Doping

jpacheco

Well-Known Member
Como disse desde o primeiro dia deve-se punir EXEMPLARMENTE todos aqueles que se confirme a sua culpa. Se chegaram a estas punições certamente terão todos os elementos suficientes para as sustentar. Não pode haver tolerância para as questões do doping!

Espero que estas punições sirvam para todos os que passaram pelos pingos da chuva meditarem e aproveitarem a oportunidade para mudarem também as suas políticas. A ADOP devia aproveitar a oportunidade de limpar de vez a modalidade, não deve haver tréguas agora... se é para limpar que se faça uma limpeza transversal.
Adop tem novas regras para o proximo ano. As equipas vão ter que gastar mais dinheiro para inscrever os atletas, e adop pelo que li tem financiamento do governo para suportar Passaporte Biologico para todos os atletas. Agora haverá muito pouco espaço de manobra para abusos desmedidos nas equipas continentais portuguesas.

Vamos esperar que seja suficiente.

 

cenazia

Well-Known Member
Pelo que está indicado no Record:

O Rodrigues foram 4 anos pelo passaporte biológico pela UCI, todos os castigados teriam levado 4 anos também pela ADOP por posse de substâncias proibidas e métodos proibidos, mas como admitiram a violação levaram só 3.

O staff, o Brandão e o Gonçalves não admitiram a violação e o processo ainda está a decorrer, pelo que entendo levarão 4 anos caso sejam considerados culpados
 

NULL

Moderador
Staff member
Adop tem novas regras para o proximo ano. As equipas vão ter que gastar mais dinheiro para inscrever os atletas, e adop pelo que li tem financiamento do governo para suportar Passaporte Biologico para todos os atletas. Agora haverá muito pouco espaço de manobra para abusos desmedidos nas equipas continentais portuguesas.

Vamos esperar que seja suficiente.


Todos os atletas da W52 tinham passaporte... pelos vistos nem isso foi impedimento para determinado tipo de práticas.
 

s0me0ne

Well-Known Member
Novos dados divulgados

A ADoP actualizou então nesta Terça-Feira a lista de atletas suspensões e a lista de ciclistas aumentou e muito. A 6 dos corredores foi aplicada uma suspensão de 3 anos por “posse de substância proibida e método proibido”, sendo que a Agência especifica estas substâncias, tal como listado abaixo:

  • Rui Vinhas e Daniel Mestre – Betametasona;
  • Ricardo Mestre – Somatropina,
  • José Neves – Hormona de crescimento humana
  • Samuel Caldeira – Hormona de crescimento humana, Somatropina, Insulina Humana
  • Ricardo Vilela – somatropina, hormona luteinizante e Timosina.

Se as substancias estavam na posse dos atletas na altura das buscas durante o "GP O Jogo" é completamente incompreensível!
Voltamos à época da US Postal ou por outro lado estariam tão certos que não iriam ser controlados?:eek:
 

GUR

Member
Como disse desde o primeiro dia deve-se punir EXEMPLARMENTE todos aqueles que se confirme a sua culpa. Se chegaram a estas punições certamente terão todos os elementos suficientes para as sustentar. Não pode haver tolerância para as questões do doping!

Espero que estas punições sirvam para todos os que passaram pelos pingos da chuva meditarem e aproveitarem a oportunidade para mudarem também as suas políticas. A ADOP devia aproveitar a oportunidade de limpar de vez a modalidade, não deve haver tréguas agora... se é para limpar que se faça uma limpeza transversal.
Agora vamos ver senão haverá outra punição (legal) do MP do DIAP do Porto, visto que a investigação continua, por posse de substancias proibidas etc.
 

s0me0ne

Well-Known Member
Todos os atletas da W52 tinham passaporte... pelos vistos nem isso foi impedimento para determinado tipo de práticas.
@NULL mais algum atleta chegou a acusar alguma substancia proibida, além do João Rodrigues, nas noticias desde o inicio falam em posse!
 

NULL

Moderador
Staff member
@NULL mais algum atleta chegou a acusar alguma substancia proibida, além do João Rodrigues, nas noticias desde o inicio falam em posse!

Nenhum acusou positivo... nem o João, o João ao que parece tem irregularidades no passaporte, não acusou positivo. Todos os outros foram suspensos por posse de subs. proibidas... sobretudo hormonas de crescimento e corticóides.
 

jpacheco

Well-Known Member
Todos os atletas da W52 tinham passaporte... pelos vistos nem isso foi impedimento para determinado tipo de práticas.

Pelo que tenho lido os controlos eram aleatórios e não tão completos e não era feito a toda a gente, a tal falta de dinheiro. Agora será feito de uma forma regular e a toda a gente. Para se apanhar irregularidades deve ser preciso essa regularidade de testagem. Se encontrar referências para o que disse depois coloco aqui, já não recordo onde foi.
 

jpacheco

Well-Known Member
Pelo que tenho lido os controlos eram aleatórios e não tão completos e não era feito a toda a gente, a tal falta de dinheiro. Agora será feito de uma forma regular e a toda a gente. Para se apanhar irregularidades deve ser preciso essa regularidade de testagem. Se encontrar referências para o que disse depois coloco aqui, já não recordo onde foi.
Acho que o software se chamava PISCO:

"ADoP utiliza um sistema informático denominado PISCO (Programa Informático de Sorteio de Controlos de Dopagem), que garante a confidencialidade dos controlos a realizar."

Manual de Luis Horta.
 

NULL

Moderador
Staff member
Acho que o software se chamava PISCO:

"ADoP utiliza um sistema informático denominado PISCO (Programa Informático de Sorteio de Controlos de Dopagem), que garante a confidencialidade dos controlos a realizar."

Manual de Luis Horta.

O sistema que o pessoal estava inserido, pelo menos os internacionais, era o ADAMS. Havia pelo menos 3 ou 4 colheitas surpresa por ano.
 

Rapido

Well-Known Member
Que facada no ciclismo nacional.

Pessoalmente é uma desilusão enorme, principalmente o Rodrigues. Mas por outro lado, e como já disseram, espero que sirva de exemplo e que todos pensem bem antes de tomarem alguma decisão idiota. Quero que as equipas portuguesas dêem cartas e que tenhamos melhores ciclistas mas de forma limpa pff.
 

qwerAC

Well-Known Member
Mas a malta ainda acredita em conto de fadas? Se nem com o Armstring isto mudou, nunca irá mudar. A verdade é que sem doping, os ciclistas são uns meros aguadeiros no pelotão. Como diz o outro "dopar-se é como encher os pneus da bicicleta, faz parte do dia a dia"
 

Jocas22

Member
Nada muda, nem mudará, tudo funcionou, nem sequer foram apanhados por uso.
O que "falhou" resolve-se facilmente, é só ser menos estupido, ou neste caso minimamente inteligente. Eu diria que os outros todos aprenderam a lição mas nem isso, a lição já tinham aprendido há muito tempo.
 
ninguém aprendeu nada com isto, bem se viu na vorta a Portugal o que foi, a inica coisa que foi possível ver, é que toma umas coisinhas e quem enche o copo. contei 5 ainda de copo cheio na volta, são menos e mais se destacam...
quando apanham1 aparecem2 dispostos a tomar o lugar
 

NULL

Moderador
Staff member
ninguém aprendeu nada com isto, bem se viu na vorta a Portugal o que foi, a inica coisa que foi possível ver, é que toma umas coisinhas e quem enche o copo. contei 5 ainda de copo cheio na volta, são menos e mais se destacam...
quando apanham1 aparecem2 dispostos a tomar o lugar
:D:D:D
 
Top