Hammerhead Karoo - pre sale

#21
Estive a ver no forum cujo link deixei no post acima e havera atualizaçoes todas as semanas... :eek::eek:

"Hey All - No week off for the Hammerhead crew! We've shifted the schedule a bit and will be releasing an update this Thursday, and then every other Thursday for the foreseeable future. Good stuff on the way!"
 

petrix

Active Member
#22
Eu até achei o aparelho interessante, só que me faz confusão começarem a comercializar com tantas falhas ... outra grande falha, é ao que parece, não terem colocado aviso sonoro no aparelho.
 

Bruso

Well-Known Member
#23
Eu até achei o aparelho interessante, só que me faz confusão começarem a comercializar com tantas falhas ... outra grande falha, é ao que parece, não terem colocado aviso sonoro no aparelho.
Devido ao boom do conceito das start-ups, tornou-se prática corrente. Até a Tesla tem um modelo de negócio semelhante.
Pré-venda ou crowdfunding para angariar dinheiro para começar a produção. Versões BETA vão para o mercado porque não há tempo para deixar o produto maturar em fábrica e com isto aproveitam os feedbacks dos primeiros compradores e apartir daí é fazer upgrades sempre que possível (nem que seja colocar os pontos nos i's) para manter os clientes satisfeitos.
 
#25
Sim, porque os Garmin nem têm problemas nenhums... basta ir aos fórums e ver as queixas de problemas com o software... aliás, que empresa de gadgets sejam eles quais forem não tem problemas com software que precisam de updates regulares.

A questão aqui é que a Garmin dominava o mercado e por isso podia cobrar valores premium completamente estapafúrdios pelos produtos (Assim uma espécie de NOKIA dos ciclocomputadores), e agora a mama está-se a acabar com a escolha cada vez maior de marcas e equipamentos.

Se é um modelo de negócio baseado no conceito das start-ups e somos nós os beta-testers? Verdade, e acho que isso nem sequer está em discussão. Agora, eu, prefiro um produto que tem uma equipa dedicada ao software com actualizações constantes a sair e por isso mesmo tem a tendência a melhorar consecutivamente, do que um produto que raramente as tem e que fica esquecido na prateleira passado 1 ano porque a empresa em vez de actualizar o software para esse modelo, preferiu lançar um modelo novo com a próxima versão do software.

São escolhas.
 

Bruso

Well-Known Member
#26
Sim, porque os Garmin nem têm problemas nenhums... basta ir aos fórums e ver as queixas de problemas com o software... aliás, que empresa de gadgets sejam eles quais forem não tem problemas com software que precisam de updates regulares.

A questão aqui é que a Garmin dominava o mercado e por isso podia cobrar valores premium completamente estapafúrdios pelos produtos (Assim uma espécie de NOKIA dos ciclocomputadores), e agora a mama está-se a acabar com a escolha cada vez maior de marcas e equipamentos.

Se é um modelo de negócio baseado no conceito das start-ups e somos nós os beta-testers? Verdade, e acho que isso nem sequer está em discussão. Agora, eu, prefiro um produto que tem uma equipa dedicada ao software com actualizações constantes a sair e por isso mesmo tem a tendência a melhorar consecutivamente, do que um produto que raramente as tem e que fica esquecido na prateleira passado 1 ano porque a empresa em vez de actualizar o software para esse modelo, preferiu lançar um modelo novo com a próxima versão do software.

São escolhas.
E eu concordo totalmente contigo. Atenção que o meu post não foi a criticar a empresa ou quem escolhe este tipo de produtos. Só disse que era o modelo de negócios actual.
 

Carolina

Well-Known Member
#27
A diferença entre a garmin e uma destas empresas, é que daqui a 5 ou 6 anos a garmin quase de certeza ainda vai existir.

Quando se opta por um aparelho vindo duma empresa que ainda está muito no início há sempre um risco associado.

Ainda à poucos meses parei pra tomar café na malveira da serra e estava lá um ciclista com uma speedx leopard. Para quem não se lembra, é uma bike toda inovadora com um ciclocomputador incorporado... sabem o que é que ele tinha preso no top tube? Um edge 520 :p
 
#28
A diferença entre a garmin e uma destas empresas, é que daqui a 5 ou 6 anos a garmin quase de certeza ainda vai existir.
Se o aparelho da nova marca tiver durado 5 ou 6 anos é bom. Acho que a maioria das pessoas que compra este tipo de coisas troca antes disso, se não for por avaria é por querer novas funcionalidades.
A única coisa que me levanta dúvidas é: se o hardware avariar, quem dá assistência?
 
