Doping

Jorge Salgueiro

Well-Known Member
O doping no tempo do Merckx valia zero comparado com a EPO, transfusões de sangue etc.
Coca? Isso devia fazer-lhe ir mais devagar que rápido.

Já relativamente ao Indurain estamos a falar de produtos parecidos. Mas mesmo assim, o doping do Lance é mais prolongado no tempo, mais sistemático e cientifico. É outra fruta.

O Lance dopou-se na sua formação, o que aumentou a sua massa muscular de forma anormal. O doping também permitiu cargas de treino anormais. O que permitiu adaptações respiratórias e mitocondriais anormais. Ele é um produto do doping e nunca saberemos como seria de forte sem doping.

Para mim tem muito menos valor que Merckx, Hinault, Indurain e quiçá Froome.
 

Jazz

Well-Known Member
Não me levem a mal, mas para mim são todos iguais.

Neste assunto sou pragmático. Ou cínico, collmo preferirem.
Não há desporto de alta competição sem doping. Não existe.

O ciclismo é a cara feia do desporto, mas é transversal. Atletismo, futebol, até no xadrez.

Por isso é uma coisa que me preocupa. Disfruto do desporto, do espectáculo e ignoro essa parte. Porque senão não podia ver nada.
 

topoman

Active Member
Não me levem a mal, mas para mim são todos iguais.

Neste assunto sou pragmático. Ou cínico, collmo preferirem.
Não há desporto de alta competição sem doping. Não existe.

O ciclismo é a cara feia do desporto, mas é transversal. Atletismo, futebol, até no xadrez.

Por isso é uma coisa que me preocupa. Disfruto do desporto, do espectáculo e ignoro essa parte. Porque senão não podia ver nada.

Concordo a 100% com isto... Há muito tempo digo que todos se dopam...se um ganha é porque é o melhor...
Se vamos só ver o que está "limpo"... Bem não havia nada para ver. Mais vale ignorar...
 

Jorge Salgueiro

Well-Known Member
Não é o mesmo speed que EPO/hormonas de crescimento.

Cannabis também é uma substância proibida e todos sabemos a melhoria de rendimento que traz.
chronic-snoop.jpg

(uns mais que outros)
 

Cláudio

Well-Known Member
O doping no tempo do Merckx valia zero comparado com a EPO, transfusões de sangue etc.
Coca? Isso devia fazer-lhe ir mais devagar que rápido.

Já relativamente ao Indurain estamos a falar de produtos parecidos. Mas mesmo assim, o doping do Lance é mais prolongado no tempo, mais sistemático e cientifico. É outra fruta.

O Lance dopou-se na sua formação, o que aumentou a sua massa muscular de forma anormal. O doping também permitiu cargas de treino anormais. O que permitiu adaptações respiratórias e mitocondriais anormais. Ele é um produto do doping e nunca saberemos como seria de forte sem doping.

Para mim tem muito menos valor que Merckx, Hinault, Indurain e quiçá Froome.

Tens provas que se dopou na formação? Também acho provável que sim, mas são apenas suposições. Não o apresentes como um facto
 

Cláudio

Well-Known Member
O sistema de doping usado pelo o Armstrong estava muito há frente da sua geração em termos de evolução.

Verdade, mas também viveu numa era do anti-doping, portanto não podia fazer tudo que lhe apetecia. O Indurain e Merckxx podiam usar as doses cavalares que lhe apetecesse pois não havia controlo. O Indurain já teria algum controlo mas era demasiado rudimentar
 

Bruso

Well-Known Member
Não me levem a mal, mas para mim são todos iguais.

Neste assunto sou pragmático. Ou cínico, collmo preferirem.
Não há desporto de alta competição sem doping. Não existe.

O ciclismo é a cara feia do desporto, mas é transversal. Atletismo, futebol, até no xadrez.

Por isso é uma coisa que me preocupa. Disfruto do desporto, do espectáculo e ignoro essa parte. Porque senão não podia ver nada.
Completamente de acordo. Tudo dito.
 

qwerAC

Well-Known Member
Não me levem a mal, mas para mim são todos iguais.

