Quem és ? Donde Vens ? Para onde vais ? Apresenta-te

Olá a todos, sou o Zé, vivo em Lagoa, no Algarve. Desde há muito adepto do pedal, aos 17 aninhos investi um dos meus primeiros ordenados numa BTT, como necessidade de exercício físico regular, o bichinho pegou nessa altura, com 4 a 5 "raids" por semana, já com distâncias muito engraçadas...depois veio a universidade, início de vida laboral e tudo mais...e pronto...ficou encostada...

Hoje com 31, já pai, o bichinho reacendeu e resolvi ir ao sotão buscar essa tal velhinha...fiz uma manutenção básica (câmaras de ar, pneus e mudanças novas) e coloquei-a na estrada novamente. Já com regularidade estou a cuidar do físico e a melhorar a minha capacidade cardiovascular. Ao ponto de estar a pensar investir numa nova bicicleta para que responda a novos interesses.

Em pesquisas simples que tenho feito, este fórum já me tem ajudado com as opiniões de todos vós, até agora muito enriquecedoras para quem não percebe "da poda" e quer tornar as coisas mais sérias e constantes, desta vez.

Gosto de pedalar em estrada e em terrenos mistos, não tenho muita técnica para BTT pura e dura.

Cumprimentos a todos, obrigado por me receberem no vosso fórum e espero aprender muito e alimentar ainda mais este bichinho que partilhamos.
 
Boas pessoal.

Sou o Pedro, tenho 33 anos e sou de Lisboa. Recentemente adquiri uma burra do mato, coisa que fez reacender o bichinho antigo pelas bicicletas e as tardes bem passadas. Como tenho feito uma espécie de 50% 50% em estrada e terra, confesso que os 50% de estrada dão me também imenso gosto, o problema é que cada vez sinto mais as limitações da burra fora do habitat.

Decidi começar por me increver neste fórum e aprender umas coisas com todos vós. Um grande abraço a todos.
 
Olá a todos!

Sou o Fábio Mano, tenho 25 anos e sou de Almada, na margem sul do Tejo. Muito recentemente despertou-me o bichinho e decidi comprar uma bicicleta de estrada na decathlon, onde tive a sorte de ser atendido por um funcionário que me explicou tudo e mais alguma coisa.
Ainda só dei umas voltinhas pequenas, mas gostei bastante e agora já não quero outra coisa.
Juntei me ao fórum para aprender mais sobre o assunto e conviver um pouco com a comunidade!!

Cumprimentos a todos!
 
Hey pessoal, espero que estejam todos bem!

Sou o Hugo do Barreiro, e desde miúdo que me lembro de andar de bicicleta, bmx, btt principalmente. Há 5 anos atrás descobri as Fixed gear e até hoje é o meu principal meio de transporte para o emprego em Lisboa numa Cinelli Mash.

Comecei a querer dar voltas maiores, que fazer kms de fixa é giro mas com travões e mudanças é um bocadinho melhor, então adquiri uma Cannondale Caad8 105 e vamos ver onde isto vai dar.

Resolvi inscrever me para estar a par das novidades e noticias deste mundo.

Abraços.
 
Olá Ciclistas,

Antes de mais queria aproveitar para saudar todos(as) amantes do ciclismo que partilham valiosa informação neste site. Um bem haja a todos(as) e um muito obrigado pelo excelente serviço que prestam à comunidade.

Eu sou o BlackSocks.

Nasci em Lisboa em 1970 (tenho 48 anos) no entanto considero-me um minhoto pois cresci no distrito de Braga.
Sou casado e tenho um filho de 11 anos. Actuamente resido na região de Lisboa mas desloco-me com frequência ao norte do país.

A minha primeira bicicleta de estrada foi-me oferecida pelo meu falecido pai quando eu tinha 14 anos.
Era um verdadeiro portão - tudo em ferro fundido (quadro e rodas). Oferecia mais tarde ao meu falecido tio Manuel.