#29
E eu concordo totalmente contigo. Atenção que o meu post não foi a criticar a empresa ou quem escolhe este tipo de produtos. Só disse que era o modelo de negócios actual.
Eu sei que não, estava só a vincar um ponto ;)

A diferença entre a garmin e uma destas empresas, é que daqui a 5 ou 6 anos a garmin quase de certeza ainda vai existir.

Quando se opta por um aparelho vindo duma empresa que ainda está muito no início há sempre um risco associado.

Ainda à poucos meses parei pra tomar café na malveira da serra e estava lá um ciclista com uma speedx leopard. Para quem não se lembra, é uma bike toda inovadora com um ciclocomputador incorporado... sabem o que é que ele tinha preso no top tube? Um edge 520 :p
Sem dúvida que esse risco existe, e quem compra aparelhos deste tipo tem de estar consciente dele. Eu comprei sabendo perfeitamente que o estava a fazer... agora, também sei que é uma coisa diferente de comprar um telemóvel, cujas aplicações estão sempre a puxar pelo hardware e a impor novos limites. Um ciclocomputador raramente exige mais em funcionalidades do que as métricas que já conhecemos e que queremos, com a excepção talvez de conectividade com o telemóvel e com cada vez mais sensores, mas penso que isso está assegurado por vários anos com o Karoo, que tem um CPU bastante potente para o que lhe é exigido.

E para mim, que vim dum Lezyne dos primeiros com LCD a preto-e-branco tipo relógio CASIO, é um upgrade brutal! Até faz mais coisas do que as que preciso, verdade seja dita.

Se o aparelho da nova marca tiver durado 5 ou 6 anos é bom. Acho que a maioria das pessoas que compra este tipo de coisas troca antes disso, se não for por avaria é por querer novas funcionalidades.
A única coisa que me levanta dúvidas é: se o hardware avariar, quem dá assistência?
Também é uma grande verdade.
Quanto a eventuais problemas de Hardware, a marca diz que é para enviar para eles e eles tratam do assunto, mas claro que nunca se sabe... e se empresa falir por qualquer razão, é bem possível que um tipo fique com um pesa-papéis caro nas mãos...
 

pratoni

Well-Known Member
#30
A diferença entre a garmin e uma destas empresas, é que daqui a 5 ou 6 anos a garmin quase de certeza ainda vai existir.

Quando se opta por um aparelho vindo duma empresa que ainda está muito no início há sempre um risco associado.

Ainda à poucos meses parei pra tomar café na malveira da serra e estava lá um ciclista com uma speedx leopard. Para quem não se lembra, é uma bike toda inovadora com um ciclocomputador incorporado... sabem o que é que ele tinha preso no top tube? Um edge 520 :p
Concordo contigo mas todos os Garmin que tive avariaram de uma forma ou de outra e à terceira desisti...

Atualmente tenho um Bryton do mais manhoso que há só para registo de voltas...
 
#35
"Hello All,

Our software team is excited to release the latest updates to both Karoo and the Dashboard, having done so by the time you’re reading this.

Keen eyes will notice that the new build number crosses the threshold from our 1.4.X.X build numbers into 1.5.X.X territory. This represents the completed rollout of our “Lynx” software, and moving forward, 1.5.X.X builds will be in service of Karoo’s “Genet” software.

At first glance, the significance of this is more symbolic than functional, but the work done to Karoo over the past month – especially with this most recent release – makes a number of significant back-end improvements, not immediately apparent, that stabilize the core software and solidify its foundation for third-party apps and integrations in the future. In other words, Karoo is training for big things!

Here are some more details on the recent changes to both Karoo and the Dashboard:

Karoo Software Build Version: 1.5.1.3
Release Date: April 19, 2018

https://blog.hammerhead.io/karoo-software-build-version-1-x-xxx-x-4ece4e6a77af
 
#39
Boas, então como se tem portado o Hammerhead Karoo.

Abraço
Boas!

Olha, tenho andado pouco de bicla, infelizmente, vidas...
Mas tenho feito todos os updates (à média de 1 por mês) e o aparelho melhora com cada uma, com mais campos para visualizar no treino, como infos variadas de cadência, heart rate, power rates, etc.

Os sensores também foram melhorados, tal como o UI, que está mais legível (com a nova typeface que o Android usa nas apps próprias) e com a informação mais facilmente acessível, enfim, eles não param de ir melhorando o que a malta vai pedindo, o que é excelente e mostra que trabalham com afinco para agradar aos users.

Gosto muito, penso que não lhe falta nada! A autonomia também foi melhorada e dura semanas e semanas em stand-by. Em uso ainda não consegui esgotar a carga, mas também não tenho dado voltas maiores do que 2horas...

Recomendo bastante, para alguém que não tem nenhum decente e não queira ir para Garmin e afins.