Recuperação Bianchi

petrix

Active Member
#82
Sim, é possível. Não há muitas com esta cor :cool:
O guiador está quase paralelo ao chão. Nas fotos é que parece que está muito inclinado para cima mas é por causa da posição da foto. De qualquer forma, sim, tem alguma inclinação mas muito reduzida. Mas por enquanto vou deixar assim até de forma a não ficar com tantas dores nas mãos (que foi logo a primeira coisa a aparecer quando fiz os primeiros 5 km:eek:). Também estava com os braços muito tensos... não ajudou nada.

Isto de voltar a ciclar depois de uma década não é tão fácil como possa parecer. Até com os clips estive a ver-me aflito (mas ainda não caí:p) nas primeiras vezes. Agora já fui tirando e metendo até para definir melhor o aperto.

Quanto às velocidades, parecem estar a funcionar bem, embora quando desço de mudança em pressão ainda salta um pouco ali entre a 3 e 4. Mas amanhã rectifica-se.
A bike ficou bem bonita!

O guiador para ficar paralelo ao chão, tem que ser assim:

https://www.google.pt/url?sa=i&rct=...aw0hDakQxjLl--zfCj3whDPJ&ust=1539076527547089

... podes ter é que desapertar as manetes e colocá-las depois mais em cima.
 

AJDantas

Well-Known Member
#83
Aqui ficam as prometidas fotos

A versão inical:


A versão final:
















Ainda enfitei o guiador com umas fitas celeste mas depois ainda decidi mudar um pouco a posição das manetes e lá se foi a fita (por essas e por outras é que até não desgosto das fitas sem cola). Entretanto entre umas brancas e umas pretas que tinha por aí, achei que era mais acertado colocar umas pretas (até porque agora ainda vou tendo de fazer algumas modificações on the go e acaba-se sempre por sujar as mãos :confused:)

Na quinta fiz os primeiros km (5 ou 6) só mesmo para ver se estava tudo bem montado. Ontem teve a sua primeira voltinha de estrada, ou melhor, de ciclovias de Lisboa. Só 12 km para ver como andavam a indexação das mudanças. No poste entravam todas certas mas também é certo que com pressão acabam sempre por levar ajustes.

Quanto a alterações, subi para 10v (cassete 13-26,) com o grupo campagnolo veloce, apenas mantendo o desviador traseiro Centaur e a pedaleira original. Também mudei o selim porque o outro estava rasgado de lado e da pequeníssima volta de ontem, parece-me que este é mais duro mas ainda assim mais confortável.

Hoje mais ao final do dia vou para fazer a Expo-Santa Apolónia-Expo para confirmar as alterações às mudanças (puxei mais o cabo do desviador traseiro porque já estava a ficar quase sem ajuste e é natural que o cabo ainda dê de si) e poder mudar algumas posições no selim.

Agora o propósito é meter km... e voltar a ganhar confiança em estrada. A ver se amanhã de manhã dou umas voltas no Monsanto para voltar a ganhar piso de estrada e começar a pensar num plano de treino para quem não pratica qualquer desporto há mais de uma década, exceptuando o levantamento de cigarro e agachamentos da cadeira do escritório para o sofá de casa :mad:.
Parabéns! :eek:
 
#86
Parabéns, ficaste aí com uma bella macchina, agora é dares-lhe quilometros... a ela e a ti :)

Por acaso, de todas as marcas, a que tenho maior paixoneta é pelas Bianchi, uma vez vi uma usada (dos principios 2000) e ficou-me atravessado não a ter comprado :D Depois essa cor é mesmo de personalidade, noutra bike qualquer ficaria estranho, mas numa Bianchi, é carácter!
Não seja por isso. Esta é de 2002/2003 e pode ser tua :eek:

Para mais, não tem mais de 6.000/7.000 km nas minhas mãos ("comprei" em 2004). É só questão de passares o cheque ;)
 
#87
Já são várias as pessoas que me dizem que o guiador está subido... mas não. É mesmo das fotos. Quer dizer, está ligeiramente subido propositadamente mas não aquilo que parece nas fotos. Acho que ou foi da forma como tirei as fotos ou então é dos riscos dos armários atrás da bicicleta ou até mesmo da lanterna estar tão a apontar para baixo. Mas é ilusão de óptica numas belas bostas de fotos.

Quando fui ver as fotografias também achei que estava muito subido, até mesmo com muito pouco drop (quase parece que não tenho espaço para meter as mãos no drop). Até fui lá abaixo confirmar se aquilo não tinha mexido, não fosse o avanço estar solto no guiador (não apertei muito porque tem como limite os 5nm) mas não. Confirma-se que não mexeu e está quase horizontal mas ligeiramente subido. Até fui medir a distância ao chão medido desde os topo (junto aos cornos e junto ao avanço e está só com 6 mm de diferença que era aquilo que mais ou menos procurava
 
#88
Bem visto.
Tu volta-me a meter o original pá! lol
LOL não posso. Já foi fora. Estava todo queimadinho do sol e com duas marcas bem valentes de um encontro que teve com as costas de um machado... (não, não estava à machadada à bicicleta :D). Mas já encomendei outro... só não sei se o vou ou não colocar, depende de quando chegar do que achar que fica melhor.

Esta bicicleta esteve parada durante quase 5 anos numa varanda, ao sol e apenas protegida da chuva por um plástico. Sim, um crime mas não me matem. Há crimes piores. Era o possível na altura. Depois melhorei-lhe as condições de habitabilidade e trouxe-a para a garagem da casa de Lisboa... onde ficou mais 5 anos parada, salvo uma ou outra manutenção de muito pouca monta.

Por estas razões, quando a decapei estava à espera de encontrar alguns problemas, até mesmo na forquilha. Mas... Problemas: 0

Ficam aqui umas fotos quando a levei para o pintor (depois ainda lhe passou com a lixa 800, 1200 e a 2000, salvo erro).