Ajuda na compra de uma bicicleta de estrada!

#1
Boas pessoal,
Chamo-me Marcelo e sou novo no fórum, registei-me pois estou a pensar comprar uma fininha para dar umas voltas na estrada, tenho-o feito numa bicicleta de btt, nas últimas semanas tenho feito uma média de 35km por dia.
Visitei uma loja e gostei muito das linhas da Specialized Secteur, já em casa andei a pesquisar e estes são os modelos que me agradam mais:

http://www.specialized.com/pt/pt/bikes/road/secteur/secteursportcompact

http://www.specialized.com/pt/pt/bikes/road/allez/allezsportintcompact#specs

http://www.scott-sports.com/pt/pt/products/227787023/bike-speedster-30-cd20-l56/

Em termos de valores ficam as 3 sensivelmente pelo mesmo valor, por volta dos 800€.

Gostava de saber a vossa opinião acerca destes 3 modelos e se alguma delas é uma boa compra ou se por este valor existem outras marcas/modelos com melhor relação preço/qualidade.

Abraço
 

grouk

Active Member
#2
entao aqui vai a minha opiniao


a 1ª nao, tras um grupo muito fraco(shimano sora) 9 velocidades
a2ª o mesmo
a scot ja tras tiagra 10 velocidades eu escolheria esta
 
#3
Isso a diferença do grupo não é quase nenhuma ... Na minha equipa temos maioria das bikes com shimano sora ( ANTIGAS! Algumas com 7 anos) e afinadas fazem o mesmo trabalho que bikes com 105/ultegra que lá temos, não te iludas, basta o Sora se não vais para competição profissional, ainda por cima as manetes do sora 2013 agora são iguais às tiagra, a Specialized tem uma coisa boa, paga-se um bocado mais mas os componentes são todos de qualidade e além disto tudo temos que ver que para comparar bikes não se tem de ver apenas a transmissão, mas também o quadro, componentes ... Não sei, tu é que escolhes, mas como vi poucas Scotts e tenho vários amigos com Specializeds que dizem que são as melhores ... Abraço!
 
#5
Boas pessoal,
Chamo-me Marcelo e sou novo no fórum, registei-me pois estou a pensar comprar uma fininha para dar umas voltas na estrada, tenho-o feito numa bicicleta de btt, nas últimas semanas tenho feito uma média de 35km por dia.
Visitei uma loja e gostei muito das linhas da Specialized Secteur, já em casa andei a pesquisar e estes são os modelos que me agradam mais:

http://www.specialized.com/pt/pt/bikes/road/secteur/secteursportcompact

http://www.specialized.com/pt/pt/bikes/road/allez/allezsportintcompact#specs

http://www.scott-sports.com/pt/pt/products/227787023/bike-speedster-30-cd20-l56/

Em termos de valores ficam as 3 sensivelmente pelo mesmo valor, por volta dos 800€.

Gostava de saber a vossa opinião acerca destes 3 modelos e se alguma delas é uma boa compra ou se por este valor existem outras marcas/modelos com melhor relação preço/qualidade.

Abraço
Boas,

As 3 parecem ser boas opções e são muito idênticas em termos de componentes embora a Scott tenha uma transmissão superior. No entanto é como foi aqui dito, opta pelo quadro que mais gostares. Não sabia que as transmissões eram fracas só por terem 9v e boas por terem 10 v, se assim fosse coitado de mim, que nem andava;). Boa compra
 

grouk

Active Member
#9
Boas,

As 3 parecem ser boas opções e são muito idênticas em termos de componentes embora a Scott tenha uma transmissão superior. No entanto é como foi aqui dito, opta pelo quadro que mais gostares. Não sabia que as transmissões eram fracas só por terem 9v e boas por terem 10 v, se assim fosse coitado de mim, que nem andava;). Boa compra

nao é uma questao de 9 ser mau e 10 ser bom.
acho que ao comprares agora deves comprar de 10v, porque quando quiseres fazer um upgrade na de 9v tens que trocar manetes(pelo menos 100€ cada e cassete) e ainda ha a questao da posterior venda ser mais facil na de 10v que na de 9v.

nao percebo a logica de se pelo mesmo preço pode trazer 10 trazer 9, é quase como ires comprar um leitor mp3 e trazeres um walkman de cassetes, tambem da para ouvir e se calhar custa o mesmo mas achas que é a mesma coisa
 
#12
PLX, pois o pior das Canyon é que não têm seguro nem nada de proteção( nem número de quadro tem ) ... E acontece como aconteceu a um membro daqui que a roubaram e bem se lixou que ficou sem bike ...
 

grouk

Active Member
#15
PLX, pois o pior das Canyon é que não têm seguro nem nada de proteção( nem número de quadro tem ) ... E acontece como aconteceu a um membro daqui que a roubaram e bem se lixou que ficou sem bike ...

entao deixa ver se percebo, tua achas que por teres um numero no quadro nao te roubam a bike, entao se eu te roubar a bike e apagar o numero do quadro, como fazes?

quanto a isso dos roubos o melhor é pola no seguro do recheio da casa quanto a identificaçao faz lhe uma marca distinta e fotografa a


quanto a transmissao claro que com 9v fazes 40 50 60 70 km/h, agora é assim volto te a dizer que pelo mesmo preço deves comprar uma de 10v, se fores como a maioria vais querer evoluir e essa evoluçao vai te custar 100€ para a manete,30€ para a cassete, e mais 20€ para a corrente 150€ que poupas ja se comprares 10v

mais uma coisa uma boa transmissao nao é aquela que da 40km/h mas sim 18km/h porque a descer todos os santos ajudam a subir é so um e é coxo
 
#16
Além disso a Canyon não tem seguro do quadro ... Se partires o quadro que fazes?? E a cassete das duas bikes chega até 30 e tem pedaleiro compacto, com essa relação sobe.se tudo ...
 

duchene

Well-Known Member
#17
Luis até parece que estás a fazer campanha contra a canyon.

Se o quadro partir em circunstâncias não imputáveis à garantia accionas o programa de crash replacement da marca.

Talvez não tenhas oferta semelhante nas outras marcas em comparação aqui...
 
#18
ahahh E tem-se que pagar?? Desculpa lá estar a dizer isto mas é um pouco " estúpido " partes o quadro e tens de pagar para ter um novo? Um colega meu já partiu 2 da KTM e a KTM deu-lhe os 2 de graça ...
 
#20
Tem garantia de 2 anos, tal como tudo tem que ter.
Diz a canyon que:
"(1) Se o produto fornecido apresentar um defeito, o cliente pode exigir a eliminação do defeito ou o fornecimento de um produto sem defeitos.
(...)
(4) O prazo legal de garantia é de dois anos a partir do fornecimento, desde que o cliente seja o consumidor. "

Se o partires por negligência, má manutenção, queda, acidente, sobrecarga, aí a história muda de conversa. Possivelmente haverão marcas mais flexíveis que outras. Eu preocupava-me mais em comprar um modelo com um "histórico de poucas fracturas", do que uma bike que parte_muito_mas_a_marca_é_uma_mãos_largas_e_dá_outro_para_partires_e_voltares_a_sentir_o_gosto_do_alcatrão.