[P.I.F.] Montejunto e Arrábida

Data para o PIF Montejunto

  • 27 Janeiro (Sábado)

    Votes: 8 88.9%
  • 28 Janeiro (Domingo)

    Votes: 4 44.4%

  • Total voters
    9

FSilva

Moderador
Staff member
#88
Não, eu é que acabei por não traçar o percurso para a Arrábida. Não tive paciência no fim de semana.

@FSilva, consegues criar 2 polls neste tópico? uma para votar os dias de montejunto e outra para os da arrábida. Se só der para 1 faz-se primeiro montejunto.
Feito.
Coloquei os dois dias que estavam no post 1. Dá para cada pessoa seleccionar os 2 dias caso haja alguém que possa os 2 dias, mas posso corrigir
 

Ganfas

Active Member
#93
Gostava de alinhar nisso, mas até 25 de Fevereiro os fins de semana são para treinos longos de corrida.

Mas mesmo sem reconhecimento estou a pensar em ir fazer a prova
 

gfrmartins

Well-Known Member
#94
Ficam aqui umas informações e um pouco mais de detalhe do percurso da 1ª Etapa do PIF no Montejunto para quem não conhece tão bem

Parte 1

Percurso:
https://www.strava.com/routes/10626802
https://veloviewer.com/routes/10626802

Ponto de encontro e chegada seria em Alenquer, junto ao cento de saúde e em frente às Piscinas municipais e junto aos campos de tennis, tem um bom parque de estacionamento e é calmo

Iríamos pelo centro de Alenquer e começávamos logo a subir pela vila alta, uma subidinha que começa bem calma até ao ponto de 10% que é em calçada (uns 20m) para aquecer as pernas, algumas zonas a partir daí tem o alcatrão um pouco pior mas nada de especial, a partir da rotunda onde se vira à direita começa-se a ter uma vista sobre as vinhas de Alenquer e sobre o Montejunto

Depois disto é descer até Santana da carnota pelas antas, a partir daí é uma subida constante mas soft até começar a descer para o cruzamento para o sobral:
 

gfrmartins

Well-Known Member
#95
Parte 2

Nesse cruzamento é virar à direita para a Merceana e é uma zona mais a descer e a rolar até lá, a partir da Merceana começa a aproximação ao montejunto onde se começa a subir devagarinho até a Vila verde, mas sempre constante

Em vila verde dos francos após o cruzamento para o montejunto começa a verdadeira subida, e começa logo forte e com a estrada não muito larga mas é durante umas centenas de metros, depois acalma e tem mesmo algumas zonas a descer até chegar à Casa do guarda onde começa a novamente a inclinar outra vez e mantém sempre a inclinação até à descida final até à Santinha, aí virar á direita e começa o Horror , 1.1km a 9.9 para acabar em beleza, aí depois de alcançar a igreja pode-se parar para umas fotos, mas na igreja não parar frente ao quartel atenção, depois das fotos tiradas é descer e encontramo-nos no bar da serra para o café, bebida ou umas das suas tostas maravilhosas (e enormes) https://www.google.pt/maps/place/Ba...x7a74cdc0788bea08!8m2!3d39.179386!4d-9.049406



Depois de tudo atestado começa a descida por abrigada, na santinha virar à direita, a descida começa forte mas com a estrada em não muito mau estado, depois de virar á direita para a Abrigada ainda se tem uma picada que custa por causa das pernas frias e depois começa a descida outra vez, esta descida convêm fazer com calma, o piso está degradado e sujo em algumas zonas e tem partes bastante inclinadas com algumas curvas perigosas, depois a parte final junto aos aviários acalma e o piso melhora aí tem se uma grande vista sobre o montejunto.

Depois de abrigada é ir apanhar a nacional até Ota, aqui o transito é um pouco mais, chegados a Ota é virar no segundo cruzamento em direcção à serra de Ota para o ultimo rebuçado do dia, quem não quiser subir pode seguir em frente e vai dar a Alenquer sempre pela nacional, a serra de Ota é curta mas puxada devido às inclinações e constantes mudanças nas inclinação que não permite um ritmo certo, tem uns 300m bem puxados a mais de 11% para depois acalmar no fim, no fim virar à esquerda para irmos descer a Meca:



Depois de descermos Meca, apanhamos a nacional até Alenquer novamente.

Estou só a colocar uma paragem no Bar da Serra no topo do Montejunto, penso que é suficiente para esta volta.

Mais alguma coisa, ou algo que me tenha esquecido disponham