A minha segunda bicileta de estrada foi comprada com o meu dinheiro há mais de 20 anos. É a que se encontra na imagem (quadro de ferro, rodas de aluminio, estribos e mudanças no quadro...) e é a que uso hoje em dia quando me desloco ao norte. Sim, eu sei, devia estar num museu :)

https://www.dropbox.com/s/4aw9lrczblh5a8x/20180729_new1.jpg?dl=0
https://www.dropbox.com/s/m1p8w4vu8l0kxc1/20180729_new2.jpg?dl=0

A minha terceira bicicleta que uso com regularidade é uma BTT Eurotreck Tornado a qual comprei em segunda mão a um amigo e utilizo regularmente na região onde resido.

Sempre gostei de desporto em geral... Divido as minhas paixões desportivas entre o futebol (fui federado durante 12 anos), atletismo (fiz os 42,2Km da maratona de Lisboa de 2017) e obviamente o ciclismo.

Recentemente fiz a subida ao monte farinha - Senhora da Graça - Mondim de Basto, no passado dia 29 de Julho, de férias (e que por concidência é o final de etapa de amanhã da Volta a Portugal):

https://www.dropbox.com/s/v2hpjvbp2lh4o2g/SenhoraGraca2.jpg?dl=0
https://www.dropbox.com/s/woq0m1zef6xcg28/SenhoraGraca.jpg?dl=0

Um grande abraço e boas pedaladas :)
BlackSocks
 
Olá a todos!

Já leio o fórum há algum tempo mas só hoje me lembrei de fazer o registo.

O meu nome é Nuno Maia, tenho 30 anos e sou de Famalicão.

À semelhança da maioria do pessoal, ando de bicicleta desde novo, no entanto há cerca de 6 anos comprei uma bicicleta de BTT melhorzita e juntei-me a um grupo formado por volta dessa altura. Há cerca de 2 anos comprei uma bicicleta de estrada para complementar as voltas de BTT e porque na verdade os treinos rendiam mais com o pouco tempo disponível.

Ando nisto apenas para me divertir, limpar a cabeça do dia a dia e manter uma vida saudável..e vá superar-me a mim mesmo.

Tenho aprendido bastantes coisas por aqui e espero evoluir mais um pouco nos próximos tempos.

Abraço a todos!
 
Olá a todos,
Eu sou o José, tenho 46 e vivo em Gondomar. Pratico BTT à uns bons anos, e as incursões pela estrada são sempre feitas com uma das bikes de BTT, sendo que o BTT equivale a +/- 70% dos km percorridos.

Hoje em dia com tanta rede social, muito me alegra este estar bem activo. Parabéns aos utilizadores mais activos e com mais conhecimento sobre o assunto.

Cpts
José
 
Boas, 37 anos, cicloturista amador da Amadora, a paixão deve ter começado logo com o triciclo e a partir dos 7, 8 anos já desmontava as minhas bikes todas, e trocava peças entre elas, entre os 15 e os 18 fiz muitos Km's em estrada, seguiu-se um hiato de 10 anos, por outras paixões. Quando o bichinho voltou, comprei uma BTT, e nos primeiros 3 dias fiz logo 150 Km's, e desde então, nunca mais parei. Embora ande numa BTT, a minha paixão é a estrada, o esforço de rolar no alcatrão, e as subidas.

O ciclismo não é apenas um desporto, é uma forma resiliente de enfrentar a vida e os problemas, é uma filosofia, porque a vida também é feita por etapas, nem todas as etapas são planas, e sabemos sempre, que quando saímos para dar uma volta, que se o caminho é fácil e sempre a descer, para voltar temos de o voltar a subir, pois não há almoços grátis. No ciclismo vence sempre o melhor, mesmo que não seja o que vença sempre tudo. Um ciclista nunca desiste, e quando a pendente diminui, e as pernas já vão moídas, ele não encosta, ou abranda o ritmo, mete uma mudança abaixo, e segue o seu caminho.
 
boa tarde, Sou o Bruno, 30 anos de Salvaterra de Magos.
Adquiri recentemente uma bicicleta de estrada usada, a minha primeira visto que sempre andei de BTT mas desde que me roubaram a minha de BTT á 6 anos nunca mais andei de bicicleta. Acabou agora o penar e decidi procurar um fórum de Ciclismo para ver se aprendo mais coisas sobre ciclismo de estrada e eventualmente arranjar alguma companhia para uma volta longa quando voltar a ficar em forma...