Neste assunto sou pragmático. Ou cínico, collmo preferirem.
Não há desporto de alta competição sem doping. Não existe.

O ciclismo é a cara feia do desporto, mas é transversal. Atletismo, futebol, até no xadrez.

Por isso é uma coisa que me preocupa. Disfruto do desporto, do espectáculo e ignoro essa parte. Porque senão não podia ver nada.
Não é possível ter-se sucesso sem doping. Esta é a dura realidade.
Quanto ao Armstrong, eu não diria que andava à frente dos outros em termos de doping. Talvez sim talvez não. Apenas consigo afirmar que o homem acusou positivo mais que uma vez e nunca o assunto veio à baila. Mais do que um sistema de doping avançado, ele gozava era de um tratamento especial visto que tornou-se maior que a própria modalidade. Nem quero imaginar o mediatismo do lance se houvesse redes sociais no início do século.
 

SaintRider

Well-Known Member
O efeito das drogas hoje e na altura consideradas "recreativas" no tempo do mercx é simples....tira-te os "travoes" por assim dizer.....daí o perigo. Cocaina, anfetaminas, o efeito no sistema nervoso é nao há cansaço, ta tudo bem....vais a 180 bpm....podes ir a 190 e nao se passa nada....tudo coolllll (até ao ataque cardiaco :D ).... Nao vamos mais longe...a Cafeina tem esse efeito, um shot de redbull e por momentos és invencivel...acorda um morto. :D (been there done that).
 

Jazz

Well-Known Member
Não é o mesmo speed que EPO/hormonas de crescimento.

Cannabis também é uma substância proibida e todos sabemos a melhoria de rendimento que traz.
chronic-snoop.jpg

(uns mais que outros)

Isso é porque é uma substância ilegal em muitos países.

A heroína também não é permitida pela WADA. Pelos mesmos motivos da cannabis.


Mas não se pode desprezar as propriedades relaxantes e anti-inflamatórias do canabinol.

O erro é que quando se pensa nesta substância, associa-se a figuras públicas como a que colocaste.

Mas isso é o fim recreativo da mesma.

Em adultos e crianças com problemas oncológicos ou de hiperactividade, a cannabis é usada há décadas. Mas são comprimidos, pastilhas, etc.. Com ou sem o princípio activo pela qual a planta é famosa.
 

Bruso

Well-Known Member
Isso é porque é uma substância ilegal em muitos países.

A heroína também não é permitida pela WADA. Pelos mesmos motivos da cannabis.


Mas não se pode desprezar as propriedades relaxantes e anti-inflamatórias do canabinol.

O erro é que quando se pensa nesta substância, associa-se a figuras públicas como a que colocaste.

Mas isso é o fim recreativo da mesma.

Em adultos e crianças com problemas oncológicos ou de hiperactividade, a cannabis é usada há décadas. Mas são comprimidos, pastilhas, etc.. Com ou sem o princípio activo pela qual a planta é famosa.
Hoje em dia existe um produto para tudo com CBDs. Pelo menos em Inglaterra era assim. em Portugal ainda não reparei.
 

newb

Well-Known Member
Isso é porque é uma substância ilegal em muitos países.

A heroína também não é permitida pela WADA. Pelos mesmos motivos da cannabis.


Mas não se pode desprezar as propriedades relaxantes e anti-inflamatórias do canabinol.

O erro é que quando se pensa nesta substância, associa-se a figuras públicas como a que colocaste.

Mas isso é o fim recreativo da mesma.

Em adultos e crianças com problemas oncológicos ou de hiperactividade, a cannabis é usada há décadas. Mas são comprimidos, pastilhas, etc.. Com ou sem o princípio activo pela qual a planta é famosa.
Canábis tinha que ser não fumado. Fumado limita logo. Essa droga não deve ter qualquer efeito benéfico para o ciclismo.
 

Bernalve

Well-Known Member
Mas supostamente o Froome e o Porte já subiram mais rápido que o Armstrong. Com menos watts. Qual era o peso do Armstrong ? 72 kg ?
 
Top