Treinos nocturnos (Estrada)

torui

Well-Known Member
#22
Muito bom Lol.

Tunning para bicicletas!! Não é muito a minha onda mas o efeito prático justifica!

Já agora, como é que isso se carrega?? Ou é de utilização única e depois »»»» lixo?
Isso dá um efeito brutal no meio do escuro, nem te passa pela cabeça o quanto é fixe a iluminação com este sistema. Isso leva umas pilhas muito pequenas que costumam ser utilizadas em relógios, não me recordo agora qual a referência.
Quando utilizava isso, cada conjunto de pilhas dava sensivelmente para um mês.
Ainda tenho o material guardado, tenho que ver é onde heheheheh
 
#26
O que acham deste kit para umas saídas ao fim do dia início da noite? Valerá a pena? Bicicleta estrada.
https://www.bikeinn.com/loja-ciclismo/sigma-buster-100-hl-nugget-ii-flash-set/136828373/p
120 lúmens dá apenas para ser notado pelos carros que vem de frente. Em termos de visibilidade da estrada não creio que seja sequer perto de utilizável mal as condições piorem.

Se andares devagar em zonas com iluminação chegará para ter alguma segurança. Mas a gastar dinheiro, tenta ter pelo menos 400 lúmens á frente. Com isso já é possível ter alguma visibilidade da estrada.

Mas tudo depende do que realmente queres. A minha recomendação é que compres algo decente. Por vezes por mais 10 ou 20 euros a diferença é monumental.

Após seguir algumas recomendações da malta aqui, inclusive a necessidade de redundância de luzes para segurança, eis o meu setup.

- Blackburn dayblazer 1100 na frente (máximo de 1100 lúmens mas está quase sempre em 400 para ter alguma durabilidade de bateria),
- Lezyne 500XL atrás para iluminação atrás de mim (max 500 Lúmens mas está quase sempre em modo pisca a 100 lúmens para poupança servindo também assim para backup caso fique sem energia na frente),
- Sigma Blaze com acelerómetro que reage às travagens e à luminosidade ambiente

https://streamable.com/lq3bnx
 

pratoni

Well-Known Member
#27
120 lúmens dá apenas para ser notado pelos carros que vem de frente. Em termos de visibilidade da estrada não creio que seja sequer perto de utilizável mal as condições piorem.

Se andares devagar em zonas com iluminação chegará para ter alguma segurança. Mas a gastar dinheiro, tenta ter pelo menos 400 lúmens á frente. Com isso já é possível ter alguma visibilidade da estrada.

Mas tudo depende do que realmente queres. A minha recomendação é que compres algo decente. Por vezes por mais 10 ou 20 euros a diferença é monumental.

Após seguir algumas recomendações da malta aqui, inclusive a necessidade de redundância de luzes para segurança, eis o meu setup.

- Blackburn dayblazer 1100 na frente (máximo de 1100 lúmens mas está quase sempre em 400 para ter alguma durabilidade de bateria),
- Lezyne 500XL atrás para iluminação atrás de mim (max 500 Lúmens mas está quase sempre em modo pisca a 100 lúmens para poupança servindo também assim para backup caso fique sem energia na frente),
- Sigma Blaze com acelerómetro que reage às travagens e à luminosidade ambiente

https://streamable.com/lq3bnx
não me parece boa ideia teres uma luz branca a piscar na traseira.

para trás tem que ser vermelha!
 
#28
não me parece boa ideia teres uma luz branca a piscar na traseira.

para trás tem que ser vermelha!
Tenho vermelha a iluminar para trás como é nromal. A branca está a piscar para o chão. Ajuda e muito a ser reconhecido mais rapidamente em zonas escuras e com pouca visibilidade como, por exemplo, curvas com vegetação etc.
 
#30
Atrás são proibidas luzes brancas...
Não está a iluminar para trás. Está no espigão do selim mas a iluminar exclusivamente para o chão.

Qualquer automobilista que siga atrás não em a luz virada para ele mas nota bem a presença da bicicleta por que a estrada acaba por estar visível.
 

torui

Well-Known Member
#31
Não está a iluminar para trás. Está no espigão do selim mas a iluminar exclusivamente para o chão.

Qualquer automobilista que siga atrás não em a luz virada para ele mas nota bem a presença da bicicleta por que a estrada acaba por estar visível.
Se apanhares agentes de autoridade que levem o Código da Estrada à risca, já estás em "apuros".

