Power Meter

Discussion in 'Estou a pensar em comprar...' started by zorza, 14 June 2016.

  1. Carolina

    Carolina Well-Known Member

    Continuo a achar que o ideal é trabalhar sempre com os mesmos dados de potência. Se não há dinheiro agora, então esperas mais um pouco. Eu já ando a pensar num PM desde novembro e mesmo assim só lá para outubro é que o devo comprar. Isto não me impede de treinar.

    Podes treinar na mesma. Por agora vais usando o turbo trainer para fazer alguns treinos mais específicos com séries, ao fim de semana dás uns passeios.

    Quando se está a começar é muito fácil evoluir. Só a partir de 1 ou 2 anos a pedalar regularmente é que a evolução começa a abrandar e aí começa a ser realmente importante teres um plano mais estruturado e teres acesso a um PM.
     
    Zei likes this.
  2. Zei

    Zei Member

    Tens razão e isso é o que tenho feito, treinos estruturais no turbotrainer é realmente tenho visto resultados fantásticos. De qualquer forma o importante é que trabalhe sempre com as mesmas medidas. É como ter uma balança que pesa sempre mais x kilos. Se essa for sempre a mesma a pesar, não é um problema pois sempre podes ver as diferenças.:) Vou dando notícias. Forte abraço
     
  3. royal636

    royal636 Active Member

    Hoje foi o primeiro dia que fui experimentar o meu(FSA Power Box). Bem só posso dizer que vai dar muitas dores de pernas. É que aquilo é um autentico vicio. Numa subida para não descer muito os watts que vai a mostrar (tenho o média a 3seg) vamos sempre a ganir. A prova disso foram os 140km´s de treino hoje com 2000 de acumulado com uma média de 32,1km/h. Fiquei também a saber neste treino que 53% do watts foram feitos pela perna esquerda e a direita 47%. No entanto ainda olho muito para o cardio mas também é da força do hábito. Notei também uma poupança de watts quando vamos mais "aerodinâmicos" quer plano a descer e mesmo a subir se nota. Para já vou continuar a assimilar melhor os números a conhecer melhor o que aquilo mostra para depois fazer um FTP. Embora esteja em "final de época" mas será bom para perceber e melhorar para o próximo ano.
     
    fcsaimon, emsfc and pratoni like this.
  4. Fonsecazz

    Fonsecazz New Member

    Recentemente comprei um powermeter, designadamente o Garmin Vector 2 (comprado na Canyon.com), e aquilo é viciante nos primeiros dias :D. Para além da enorme quantidade de informação que gera, ajuda (de facto) a gerir o nosso esforço nas subidas longas. Não é um instrumento essencial, todavia é uma mais valia para quem quer melhorar a sua performance. Relativamente ao Garmin Vector 2, posso dizer que apenas peca pela parte estética, de resto é impecável :)
     
  5. DMA

    DMA Active Member

  6. DMA

    DMA Active Member

    Royal, porreiro já teres o PM :)

    Uma coisa; posso estar enganado, mas acho que esse FSA não é mesmo dual, ele faz uma estimativa da repartição de torque aplicado em cada um dos lados.
     
  7. DMA

    DMA Active Member

    Acho que confirma-se:

    https://www.bikerumor.com/2016/09/3...nches-power-meter-cranks-developed-power2max/

    The PowerBoxes transmit their power data via ANT+, and with firmware from power2max can also transmit over Bluetooth and estimate right-left power balance. Like the power2max, the PowerBox does not individually measure left and right. Its spider-based power meter means it does measure all power that gets put into the bottom bracket spindle, but uses software to estimate the right left balance, based on where in the crank rotation power is generated.


    Sendo assim não te preocupes muito com a diferença esq/direita ;)
     
  8. royal636

    royal636 Active Member

    @DMA Como ontem quando descarreguei a volta pela aplicação do garmin ele me deu a indicação da percentagem de cada perna juntamente com um gráfico pensei que lê-se a cada perna. Mas não será grave pois o que irá interessar será os valores globais.

    Obrigado na mesma por teres dado conta dessa situação.

    Abraço
     
  9. DMA

    DMA Active Member

    De nada :)

    Também acho que não é significativo; aliás tenho um dual e é raríssimo olhar pra isso ;)
    O teu PM parece uma excelente opção. Quando saiu achei bastante piada e fiquei de olho nele, daí ter lido com atenção aos detalhes (como esse que referi).
    Se a minha bike aceitasse facilmente cranks com eixo de 30mm era sem dúvida uma opção muito válida.

    Já estás a usar algum software para arquivar os dados e começares a ter uma noção da forma e fadiga?
    Uma sugestão é que simultâneamente arquives todos os ficheiros FIT como cópia de segurança.
     
  10. royal636

    royal636 Active Member

    Como foi o primeiro dia com ele ainda pouco tenho a dar feedback, mas confesso que pelo preço, funcionalidade e pela duração da bateria que eles anunciam e após vários reviews não hesitei.

    Quanto ao programa uso o stravistix pois como comecei agora ainda ando a analisar outras hipóteses. Mas já agora se souberes algum que mereça a pena usar agradeço.

    Abraço
     
  11. gfrmartins

    gfrmartins Active Member

    Review Favero Assioma

     
    emsfc likes this.

Share This Page