Chef cozinha bem e o hambúrguer está muito bom. (tentava retribuir a simpatia de fazerem o esforço para me agradar)

Ele foi sincero, mas não foi rude, nem mal educado.
(isto de tentar agradar penso que também é muito cultural nosso) ;)
 

Velhadas

Well-Known Member
Não penso que seja essa a questão.
Se fosse eu, tentava dourar a coisa e dizia que o Chef cozinha bem e o hambúrguer está muito bom. (tentava retribuir a simpatia de fazerem o esforço para me agradar)

Ele foi sincero, mas não foi rude, nem mal educado.
(isto de tentar agradar penso que também é muito cultural nosso) ;)

nao só nosso. Alias onde eu vivo é bastante mais evidente isso. Basta dizer que quando cheguei a este bairro todos os vizinhos da minha rua vieram me visitar e trazer uma garrafa de vinho e uma caixa de bombons

Os vinhos eram uma bela merda como quase todos os vinhos aqui, mas isso não quer dizer que eu lhes fosse dizer "Já bebi melhor"

eu considero isso extremamente rude e de muito má educação.

Estes riquinhos conhecidos são como crianças mimadas que dizem tudo o que lhes apetece porque as pessoas tem medo de lhes chamar a atencao.

mas que foi extremamente rude, foi
 

Negoci8er

Well-Known Member
nao só nosso. Alias onde eu vivo é bastante mais evidente isso. Basta dizer que quando cheguei a este bairro todos os vizinhos da minha rua vieram me visitar e trazer uma garrafa de vinho e uma caixa de bombons

Os vinhos eram uma bela merda como quase todos os vinhos aqui, mas isso não quer dizer que eu lhes fosse dizer "Já bebi melhor"

eu considero isso extremamente rude e de muito má educação.

Estes riquinhos conhecidos são como crianças mimadas que dizem tudo o que lhes apetece porque as pessoas tem medo de lhes chamar a atencao.

mas que foi extremamente rude, foi

São formas de ver as coisas...
Se leres o livro, vais ver que tem uma carga irónica a situação, mas nunca rude.
A biógrafa Alice Schroeder, tem uma escrita muito cativante e antes de escrever a biografia dele fez muitas reuniões com ele para o tentar compreender bem antes de escrever sobre ele. ;)
 

Negoci8er

Well-Known Member
Para quem estiver interessando em investir algumas poupanças e recuperar uns euros no IRS:

PPR: qual o benefício fiscal em sede de IRS?
  • menos de 35 anos, pode deduzir, no máximo, 400 euros, desde que aplique 2000 euros no PPR;
  • entre 35 e 50 anos, pode deduzir até 350 euros, desde que aplique 1750 euros;
  • a partir dos 50 anos, pode deduzir até 300 euros, desde que aplique 1500 euros.
Tem até ao final do ano para fazer o PPR e sonhar com umas pedaladas mais tranquilas na reforma. :)
 

jpacheco

Well-Known Member
Para quem estiver interessando em investir algumas poupanças e recuperar uns euros no IRS:

PPR: qual o benefício fiscal em sede de IRS?
  • menos de 35 anos, pode deduzir, no máximo, 400 euros, desde que aplique 2000 euros no PPR;
  • entre 35 e 50 anos, pode deduzir até 350 euros, desde que aplique 1750 euros;
  • a partir dos 50 anos, pode deduzir até 300 euros, desde que aplique 1500 euros.
Tem até ao final do ano para fazer o PPR e sonhar com umas pedaladas mais tranquilas na reforma. :)
é sem duvida o melhor investimento anual que se pode fazer. É preciso é haver sobras para o fazer :eek:

@Mendas tens que falar com a tua entidade bancária e ver se têm algum fundo ou seguro PPR onde possas investir.

Lê as diferenças entre elas, pois nuns existem mais risco e nos outros não - https://www.deco.proteste.pt/dinhei...icias/fundos-ppr-seguros-ppr-quais-diferencas

Existem vários. Se fosse. A ti lia qualquer coisa antes de investir.
 

jocarreira

Well-Known Member
Para quem estiver interessando em investir algumas poupanças e recuperar uns euros no IRS:

PPR: qual o benefício fiscal em sede de IRS?
  • menos de 35 anos, pode deduzir, no máximo, 400 euros, desde que aplique 2000 euros no PPR;
  • entre 35 e 50 anos, pode deduzir até 350 euros, desde que aplique 1750 euros;
  • a partir dos 50 anos, pode deduzir até 300 euros, desde que aplique 1500 euros.
Tem até ao final do ano para fazer o PPR e sonhar com umas pedaladas mais tranquilas na reforma. :)
Faltam aí vários asteriscos, assim de repente aqueles que me lembro:
- Se depois quiserem resgatar o dinheiro fora das condições previstas, quem usufruir desse benefício "à entrada" tem que o devolver majorado de 10% por cada ano decorrido;
- Dependendo das deduções à coleta que já têm através de outras despesas (gerais, saúde, educação, etc) podem não conseguir ir buscar o benefício máximo.

Portanto, tal como o @jpacheco diz, informem-se bem antes de investir.
 

Negoci8er

Well-Known Member
O modo como coloquei os benefícios fiscais, foi mais em forma de lembrete de final de ano, do que explicação. :)

Claro que nestas coisas, temos sempre que ver muito bem as condições de cada investimento, e se, se aplicam a nós.