Isto é o que o Código da Estrada nos diz:
Disposições Gerais sobre as Luzes

As características das luzes e dos refletores existentes nos veículos devem estar em conformidade com as normas regulamentares sobre estes acessórios, nomeadamente:

  • É proibida a utilização de luzes ou refletores vermelhos dirigidos para a frente ou luzes ou refletores brancos dirigidos para a retaguarda, com exceção:
  • Da luz de marcha atrás e da luz da chapa de matrícula.
  • Das luzes de trabalho brancas ou amarelas existentes em veículos de pronto socorro, tratores de mercadorias e veículos especiais de limpeza urbana, instaladas à retaguarda ou lateralmente.
  • As luzes instaladas nos veículos têm sempre carácter permanente.
  • As luzes da mesma natureza e tipo têm de ser todas da mesma cor.
 

jocarreira

Well-Known Member
#32
No caso dos velocípedes, a luz traseira tem que ser vermelha e pode ser contínua ou intermitente.
Já a luz dianteira tem que ser branca e contínua. Neste ponto ando "ilegal" porque tenho a Bontrager Ion 200 RT no modo intermitente. Mas comprei numa loja em Portugal e paguei o respectivo IVA, portanto se a luz fosse ilegal ela nem deveria poder ser vendida cá, é a minha maneira de ver a coisa.
Na Alemanha são proibidas luzes intermitentes e por isso encontramos em muitas lojas online essa indicação que não podem enviar para a Alemanha.
 

jocarreira

Well-Known Member
#33
Já agora, penso que os refletores também são obrigatórios (mas aqui acho que só se o veiculo for vendido com eles). No fundo há aqui um grande vazio legal pois não há nenhuma certificação ou inspeção a velocípedes portanto essas questões dependem um pouco do senso comum e se o agente da autoridade está bem disposto ou não.
De qualquer maneira reforço que luz traseira deve ser sempre vermelha. Isso serve também como uma indicação do teu sentido de deslocação para quem vê ao longe.
 
#34
Se apanhares agentes de autoridade que levem o Código da Estrada à risca, já estás em "apuros".

Isto é o que o Código da Estrada nos diz:
Disposições Gerais sobre as Luzes

As características das luzes e dos refletores existentes nos veículos devem estar em conformidade com as normas regulamentares sobre estes acessórios, nomeadamente:

  • É proibida a utilização de luzes ou refletores vermelhos dirigidos para a frente ou luzes ou refletores brancos dirigidos para a retaguarda, com exceção:
  • Da luz de marcha atrás e da luz da chapa de matrícula.
  • Das luzes de trabalho brancas ou amarelas existentes em veículos de pronto socorro, tratores de mercadorias e veículos especiais de limpeza urbana, instaladas à retaguarda ou lateralmente.
  • As luzes instaladas nos veículos têm sempre carácter permanente.
  • As luzes da mesma natureza e tipo têm de ser todas da mesma cor.
Não creio que esteja em apuros.

Conforme disse, a luz branca de apoio que tenho não está de modo nenhum a apontar para trás. Está exclusivamente a apontar para o chão iluminando unicamente a estrada por baixo da bicicleta de modo que não está incluída nestas alíneas.

Fora isso tenho luz branca à frente e vermelha atrás como manda a lei.

Tenho é de ter mais cuidado com a intermitência pois por vezes uso este modo aquando o "lusco fusco" para poupar alguma bateria.
 

NULL

Moderador
Staff member
#38
Fod****!

Comprei a correia de borracha para a luz Lezyne e quando ela chegou vou para o primeiro treininho de fim de tarde e a luz parece que morreu!

Ao carregar a luz intermitente acende mas nunca fica fixa... ficou toda a noite a carregar e continua intermitente... não acende de forma nenhuma!
 
#39
Andei a fazer uns noturnos de BTT durante o verão, quando o tempo (familiar o permitia), e passei de uma luz Solarstorm que tinha comprado no OLX talvez à uns 3 anos para uma KNOG.
A solarstorm que tinha, tinha uma boa projeção de luz, contudo a bateria era externa, e a autonomia era uma treta.

Preferi gastar mais uns €'s e fui buscar uma Knog Power trail, fiz cerca de 4 saidas de 3 horas +/- a alternar entre o "pisca pisca" e o full power, até a bateria ficar com pouca autonomia.

O pisca pisca durante o dia dá bastante claridade e o flash é forte o suficiente para sermos BEM vistos, o full power tem uma jarda enorme, zona do Cabo Espichel (no mato - 22h +/- sem luz da lua) e a iluminação da luz é suficiente.

Tem a vantagem de (para quem faz tiradas grandes) servir de Powerbank