Giro d'Italia 2022

jpacheco

Well-Known Member
Na verdade com os discos, nas bicicletas de estrada, trouxe maior facilidade de travagem na posição das manetas. Metes lá um dedo no travão e chega. Dantes era impensável. Precisavas de poder de travagem nos drops com a mão toda. Acho que se continua a ter maior controlo nos drops em quase todas as situações de descida, corrida, etc, mas depois vai de cada atleta. Mas acho que os discos trouxeram outra segurança e facilidade para andar nos hoods.
 

Cláudio

Well-Known Member
Está a chover e frio. O João não se costuma dar muito bem nestas condições. Esperemos que não perca muito tempo hoje e até ganhe se for possível
 

malho

Active Member
Realmente já se começa a tornar um meme o João ficar para trás e ficar sempre ali a poucos metros. O tempo que os adversários ganham acaba por ser só a vantagem do ataque inicial. Depois são incapazes de fazer mais. Vai bem encaminhado para o pódio e a vitória continua ao alcance.
Ele faz lembrar o comboio da sky mas a solo, atacam mas acabam por nao fugir e voltam a ser engolidos pela besta :)
 

petrix

Well-Known Member
A questão de descer nas manetes ou nos drops acho que é secundário, eu também desço nas manetes e não é por isso que desço mal... ainda neste fim de semana no Médio Tejo Granfondo quando ia no pelotão principal, passei o pessoal quase todo a descer, aliás no Porto Gaia Granfondo fiz KOM numa descida...:cool:... é preciso é ter kit de unhas... :p
 

kostaviks

Well-Known Member
A questão de descer nas manetes ou nos drops acho que é secundário, eu também desço nas manetes e não é por isso que desço mal... ainda neste fim de semana no Médio Tejo Granfondo quando ia no pelotão principal, passei o pessoal quase todo a descer, aliás no Porto Gaia Granfondo fiz KOM numa descida...:cool:... é preciso é ter kit de unhas... :p
E ser tolo qb :p
 

Afonso_Albufeira

Well-Known Member
Acho que estás a ser um pouco pessimista, não acho a rosa uma ilusão. O meu primeiro post neste tópico até acho que foi "o João vai ganhar o giro". Não é assim tão improvável quanto isso.

É verdade que podia ter uma equipa melhor, outro posicionamento, etc, mas neste momento ele não está assim tão longe de conseguir ganhar. Basta um dia menos bom dos outros para ele voltar a reduzir a diferença e ficar ao alcance da vitória no ITT.

Isto também não significa que terminar em 2º ou 3º seja mau resultado, muito pelo contrário, objetivo da equipa desde o inicio que foi o pódio. Por muitas criticas que se possam fazer à UAE, no que toca à gestão de expectativas em relação ao João, sempre foram bastante realistas em relação ao que ele pode fazer. Desconfio que também tenha sido isso que o levou a assinar pela UAE em detrimento de outras equipas. Fico com a ideia que lhe apresentaram um plano de progressão realista para os próximos 5 anos e com garantias de que ia ser um dos lideres da equipa.
Amiga Carolina, não sou pessimista, sou realista. Aceito a tua opinião mas não concordo (acho que não é crime). Nas presentes condições, a camisola rosa é uma ilusão. É a minha opinião (Deus queira que me engane).
 

Bernalve

Well-Known Member
A questão de descer nas manetes ou nos drops acho que é secundário, eu também desço nas manetes e não é por isso que desço mal... ainda neste fim de semana no Médio Tejo Granfondo quando ia no pelotão principal, passei o pessoal quase todo a descer, aliás no Porto Gaia Granfondo fiz KOM numa descida...:cool:... é preciso é ter kit de unhas... :p

Passas-te ? Não te vi lá. Estou a me meter contigo.

Eu que descço mal, achei relativamente fácil acompanhar a malta a descer. A malta estava bastante cuidadosa. Era só largar um pouco mais o travão que dava para passar aqueles que ainda estavam a descer com mais cuidado.

Comparativamente com os pros, eles descem mesmo muito rápido. Quando nós vamos a a 50/60 todos borrados. Eles vão a 70 e 80 antes de abordarem um curva. é outra coisa.
 

nunokas

Well-Known Member
Adoro descer, venho do BTT e até me safo bem nas descidas...agora só me c@go todo se surgir o horrível "wobble of death" que é um factor que muitos desconhecem mas causador de muitos despistes.
 

kostaviks

Well-Known Member
Adoro descer, venho do BTT e até me safo bem nas descidas...agora só me c@go todo se surgir o horrível "wobble of death" que é um factor que muitos desconhecem mas causador de muitos despistes.
Explica lá isso do wobble of dead
 

nunokas

Well-Known Member
Mas desde quando é que isso acontece numa bicicleta??? o_O

Aí é exacerbado mas o shimming, não sei se existe termo especifico em português, pode ser assustador. É uma ressonância que se vai propagando e quanto mais tenso, pior. As causas podem ser várias e ainda não há um consenso geral para a sua origem.
 

RSilva

Well-Known Member
Mas desde quando é que isso acontece numa bicicleta??? o_O
Já apanhei um susto desse tipo a descer com rodas de 50mm de perfil e pneu 22mm, basta vento lateral que gere alguma turbulência, só me aconteceu uma vez, deve ser raro, mas é possível
 
Top