Pessoalmente tenho dois PPR, um com capital garantido e outro sem.
O que tem capital garantido (menor risco e menor rentabilidade), era de uma entidade financeira francesa que entretanto o vendeu a uma financeira chinesa... :rolleyes:
Embora seja de capital garantido, deixa-me com algumas reticências...

O outro, sem capital garantido, tem maior risco, mas maior potencial (neste momento está a desvalorizar na média dos vários anos).

Vejo um PPR como uma almofada a longo prazo (reforma), que tem um retorno imediato interessante em forma de reembolso de IRS (no meu caso), e a longo prazo vai capitalizando.

A legislação também prevê que neste momento de crise as pessoas com PPR's possam levantar sem penalizações o valor mensal máximo igual ao RSI 417.25€ (condições a confirmar oficialmente).

Volto a referir, cada um deve verificar se a bicicleta se adequa à utilização que lhe quer dar. ;)
 

moshinho

Well-Known Member
O ppr é dinheiro para esquecer. Não irás ganhar nada com ele. Na idade da reforma terás lá praticamente o mesmo que colocaste. As taxas hoje em dia são mínimas e quando fazes o ppr são debitados custos. Ainda ficas com menos do que colocaste e depois no final dele tens mais ou menos a mesma coisa. Se fizeres o resgate antes do tempo, custos também.
Acaba por ser uma gestão do dinheiro.
O banco ganha por ter lá o teu dinheiro e também para o investirem com ele e tu não o gastas.
 

antunesfilipee

Well-Known Member
....

A legislação também prevê que neste momento de crise as pessoas com PPR's possam levantar sem penalizações o valor mensal máximo igual ao RSI 417.25€ (condições a confirmar oficialmente).

....
Valor esse que pode ser utilizado para voltar a meter num PPR (o mesmo ou outro qualquer). Ganhando novamente o benefício fiscal em sede de IRS :)
 

Negoci8er

Well-Known Member
O ppr é dinheiro para esquecer. Não irás ganhar nada com ele. Na idade da reforma terás lá praticamente o mesmo que colocaste. As taxas hoje em dia são mínimas e quando fazes o ppr são debitados custos. Ainda ficas com menos do que colocaste e depois no final dele tens mais ou menos a mesma coisa. Se fizeres o resgate antes do tempo, custos também.
Acaba por ser uma gestão do dinheiro.
O banco ganha por ter lá o teu dinheiro e também para o investirem com ele e tu não o gastas.
Depende do que consideras para esquecer?

Logo à partida em qualquer valor (2000, 1750 ou 1500€) tens logo um retorno garantido de 20%. Qual o investimento garantido que te dá de retorno 20%, sem risco? ;)

Depois e apesar das comissões, a rentabilidade anual média e bem superior aos depósitos a prazo.
Alguns fundos capitalizam os lucros, o que o torna interessante ao longo do tempo...

Como disse o @jpacheco, atrás, também considero um PPR o melhor investimento a longo prazo para pequenas poupanças.

@moshinho, queres rentabilidade?
Entra nos CFD's, FX's e por aí com investimentos alavancados... (mas não vais dormir de noite, nem pedalar descansado) :)
 

antunesfilipee

Well-Known Member
O ppr é dinheiro para esquecer. Não irás ganhar nada com ele. Na idade da reforma terás lá praticamente o mesmo que colocaste. As taxas hoje em dia são mínimas e quando fazes o ppr são debitados custos. Ainda ficas com menos do que colocaste e depois no final dele tens mais ou menos a mesma coisa. Se fizeres o resgate antes do tempo, custos também.
Acaba por ser uma gestão do dinheiro.
O banco ganha por ter lá o teu dinheiro e também para o investirem com ele e tu não o gastas.
Isto diz tudo e não diz nada... PPRs há muitos.
E só o facto de meter 2000€ num PPR faz com que se fique com 2400€ (depende da idade claro) logo com o IRS... Como é que dizes que não se ganha nada com um PPR?
 

jpacheco

Well-Known Member
@moshinho eu se tivesse 1400 euros para queimar todos os anos era onde metia. Com os 350 do ano passado estarias com um ganho anual de 20% só em benefícios do estado. Depois tens 2 vertentes dos PPR´s e é aí que tens que estudar a coisa. Se queres um seguro não irás ter quase ganho nenhum mas tens capital garantido se quiseres um fundo poderás ter ganhos maiores mas o capital pode não ser garantido, é preciso mais confiança.

Claro que em 10 anos irias investir 14000 euros e ter 3500 em beneficios fiscais. Mas para quem tem muito dinheiro e está constantemente a perder com inflação este acaba por ser um dos poucos investimentos seguros. Em 10 anos 17500 fora os ganhos com o fundo / seguro.

PPR em forma de Seguro normalmente são usados por pessoas mais velhas perto da idade da reforma para garantir que não perdem capital.
Pessoas mais novas normalmente adquirem fundos, mas atenção, convem ser fundos que não cobrem comissões de transferência quando quiserem movimentar dinheiro para outros produto PPR.

Mas idealmente falar com alguém da área.

Atualmente com a crise não estou a ver produto nenhum que não tenha levado uma palmada valente. Outra coisa destes investimentos é que aproveitar o beneficio fiscal estes produtos só podem ser levantados na idade da reforma ou outra condições muito especiais.
 
Top