Cumprimentos
 

FSilva

Moderador
Staff member
boa tarde, Sou o Bruno, 30 anos de Salvaterra de Magos.
Adquiri recentemente uma bicicleta de estrada usada, a minha primeira visto que sempre andei de BTT mas desde que me roubaram a minha de BTT á 6 anos nunca mais andei de bicicleta. Acabou agora o penar e decidi procurar um fórum de Ciclismo para ver se aprendo mais coisas sobre ciclismo de estrada e eventualmente arranjar alguma companhia para uma volta longa quando voltar a ficar em forma...

Cumprimentos
Bem vindo Bruno! Somos vizinhos pá
A malta aqui vai te ajudar no que precisares.
Quando quiseres combinamos umas voltas
 
Last edited:
Bem vindo Bruno! Somos vizinhos pá
A malta aqui vai te ajudar no que precisares.
Quando quiseres combinamos umas voltas
Já tinha reparado que havia havia aqui outro ciclista de Salvaterra, mas tendo em conta a tua foto de perfil tenho a certeza que ainda não tenho resistência para te acompanhar. assim que vir que já estou +/- em forma aí é que quero companhia para umas voltas maiores...
Além de que adquiri a bicicleta mas ela veio "nua", agora é que vou começar a tentar afina-la e adquirir os acessórios de ciclista como o capacete, bidon, bolsas, etc...
Mas desde já o meu obrigado pelo incentivo...

Cumprimentos
 

FSilva

Moderador
Staff member
Já tinha reparado que havia havia aqui outro ciclista de Salvaterra, mas tendo em conta a tua foto de perfil tenho a certeza que ainda não tenho resistência para te acompanhar. assim que vir que já estou +/- em forma aí é que quero companhia para umas voltas maiores...
Além de que adquiri a bicicleta mas ela veio "nua", agora é que vou começar a tentar afina-la e adquirir os acessórios de ciclista como o capacete, bidon, bolsas, etc...
Mas desde já o meu obrigado pelo incentivo...

Cumprimentos
A foto é só para enganar :p
Sem problema quando quiseres combinar manda me mensagem privada podemos combinar voltas mais curtas isto ninguem fica para trás.
Quanto ao material isso vai a pouco e pouco. Bidons se quiseres posso te dar um da prozis novos daqueles que oferecemnos granfondos tenho uns 3 ou 4 ;)
 
Boas, 37 anos, cicloturista amador da Amadora, a paixão deve ter começado logo com o triciclo e a partir dos 7, 8 anos já desmontava as minhas bikes todas, e trocava peças entre elas, entre os 15 e os 18 fiz muitos Km's em estrada, seguiu-se um hiato de 10 anos, por outras paixões. Quando o bichinho voltou, comprei uma BTT, e nos primeiros 3 dias fiz logo 150 Km's, e desde então, nunca mais parei. Embora ande numa BTT, a minha paixão é a estrada, o esforço de rolar no alcatrão, e as subidas.

O ciclismo não é apenas um desporto, é uma forma resiliente de enfrentar a vida e os problemas, é uma filosofia, porque a vida também é feita por etapas, nem todas as etapas são planas, e sabemos sempre, que quando saímos para dar uma volta, que se o caminho é fácil e sempre a descer, para voltar temos de o voltar a subir, pois não há almoços grátis. No ciclismo vence sempre o melhor, mesmo que não seja o que vença sempre tudo. Um ciclista nunca desiste, e quando a pendente diminui, e as pernas já vão moídas, ele não encosta, ou abranda o ritmo, mete uma mudança abaixo, e segue o seu caminho.
Fabuloso, belo parágrafo
Abraço
 
Já tinha reparado que havia havia aqui outro ciclista de Salvaterra, mas tendo em conta a tua foto de perfil tenho a certeza que ainda não tenho resistência para te acompanhar. assim que vir que já estou +/- em forma aí é que quero companhia para umas voltas maiores...
Além de que adquiri a bicicleta mas ela veio "nua", agora é que vou começar a tentar afina-la e adquirir os acessórios de ciclista como o capacete, bidon, bolsas, etc...
Mas desde já o meu obrigado pelo incentivo...

