Cães vadios... O que fazer?

#63
O meu ano de 2017 acabou comigo a ir contra um cão que se atravessou a ladrar... para além desta já passei por muitas outras, dá vontade de parar e chamar a polícia. Talvez da próxima vez faça isso!
 
#65
Esse é o cenário mais grave :/
Mas caíste?
Fui ao chão mas só esfolei o cotovelo e alguns dedos da mão. Estraguei o punho e risquei o desviador da bike. Ainda lá estive meia hora a discutir com um velhote que saiu da casa do cão, mas desisti porque o cão não era dele, era de um sobrinho que não estava lá. O homem já chorava e tive pena, como vi que não haviam grandes estragos fui embora.

Mas podia ter sido pior, eu ia a descer numa zona muito rápida e com alcatrão novo, o cão era só um pastor alemão...
 
#67
Pois bem amigos,hoje fui "abordado" por 3 cães que sairam de uma propriadade,um deles já o tinha avistado o que me permitiu pegar num bidão de água,técnica que já anteriormente me tinha safado. O que aconteceu foi que no preciso momento em que vou a passar pelo cão,o bicho atirou-se a mim e uma esguichadela o cão parou para cheirar o chão,mas nesse momento aparecem mais 2 cães que me perseguiram,ainda lhes mandei com novamente com água mas ignoraram completamente. Decidi parar e ele recuaram um pouco mas voltaram-se em minha direção...não tive outro remédio em usar a bike e um sapato.Entretanto apareceu um carro que deu uma ajuda e os cães acabaram por desistir.
Liguei á Gnr que apareceu em 15/20 minutos,o dono dos cães estava em casa,alegou que o portão estaria aberto por esquecimento. A Gnr verificou a documentação e verificou que 1 dos cães não tinha chip. Resultado: O dono dos bichos foi notificado mas cabe aos orgãos municipais passar as devidas multas.

Em relação á utilização da biqueira dos sapatos fora da bike,acho que não é boa ideia usar em confronto direto com vários cães,porque facilmente se pode ir ao chão...e aí os bichos ganhas vantagem...
 
#68
Nesse caso o melhor é parar e usares a bike como escudo...
Verbalmetne e a tua postura deve ser de confronto/ superrioridade....
Aqui por baixo, no BTT, apanho ás vezes cães.. pastores alentejanos e etc ( à noite é melhor não passar por perto) ... quando fazem matilha, o instinto vem muito ao de cima e é perigoso... O que faço quando so animais saem da propriedade, seja pro o protão estar aberto ( cancela9 ou por pularem ou arranjarem um buraco na vedação . é impor autoridade, madar os animais para casa ..."já para casa, já para casa!!!.." tem resultado... eu ainda não tive de fazer, mas outros colegas.. tiveram mesmo de utilizar o método da biqueirada no focinho. Muitas vezes os cães mais pequenos são os mais perigosos...
 

ruilebs

Well-Known Member
#69
Nesse caso o melhor é parar e usares a bike como escudo...
Verbalmetne e a tua postura deve ser de confronto/ superrioridade....
Aqui por baixo, no BTT, apanho ás vezes cães.. pastores alentejanos e etc ( à noite é melhor não passar por perto) ... quando fazem matilha, o instinto vem muito ao de cima e é perigoso... O que faço quando so animais saem da propriedade, seja pro o protão estar aberto ( cancela9 ou por pularem ou arranjarem um buraco na vedação . é impor autoridade, madar os animais para casa ..."já para casa, já para casa!!!.." tem resultado... eu ainda não tive de fazer, mas outros colegas.. tiveram mesmo de utilizar o método da biqueirada no focinho. Muitas vezes os cães mais pequenos são os mais perigosos...
Mas gritas dps de parares e estares de frente p eles, se calhar fora da Bike, certo?
 
#72
Já usei, e foi eficaz. Não é preciso chegar muito perto porque o jacto do spray alcança uns 2 a 3 metros.

É um spray que os treinadores de cães usam, é à base de citronela, é completamente inofensivo para os animais mas fá-los parar.
 
#75
Mas gritas dps de parares e estares de frente p eles, se calhar fora da Bike, certo?
antes e durante.. é raro parar.... vejo a reacação do cão se começar a"recolher", continuo... só paro se vir que a coisa e´sta feia. Ainda só me aconteceu umas duas vezes .... Uma das vezes eram uma matilha de 3 cães... Pastores alemães... eu e o meu colega tivemos de para meter as bikes à frente... os caes rodearam-nos... so passou porque o dono chamou os animais... o dono estava a mais de 200m de distancia.
 
#76
Nos últimos meses o maior problema que tive com cães foi fora de Portugal. Estava a subir o Transfăgărășan de noite e ia tão devagar que tinha muito pouca luz, pois o farol principal é alimentado pelo dinamo. Liguei a luz secundária, muito mais potente e foi um erro. Os cães de pastor aperceberam-se da luz e vieram ao meu encontro. Este cães pastor desta zona da Europa são enormes, fazem sombra à maior parte dos pastores alemães. Estão alimentados e treinados para defender os rebanhos, não são para enfrentar de ânimo leve.
Tinha pouca água e não a queria desperdiçar. A solução foi desmontar da bicicleta, encostar-me à escarpa e usar a dita como escudo enquanto uma mão segurava a lanterna para os confundir um pouco e ver perfeitamente as suas intenções. Passos pequenos, falas mansas do gênero "pronto, já passou, não se passa nada", até se aperceberem que me ia afastando devagar e não queria mal ao seu rebanho.
Na verdade isto funciona com a maior parte dos cães: olhar para eles de forma confiante e falar manso. O truque está em perceber se eles percebem a mensagem ou não.
 

ruilebs

Well-Known Member
#78
Isso é uma coisa que tenho percebido, andar de noite é terrível com os cães.
Locais que de dia são pacíficos, não se passa nada, de noite são complicados. Os cães ficam com aquele instinto de defesa, e pronto :/
Eles atiçam-se com a luz, e até tenho ideia que a luz a piscar é pior do que uma luz fixa. Eu em locais mais suburbanos, com menos iluminação, com mais quintas e tal, onde é mais provável aparecem cães, tenho colocado luz fixa, e claro tentado evitar essas estradas.