BTT recente Vs Estrada Antiga

#21
Ainda ontem fui comer uma bifaninha a Vendas Novas, 155km com a dama de ferro da década de 90 ou 80, do século passado
Claro que as condições da minha bicicleta são outras, mas tudo tem solução, excepto a morte
Levei uma rodas que me custaram 50 euros o par e cumpriram, estou até a pensar em mudar-as para a Merida Scultura

Estas de 50 são todas pretas e ficam a destoar do conjunto, já tenho uma com dínamo e raios de inox brilhastes para lhe montar e falta adquirir uma para trás com cubo 105, aro Mavic e raios inox, coisa para pesar 1kg
PARA QUEM NÃO CONHECE
 

Duke

Well-Known Member
#22
A cassete, calços, eventualmente uns pneus (já não são de origem, e uma das camaras até foi substituída no último verão) e uma revisão geral já estava a contar. Mas fiquei um bocado preocupado com os aros e os raios... se tiver de trocar também de rodas, lá vai o orçamento subir e de que maneira.

Sou da zona da Amadora, conhecem algum mecânico por esta zona, que não me vá pedir mundos e fundos por uma revisão/afinação? Conheço a Oficina das Bicicletas, mas nunca lá fui. Recomendam?

obg.
na Amadora tens a AVBikes https://www.facebook.com/AVBIKES/
costumo fazer a revisão da minha bike por lá
bom serviço preços em conta penso que o João te dá uma jeito a isso sem grandes problemas
 
#23
A cassete, calços, eventualmente uns pneus (já não são de origem, e uma das camaras até foi substituída no último verão) e uma revisão geral já estava a contar. Mas fiquei um bocado preocupado com os aros e os raios... se tiver de trocar também de rodas, lá vai o orçamento subir e de que maneira.

Sou da zona da Amadora, conhecem algum mecânico por esta zona, que não me vá pedir mundos e fundos por uma revisão/afinação? Conheço a Oficina das Bicicletas, mas nunca lá fui. Recomendam?

obg.
Recomendo a 100%. Loja pequena mas de quem sabe.
 
#25
Para não desanimares fica aqui um trabalhinho mais ou menos parecido.

http://www.forumciclismo.net/index.php?threads/recuperação-bianchi.17493/

Entretanto já fiz o enraiamento de ambas as rodas (os parafusos já estavam todos tramados, tive de cortar todos os raios e aproveitei para polir os cubos)
Em termos de aspecto parece estar pior que a minha, mas claramente é um maquinão... a minha era a mais baratinha que existia na altura, e já lá vão uns 30 anitos :)
 
#28
E ele terá peças de marcas mais baratas, caso seja necessário?
Se quiseres em Lisboa, tens a Velo Corvo. Foi lá que recuperei a minha.
https://www.facebook.com/VeloCorvo/

O Pedro, o dono daquilo, é apaixonado por bicicletas antigas e está mais do que habituado a fazer o que pretendes. Ele vê logo que cassete é que isso pode levar atrás, mete-te um desviador compatível por uns +/- 10€ (foi o que meteu na minha e funciona na boa)...
O rapaz é bacano. Podes ver pelos comentários e pelas fotos dos trabalhos dele!
 

Duke

Well-Known Member
#30
Se quiseres em Lisboa, tens a Velo Corvo. Foi lá que recuperei a minha.
https://www.facebook.com/VeloCorvo/

O Pedro, o dono daquilo, é apaixonado por bicicletas antigas e está mais do que habituado a fazer o que pretendes. Ele vê logo que cassete é que isso pode levar atrás, mete-te um desviador compatível por uns +/- 10€ (foi o que meteu na minha e funciona na boa)...
O rapaz é bacano. Podes ver pelos comentários e pelas fotos dos trabalhos dele!
sim, já vi bikes restauradas nessa loja que ficam TOP
 
#31
Já falei com ele, é tudo uma questão de vontade de investimento , mas está realmente habituado a trabalhar com bicicletas mais antigas. A verdade é que a bicicleta também não é nada de especial, não é nenhuma Peugeot, nem nada que se pareça a exemplares fantásticos que têm mostrado aqui no forum, pelo que também não vale grande investimento. Amanhã vou dar uma voltinha com ela como está, e depois logo vejo o que fazer.
 
#32
E lá fui eu dar uma volta com a velhinha. Cerca de 34km, 20km/h de média. Dentro do que costumo fazer com a BTT. Nas subidas os tempos foram dentro do que costumo fazer, mas com a sensação que chego lá a cima bastante mais cansado. Não sei se consigo ter pernas para fazer 60km com ela. Tirando isso, as mudanças precisam de uma afinação, e os travões também... Os travões não estão totalmente fixos no quadro, abana um tudo ou nada, devem ser os parafusos que já estão enferrujados. Ver se esta semana vejo um orçamento para uma afinação, para alguma necessidade, e para o carreto. Outra opção é ficar apenas para o rolo, e BTT para a rua... Mas pelo que estive a ver, a roda também não deve dar para substituir o eixo pelo do rolo... Aquilo parece tudo fixo.
 

pratoni

Well-Known Member
#34
Isso dos travões deve ser apenas uma questão de aperto. Já me aconteceu algo parecido, em algumas lojas diziam-me que aquilo ia ter sempre alguma folga até que fui a um gajo que lá apertou aquilo como deve ser e nunca mais me aconteceu...
 
#35
Isso dos travões deve ser apenas uma questão de aperto. Já me aconteceu algo parecido, em algumas lojas diziam-me que aquilo ia ter sempre alguma folga até que fui a um gajo que lá apertou aquilo como deve ser e nunca mais me aconteceu...
Os travões ainda são daqueles antigos, em que o parafuso está na parte superior dos travão. Estive a tentar apertar mais, mas o travão ficou tão preso que nem funciona :(... pelo que tive de alargar novamente. Mas que é estranho é... e parece que nem centrados estão... além de que a travar com mais força, a bicicleta chia por todos os lados. Entretanto, vou comprar uns parafusos, porcas e anilhas novas... pode ser que seja disso.
 
#36
Entretanto acabei por só fazer a revisão e troca de alguns cabos que já estavam ferrugentos na AvBikes na Amadora. Coloquei também calços novos e troquei algumas ferragens.

No fim de semana dei uma volta de 40km (foi o recorde com a velhinha), por alguns dos meus percursos normais, e foi menos duro do que estava à espera. Em cerca de 39 segmentos, fiz Top 3 em 36... e para aí metade fiz o melhor tempo. Embora alguns dos segmentos normalmente passe bastante mais cansado porque são na chegada a casa, e costumo fazer mais km, parece realmente que dá mais andamento que com a BTT com os slicks. Mesmo a descer e com acrescido cuidado, parece que vou mais depressa.

Em todo o caso, acho que a vou voltar a levar para a terrinha... Por lá, há muito menos trânsito, menos passadeiras, tudo mais tranquilo. Com esta bicicleta, sinto muito menos capacidade de reação em caso de me aparecer algum carro num cruzamento ou algum peão numa passadeira... acrescido que com estas mudanças, tenho de estar frequentemente a tirar os olhos da estrada. Para dar uns passeios tranquilos, mesmo longos acho que serve perfeitamente, mas para dar umas voltas com mais ritmo, acho que a segurança fica banstante mais reduzida.

Entretanto, vou continuar com a BTT, e vou juntando uns trocos para comprar uma de estrada nova ou usada (mas recente)... ver se consigo até ao início do próximo ano.

Obg a todos pela ajuda.