Cumprimentos
Eu nao tenho muito, mas tenho umas coisitas que vão ficando e também posso ajudar....
 
Viva Pessoal!

Desde puto que ando de bicicleta (BTT), no entanto, e desde há 6 meses, aos 38 anos com 96kg inicialmente (1,72m) faço-o com maior regularidade (2 a 3x/semana). Geralmente faço 2 voltas semanais em estrada de alcatrão (20 a 30km) e ao fim de semana faço BTT (35 a 50km).

Nestes últimos 6 meses perdi 11kg (actualmente com 85kg) e sinto-me com maior controlo/equilíbrio cardiorrespiratório (sou asmático).

Esta actividade tem sido excelente para combater o sedentarismo e ganhar saúde.

Resido na ilha da Madeira, com muita montanha, e pretendo, dando continuidade ao que já faço actualmente, fazer ciclismo de estrada com uma fininha (em vias de aquisição).

Em Maio, e em jeito de desafio e superação pessoal, estarei no Douro Grafondo.

Um abraço a tod@s e boas pedaladas!!

Strava:
https://www.strava.com/activities/1822825730/shareable_images/map_based?hl=pt-PT&v=1536226025
 
Olá Rui, acho fantástico o que tens feito (e até tenho alguma inveja diga-se, saudável claro) e acho que serias a pessoa certa para fazer duas perguntas, se me permites:

Eventualmente por olhar mais tempo para a bike, do que aquele que deveria (gostaria) de andar nela, parece que acabamos por nos tornar, algo obsessivo compulsivo com niquices que não lembra a ninguém, tipo, ai este avanço, aquelas rodas, o travão, o selim, tubeless... parece que tudo... nunca está bem...
1) Alguém que faz 2500km, também olha para isso? Eu sei que sem vontade, seja 25m, seja 2500km, nada se faz, mas olha-se para as várias marcas, qual a mais fiável, mais resistente, mais leve ou mais aerodinâmica... existe algum estudo antes, tipo exaustivo, ou tipo... vou à garagem e levo a primeira que aparece? Parece-me que quem mais anda, é quem menos liga a "marginal gains".
2) Ainda é como se fosse a primeira grande ultra? O que muda, depois da primeira (em termos de logística e vontade)

Obrigado e continua em grande. Grd abr
1) Olhas para todos os pormenores mas de maneira diferente.. não pensas no que é mais leve e rápido mas mais robusto. O que não vai falhar. O mais confortável e com menos invenções que possam dar problemas.
2) Muda a questão psicológica. Já não vais abaixo tão facilmente quando ficas sem água a 100km da próxima fonte de água.
 
Boas a todos. Eu sou o Paulo Nóbrega, tenho 38 anos, 75 kgs, olhos castanhos esverdeados, etc etc etc.. LOL Sou de Vila Real mas vivo em Francelos, Vila Nova de Gaia. Já ando por aqui ha umas semanas mas ainda não tinha feito a apresentação.

Acabei de comprar uma Triban 540, já graças às ajudas obtidas aqui no forum. Graças a essas ajudas não fiz asneiras relativamente ao tamanho, por exemplo.

Sou um completo novato neste mundo, percebo muito pouco do assunto, e experiência de bicicletas só as normais de qualquer jovem que tinha bicicleta para dar umas voltas pelo bairro ou monte cos amigos.

Comprei bicicleta de estrada para ajudar a melhorar a minha forma física, saude, e obviamente sempre gostei de andar de bicicleta. Como não ando há muitos anos vou começar a rolar para ganhar ritmo nas pernas e ver se o bicho pega, de modo a resistir a uma doença comum chamada preguicite aguda. :)

Como não sou de cá não conheço as estradas nem os melhores locais, mas vivendo relativamente da praia, vou começar a rolar pela ciclovia que sempre é mais seguro. O resto há-de vir com o tempo.

Pode ser que a gente se veja por aí...