Report KOM's no Strava

Duke

Well-Known Member
#23
no strava onde escolhes o tipo de actividade (bike, corrida, etc) já existe a opção de escolheres E-Bike, é tudo uma questão de haver honestidade e o cuidado de corrigir a actividade
 

zorza

Well-Known Member
#26
É como disse..ou acha que quem tem dinheiro pra uma elétrica e queira se mostrar no strava não tem dinheiro também para um GPS completo ?
Não concordo .

Ter dinheiro ou não, não quer dizer que o apliquemos num GPS. Uma unidade que para muitos está desatualizada, com imensas limitações e que para muitas muitas voltas, um teleómvel faz o mesmo. Exemplo: O meu! Não tenho garmin por opção. Uso telemóvel. Tenho Powermeter, banda de HRM e cadência, tudo a ser gravado nas minhas voltas.. Não são por 1 segundo diferentes de se fossem gravadas por um GPS dedicado.

Mas, estamos a fugir ao tópico da conversa.. Sim, quem tenha uma ebike, com GPS ou não, deveria marcar as suas voltas como e-bike. O resto, não interessa.

Zorza
 

SBRDYDY

Well-Known Member
#27
vento de costas é batota? Meio fundo é batota?
Acho que dão valor a mais aos que os outros fazem em vez de se concentrar em melhorar a vossa performance.
O segmento pode ser sempre o mesmo mas todos os outros fatores podem mudar, como vento, se vai em grupo ou sozinho se vai a treinar meio fundo..... etc etc...
 

klaser

Well-Known Member
#30
Não concordo .

Ter dinheiro ou não, não quer dizer que o apliquemos num GPS. Uma unidade que para muitos está desatualizada, com imensas limitações e que para muitas muitas voltas, um teleómvel faz o mesmo. Exemplo: O meu! Não tenho garmin por opção. Uso telemóvel. Tenho Powermeter, banda de HRM e cadência, tudo a ser gravado nas minhas voltas.. Não são por 1 segundo diferentes de se fossem gravadas por um GPS dedicado.

Mas, estamos a fugir ao tópico da conversa.. Sim, quem tenha uma ebike, com GPS ou não, deveria marcar as suas voltas como e-bike. O resto, não interessa.

Zorza
Sim mas és um caso raro..conta-se nos dedos quem tenha HR, cadência e quanto mais potenciômetro a usar isso no telemóvel.... O que eu quis dizer é que os artistas só com app do telemóvel nem dá para dar credibilidade, mas há outros que investem numa elétrica mais um gps completo (até porque é mais fácil q meter isso num telemóvel a dar,não só pelo dinheiro ) para andar a se mostrar por aí...
 
#31
Não liguem muito a essas coisas e pedalem, certo que é chato mas vai sempre existir estas questões.
Quando vi este topico veio logo ao pensamento isto.
Plugin para o strava que semanalmente envia um relatorio de segmentos que fizemos durante a semana. Cabe depois a nos ou não reportar a situação. Tem com base um sistema de pontos onde se irá verificar, sensor cadencia, sensor velocidade,sensor cardiaco.
Ex.
IssueScore No Cadence1 No Heart Rate1 70 kph+ Top Speed 5 Total7
http://www.komdefender.com/


Alguem tambem a muito tempo atras (provavelmente algum anti strava) inventou um sistema de "Doping Stravagastico" o_O
http://road.cc/content/news/84868-digital-epo-smash-your-strava-times…-cheating
 

Bruso

Well-Known Member
#33
Um pouco off-topic:
alguém me explica porquê que um gajo precisa de uma bike elétrica para fazer 144km e para acabar com médias de 44km/h? BIke de estrada elétrica é para as mulheres dos ciclistas. Por exemplo para a minha. Mas de certo que ela não fazia 144km com essa média. Isto é a chamada crise de meia idade, ficam com a panca do ciclismo depois dos 40 mas como não têm espirito de sacrificio para treinar duro vão para este tipo de atalhos.
 
#34
nisso não concordo, cada um anda como quer e pode. nem toda gente gosta de "sofrer" em cima dela...cada um com a sua maneira de "curtir" o ciclismo....uns de elétrica..uns no mato..outros em downhill...single...etc etc
 

pratoni

Well-Known Member
#35
Um pouco off-topic:
alguém me explica porquê que um gajo precisa de uma bike elétrica para fazer 144km e para acabar com médias de 44km/h? BIke de estrada elétrica é para as mulheres dos ciclistas. Por exemplo para a minha. Mas de certo que ela não fazia 144km com essa média. Isto é a chamada crise de meia idade, ficam com a panca do ciclismo depois dos 40 mas como não têm espirito de sacrificio para treinar duro vão para este tipo de atalhos.
Porque se calhar sem motor não conseguia fazer nem metade desses kms e assim consegue aumentar os horizontes das suas voltas...
 

rkixa

Well-Known Member
#39
Eléctricas, monociclos, triciclos com guiador flat, torcido ou bullhorns o que interessa é ver bikes na rua!!!!
Já em competição espero que isso seja bem regulado nunca fiz nenhuma prova de estrada mas em BTT já apanhei eléctricas a dar o ar de sua graça que de graça não tem nenhuma!
 
#40
Este é um não assunto e é uma conversa sem fim
Eu ando de Ebike, por acaso de btt e geralmente em testes, geralmente sempre com GPS e geralmente sempre com fita cardíaca, o conta voltinhas não levo por norma
Geralmente no mês a seguir gostava de trocar o tipo de veiculo, de bicicleta para bicicleta eléctrica, mas não consigo, aparece sempre alguém que acha que tem de ser nesse momento, mesmo eu metendo que é volta de bicicleta eléctrica, depois esse me^s tenho sempre falta de alguns dados de treino
É que mesmo eu indo de btt eléctrica e em teste, aproveito para fazer algum tipo de treino, não sou ciclista de polir cranks
"Já agora deviam de proibir de andar de bicicleta de estrada onde o pessoal cria segmentos com bicicleta de btt, isso é injusto"
Bem quando vou passear o bobi vou menos rápido ou mais descontraído para o não o perder

Isto é preciso é andar de bicicleta, qual???? cada um é que sabe